Esporte Clube Passo Fundo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
E.C Passo Fundo
Nome Esporte Clube Passo Fundo
Alcunhas Tricolor
14
Galo da Serra
O clube de todos nós
"O mais copeiro"
Mascote Galo
Fundação 10 de janeiro de 1986 (28 anos)
Estádio Vermelhão da Serra
Capacidade 15.000 pessoas[1]
Presidente Brasil Selvino Ferrão
Treinador Brasil Luiz Carlos Winck
Patrocinador Brasil Grazziotin
Brasil Schumann
Brasil Comercial Zaffari
Brasil Lojas Pormenos
Brasil BS Bios
Brasil UPF
Brasil Tottal Casa e Conforto
Brasil Farmácias São João
Brasil Di'Canalli Transportes
Brasil Hospital HO
Brasil Distribuidora Onix
Brasil Semeato
Material esportivo Brasil Dragon Sports
Competição Rio Grande do Sul Copa FGF
Rio Grande do Sul Campeonato Gaúcho de Futebol
Website Esporte Clube Passo Fundo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

O Esporte Clube Passo Fundo é um clube de futebol brasileiro sediado em Passo Fundo, Rio Grande do Sul.

História[editar | editar código-fonte]

O Passo Fundo antes de 1986 se chamava Grêmio Esportivo Recreativo 14 de Julho, que foi fundado no dia 27 de junho de 1921. Suas cores eram branco e vermelho.

O clube foi campeão de Passo Fundo no ano do centenário da cidade, em 1957 e campeão da segundona gaúcha em 1968. Em 1986 passou a se chamar Esporte Clube Passo Fundo.

O Passo Fundo foi fundado em 10 de janeiro de 1986, resultante da fusão dos dois clubes da cidade de Passo Fundo: o 14 de Julho e o Gaúcho. Naquele ano o Passo Fundo conquistou o segunda divisão do campeonato gaúcho e conseguiu o acesso mesmo enfrentando inúmeros problemas financeiros, no ano seguinte o Gaúcho desfaz a união e volta a ser independente. O Passo Fundo mesmo assim mantém o nome e as cores, principalmente para não perder a vaga na série A de 1987.

Durante muitos anos o clube usou o verde em seu uniforme e em 2003 aboliu a cor.

No ano de 2006, no aniversário de 20 anos, o Passo Fundo não conseguiu realizar um bom Campeonato Gaúcho e foi rebaixado para segunda divisão. A equipe teve também um mau desempenho na Copa Emídio Perondi.

A crise financeira e a falta de perspectivas deixaram o Passo Fundo de fora da disputa da série B do Gauchão em 2007. Com o departamento de futebol profissional fechado, o clube focou seu trabalho nas categorias de base e buscou reestruturar-se financeiramente.

Em 2008, além da volta da cor verde no uniforme do Passo Fundo, a diretoria contratou o ex-zagueiro uruguaio Atílio Ancheta como treinador, fez contratações e promoveu alguns juniores para buscar a volta à elite do futebol gaúcho.

Com desempenho abaixo do esperado, Ancheta é mandado embora e para o seu lugar Joubert Pereira é contratado, visando retomar o tempo perdido e conseguir bons resultados na série B do Gauchão 2008.

No segundo semestre de 2008, o clube obtém a primeira vitória sobre um adversário da dupla Grenal, derrotando o Grêmio por 1x0, em Eldorado do Sul, pela Copa Lupi Martins. O gol foi anotado pelo meia Teilor, em cobrança de falta.

Em 2009, o clube não disputou competições oficiais na categoria profissional, porém prepara o retorno aos gramados na temporada 2010. Contratou o veterano treinador Paulo Sérgio Poletto para dirigir a equipe no série B do Gauchão. Poletto comandou o Passo Fundo na conquista do título dessa mesma competição em 1986.

Em 2010 disputando a segundona do gauchão, sem obter sucesso nas primeiras partidas, o técnico Sérgio Poletto acabou afastado do clube após inúmeras derrotas que vinha acontecendo desde as partidas amistosas que o clube fazia em sua pré-temporada. O novo técnico do Passo Fundo viria a ser Bebeto Rosa, que apesar de não estrear com vitória, com o tempo adaptou um estilo de jogo aguerrido ao time. O Passo Fundo chega na Terceira Fase da segundona e acaba não se classificando para o quadrangular final.

Em 2012, após remontar todo o grupo de profissionais, apostando alto no investimento e nas categorias de base, a equipe disputa novamente o longo campeonato da Divisão de Acesso do Futebol Gaúcho. Na última partida do quadrangular final, disputada em Bento Gonçalves no dia 22 de Julho, o Passo Fundo conseguiu seu acesso à Primeira Divisão Estadual na vitória conquistada sobre o Esportivo pelo placar de 1x0 (gol do zagueiro Gláuber), aliado à derrota da equipe do União Frederiquense para o Guarany de Camaquã. Depois de seis anos, o Esporte Clube Passo Fundo, comandado pelo técnico Ricardo Attolini, retorna à elite do Gauchão no ano de 2013.

Passo Fundo conquistou a Primeira Edição da Copa Serrana, no ano de 2013 e que juntou os maiores clubes da Serra. Sagrou-se Campeão sob o Lajeadense no Vermelhão da Serra, com o placar de 2 x 1.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais[editar | editar código-fonte]

Ps: (*) Ainda como GER 14 de Julho.

Participações em Nacionais Brasil[editar | editar código-fonte]

Artilheiros[editar | editar código-fonte]

  1. Felipe - 2000 (13 gols) e 2005 (10 gols).

Elenco Atual[editar | editar código-fonte]

Elenco atualizado em 1 de março de 2012

Goleiros
Brasil G Bruno Medeiros Grassi
Brasil G William Lago
Zagueiros
Brasil Z Glauber
Brasil Z Bergamin
Uruguai Z Mário
Brasil Z Júlio Santos
Laterais
Brasil L Jeferson
Brasil L Brasinha
Brasil L Mathias
Brasil L Xáro
Brasil L Lucas Mineiro
Volantes
Brasil V Gil
Brasil V Marcus
Brasil V Claiton
Brasil V Mateus
Brasil V Janderson
Meias
Brasil M Diego Miranda
Brasil M Henrique
Brasil M Chiquinho
Brasil M Léo Mineiro
Atacantes
Brasil A João Paulo
Brasil A Guto
Brasil A Fisher
Brasil A Edinho
Brasil A Éber
Brasil A Felipe
Treinador
Brasil T Luiz Carlos Winck


Comissão Técnica[editar | editar código-fonte]

Rankings[editar | editar código-fonte]

Ranking da CBF

  • Posição: 325º
  • Pontuação: 1 ponto

Ranking criado pela Confederação Brasileira de Futebol que pontua todos os times do Brasil.

Rivalidade[editar | editar código-fonte]

Seu principal rival é o Sport Club Gaúcho, clube da mesma cidade com quem faz o "Clássico do Planalto Médio" ou ainda "Ga-Pas".

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.