Estádio José Fragelli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Verdão
Governador José Fragelli
Verdao -Cuiaba - August 2009.jpg
O estádio no dia do lançamento da demolição em 8 de agosto de 2009
Nomes
Nome Estádio Governador José Fragelli
Apelido Verdão
Características
Local Cuiabá,  Mato Grosso,  Brasil
Gramado (105m x 68m)
Construção
Data 1973
Inauguração
Data 8 de abril de 1976
Partida inaugural Mixto 2 x 0 Dom Bosco
Primeiro gol Pastoril (Mixto)
Último Jogo
Recordes
Público recorde 49.324 pessoas[1]
Data recorde 10 de fevereiro de 1980
Partida com mais público Mixto x Dom Bosco
Outras informações
Fechado 2010
Demolido 2010
Proprietário Governo do Estado de Mato Grosso
Mandante Berga Esporte Clube
Cuiabá Esporte Clube
Mixto Esporte Clube
Operário Futebol Clube Ltda

O Estádio José Fragelli, ou por seu apelido, Verdão, foi um estádio de futebol da cidade de Cuiabá, estado do Mato Grosso, que atendia a vários times do estado. Foi demolido no ano de 2010 para dar lugar a um novo estádio que será utilizado na Copa de 2014.

História[editar | editar código-fonte]

Construção[editar | editar código-fonte]

Iniciado em 1973, e com capacidade prevista para 50 mil pessoas e projeto arquitetônico de Silvano Wendel, o Verdão foi motivo de duras críticas à administração de Fragelli. Orçado em Cr$ 1.200.000,00, moeda da época, a obra que foi iniciada no Governo José Fragelli, seria finalmente concluída em 1976, já na administração José Garcia Neto.

Inauguração[editar | editar código-fonte]

No dia 12 de março de 1975, a equipe do Fluminense e a Seleção de Cuiabá se enfrentaram na partida que comemorava a conclusão parcial das obras, quando na oportunidade a equipe de Cuiabá entrou para a história balançando pela primeira vez as redes do "Verdão". No ano seguinte, 8 de abril, o estádio era finamente concluído com a presença do Flamengo e um quadrangular entre os clubes da capital, Mixto, Operário e Dom Bosco, assistido por mais de 44 mil torcedores.[2]

Copa de 2014[editar | editar código-fonte]

Copa do Mundo FIFA 2014
 Brasil, 12 de junho de 2014
Faltam 56 dias

Para sediar a Copa de 2014 o estádio foi demolido e em seu lugar será construído um novo. Atendendo aos padrões de exigência da FIFA.

A demolição do antigo Estádio José Fragelli, a construção da moderna Arena do Pantanal e as melhorias na cidade estão orçados em R$2,5 bilhões, os valores serão oriundos do tesouro do estado, do governo federal (aeroporto) e financiamentos contraídos ao BNDES e à Caixa Econômica Federal. Na parte externa, existe a previsão de cinco obras viárias para o escoamento do tráfego, segundo o comitê local haverá um investimento de R$ 480 milhões só na mobilidade urbana da cidade[3] . No quesito infra-estrutura, Cuiabá oferece 26 hospitais e 5.514 leitos. Para acomodação, a cidade oferece 46 hotéis e capacidade de abrigar, ao todo, 24.508 pessoas.

Outras informações[editar | editar código-fonte]

Notas

Referências

Referências gerais[editar | editar código-fonte]

  • Enciclopédia do Futebol Brasileiro, Volume 2 - Lance, Rio de Janeiro: Aretê Editorial S/A, 2001.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre estádios de futebol do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.