Estádio Paulo Constantino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Prudentão
Estádio Paulo Constantino
Derby Paulista (Corinthians-Palmeiras) Paulistão 2009.jpg
Partida entre Palmeiras e Corinthians no estádio, pelo Campeonato Paulista de 2009.
Nomes
Nome Estádio Paulo Constantino
Apelido Prudentão
Antigos nomes Estádio Paulo Constantino (1982-2002 e 2013 atualmente)
Estádio Eduardo José Farah (2002-2013)
Características
Local Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, s/nº - Presidente Prudente (SP)
Gramado Grama natural (110 x 75 m (anterior)
104 x 70m (atual))
Capacidade 45.954 pessoas[1]
Construção
Data 17 de setembro de 1938 à 1940
Custo Não disponível
Inauguração
Data 12 de outubro de 1982
Partida inaugural Corinthians PP 0 x 1 Santos
Primeiro gol Paulinho Batistote (Santos)
Recordes
Público recorde 45.972 pessoas
Data recorde 3 de março de 1996
Partida com mais público Palmeiras 3 x 1 Corinthians
Outras informações
Remodelado 2007 e 2008
Proprietário Prefeitura de Presidente Prudente
Administrador Secretaria Municipal de Esportes
Mandante Grêmio Esportivo Prudente
Presidente Prudente

O Estádio Paulo Constantino, nome mais conhecido como Prudentão é um estádio localizado na cidade de Presidente Prudente no estado de São Paulo.

Foi inaugurado em 12 de outubro de 1982, com a partida entre Santos e Corinthians Prudentino (Corinthias). O placar foi 1 a 0 para o time santista, com gol de Paulinho, aos 43 minutos do 1º tempo. A partida teve um público de 20.240 pessoas. Com previsão para aumentar para 60 mil lugares.[carece de fontes?] Diversos times jogam lá, tais como; Corinthias, São Paulo, Palmeiras, Santos, Fluminense, Flamengo e etc.

Com as diversas reformas sofridas ao longo dos anos, o estádio comporta 45.954 torcedores. Fora das capitais, o Prudentão é o segundo maior estádio do País, o Parque do Sabiá em Uberlândia é maior, que comporta mais de 50 mil torcedores. As dimensões do campo (110 x 75m) eram as mesmas do antigo Estádio Mário Filho (Maracanã), e poucos maiores que o Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi), que mede 108,25 x 72,70 m.

No momento a pedido do Grêmio Prudente, as dimensões do estádio foram diminuidas para 104 x 70m, para a disputa do Campeonato Paulista. As dimensões permanecem até os dias de hoje.

As arquibancadas são divididas nos setores verde A e B, amarela e azul, também possui setores com cadeiras que são as cadeiras marrons cobertas e cadeiras verde descobertas. O estádio possui estacionamento, vestiários amplos e modernos para arbitragem e equipes, banheiros, iluminação moderna, camarotes vip, cabines para imprensa, placar eletrônico, lanchonete, câmeras de vigilância espalhadas por todo o estádio, postos policiais e de atendimento médico.

Em 2010, o Grêmio Recreativo Barueri mudou sua sede de Barueri para Presidente Prudente e mandará todos os seus jogos do Campeonato Paulista no Prudentão[2] . O clube mudou seu nome para Grêmio Prudente durante o Paulistão.

A partir de 2012, o Estádio Prudentão foi a casa do Grêmio Recreativo Barueri, que por um breve espaço de tempo adotou o nome da cidade, antes de voltar a se chamar Grêmio Barueri. O estádio foi também utilizado pelo Palmeiras durante as obras do estádio Parque Antártica. Em dezembro de 2012 o Fluminense conquistou seu quarto título brasileiro nesse estádio, em partida que acabou por também sacramentar o rebaixamento do tradicional clube paulista, sendo até hoje uma das partidas mais importantes da história do estádio.

