Esporte Clube XV de Novembro (Caraguatatuba)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
XV de Caraguatatuba
XV de Caraguatatuba - escudo.svg
Nome Esporte Clube XV de Novembro
Alcunhas Leão do Litoral
Mascote Leão
Fundação 18 de Fevereiro de 1934
Estádio XV de Novembro "Toca do Leão"
Capacidade 7.000
Presidente Brasil Pedro Norberto dos Santos
Competição São Paulo Campeonato Paulista (licenciado)
Website sites.google.com/site/xvdecaragua
Kit left arm.png Kit body Vonwhite.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Uniforme
titular
Kit left arm.png Kit body whiteV.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Uniforme
alternativo
editar

O Esporte Clube XV de Novembro de Caraguatatuba é um clube brasileiro de futebol. Atualmente, está licenciado do Campeonato Paulista. Fundado em 18 de fevereiro de 1934, seu apelido é Leão do Litoral, e suas cores são verde, branco e vermelho(Estatuto do Clube)

História[editar | editar código-fonte]

O Quinze foi fundado em 1934 como mais uma agremiação do futebol amador da cidade de Caraguatatuba. No final da década de 1980, a diretoria quinzista decidiu profissionalizar o time de futebol.

Disputou os campeonatos paulistas de acesso até 1992. No ano seguinte, uma crise financeira impediu o clube de disputar mais uma vez o Estadual. Já em 1994, o clube retomou os trabalhos para disputar o Campeonato Paulista da Série B-2 e conquistou o acesso, com uma vitória em casa, na última rodada, sobre o Igarapava Esporte Clube, por 4 a 0.

Em 1995, novo sucesso na Série B1-B, com a conquista de uma vaga para a Série B1-A, ao vencer o Palmeiras Futebol Clube, de São João da Boa Vista, por 1 a 0.

Em 1996, a vaga inédita para a Série A-3 quase foi obtida, mas um gol sofrido nos minutos finais do Garça Futebol Clube levou o time a obter um empate e perder a chance do acesso. Contudo, a grande oportunidade surgiu no ano seguinte.

O XV de Caraguatatuba realizou uma grande campanha e chegou ao quadrangular final. Conquistou o vice-título e a condição de ascender a terceira divisão bandeirante. Todavia, o clube encontrou dificuldades em ampliar a capacidade de seu estádio para 10 mil lugares e a Federação Paulista de Futebol vetou a participação na Série A-3. Desta forma, o XV voltou a disputar a Série B1-A, e até 2005 intercalou campanhas medianas e ruins nas divisões menores.

Em 2006, a diretoria do Quinze pediu licença a Federação Paulista devido às dificuldades financeiras para manter um time profissional, fato que persiste até os dias atuais. Entretanto, o clube vem ampliando as melhorias na parte social, entre elas, a construção de uma quadra poliesportiva. O departamento de esporte amador, com as categorias de base, também está ativo.

Presidentes[editar | editar código-fonte]

  • 1996 - José Miguel Neto
  • 1997 - Wilson Rangel
  • 1999 - Eduardo Gonçalves
  • 2005 - Pedro Norberto do Santos/Eduardo Rosseto Antonio
  • 2007 - Pedro Norberto do Santos/Luciana Colacio dos Santos
  • 2009/2010 -Pedro Norberto dos Santos/Luciana Colácio dos Santos
  • 2011/2012-Pedro Norberto dos Santos/Marcio Àvila Amores

Títulos[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.