Cronologia[editar | editar código-fonte]

  • 20 de abril de 2007: um vendaval destrói cobertura, cabines de imprensa, banheiros e iluminação do Prudentão, com isso o Oeste Paulista é obrigado a atuar aos sábados à tarde, sem iluminação e a imprensa trabalhou nas arquibancadas.
  • Em novembro de 2007: cabines de imprensa e tribuna de honra foram construídas provisoriamente para as finais do Campeonato Paulista da Segunda Divisão.
  • 23 de fevereiro de 2008: após instalação da iluminação, estádio começa a receber jogos a noite.
  • 12 de abril de 2008: novo temporal afeta estádio e destrói cabines de imprensa.
  • No dia 28 de Fevereiro de 2009, a equipe do Corinthians (que disputou três dias antes um jogo no mesmo estádio, contra o time do Noroeste, na ocasião o time do Corinthians, venceu por 2 a 0) fez um treino no estádio, o rachão como popularmente é chamado, foi visto por cerca de 7 mil torcedores. Nas arquibancadas havia, além é claro de torcedores do time alvinegro, torcedores do Palmeiras, São Paulo, Santos e Flamengo, na ocasião o atacante Ronaldo, conhecido como Fenômeno, participou do treino dos jogadores do Corinthians, e com grande estilo marcou três gols, levando os torcedores ao delírio.[3]
  • Ao Contrário de todas as previsões, Ronaldo estreou pelo Corinthians, no dia 4 de março de 2009, pela Copa do Brasil, contra o time do Itumbiara, na oportunidade Ronaldo entrou na metade da segunda etapa, e o Corinthians venceu por 2 a 0. Mas a história, reservou ao Estádio Municipal Eduardo José Farah, o primeiro gol de Ronaldo com a camisa do Corinthians. No domingo 8 de março de 2009, durante o Clássico Palmeiras x Corinthians, aos 47' do segundo tempo, após cobrança de escanteio, Ronaldo cabeceou e marcou o primeiro gol com a camisa do Corinthians, na ocasião o clássico terminou empatado em 1 a 1, e o jogo teve um público de 44.479 torcedores e uma renda de R$ 1.349.390,00.[4]
  • 8 de março de 2009: Clássico entre Palmeiras e Corinthians, é assistido por 44.479 torcedores, gerando uma renda de R$ 1.349.390,00, o clássico ficou marcado pelo gol de Ronaldo, o primeiro com a camisa do time do Corinthians, na ocasião o dérbi terminou em 1 a 1.
  • 28 de agosto de 2011: Palmeiras e Corinthians se enfrentaram pela 7ª vez no estádio, o placar foi de 2 a 1 para a equipe Palmeirense, essa foi a ultima partida entre as duas equipes no estádio, pois eles se enfrentaram frequentemente nos ultimos 2 anos em Presidente Prudente.
  • 7 de outubro de 2011: Empresários da cidade com parceria com jogadores aposentados famosos e a prefeitura de Presidente Prudente anunciam o novo clube na cidade, o Grêmio Esportivo Prudente, que a partir de 2012 mandará seus jogos oficiais no estádio.
  • Em 2013 o Estádio volta a se chamar Paulo Constantino, que foi o seu primeiro nome.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Maiores estádios do Brasil  Esta caixa: verdicedite 
Estádio Localização Capacidade
Rio de Janeiro
Maracanã (atual)
Brasília
Mané Garrincha
São Paulo
Morumbi (anterior)
Belo Horizonte
Mineirão
1 Maracanã Rio de Janeiro, Rio de Janeiro 74 738
2 Mané Garrincha Brasília, Distrito Federal 69 349
3 Morumbi São Paulo, São Paulo 67 052
4 Castelão Fortaleza, Ceará 60 342
5 Arruda Recife, Pernambuco 60 044
6 Mineirão Belo Horizonte, Minas Gerais 58 259
7 Arena do Grêmio Porto Alegre, Rio Grande do Sul 55 538
8 Parque do Sabiá Uberlândia, Minas Gerais 53 350
9 Fonte Nova Salvador, Bahia 51 900
10 Beira-Rio Porto Alegre, Rio Grande do Sul 50 128 Fonte: CBF [1]
Ícone de esboço Este artigo sobre estádios de futebol do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.