Estádio dos Eucaliptos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eucaliptos
Estádio Ildo Meneghetti
Nomes
Nome Estádio Ildo Meneghetti
Apelido Eucaliptos
Características
Local Porto Alegre, RS
Gramado (110m x 75m)
Capacidade 20.000 pessoas
Construção
Data 1929
Inauguração
Data 15 de março de 1931
Partida inaugural Internacional 3-0 Grêmio
Primeiro gol Javel (Sport Club Internacional)
Último Jogo
Outras informações
Proprietário Construtora Melnick Even
Mandante Sport Club Internacional

O Estádio dos Eucaliptos foi um estádio de futebol localizado na cidade brasileira de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Foi construído pelo Sport Club Internacional, que foi seu proprietário até a venda, anunciada em 28 de agosto de 2010 pela diretoria do clube.1

O estádio recebeu este nome devido aos eucaliptos que cercavam o estádio, trazidos de Viamão pelo ex-presidente do Internacional, Oscar Borba. As mudas foram coletadas na Chácara dos Eucaliptos, antigo campo do clube.2

Inauguração[editar | editar código-fonte]

A inauguração ocorreu em março de 1931, com um Gre-Nal, vencido pelo Internacional por 3 a 0. A partir de 14 de fevereiro de 1944, o estádio recebeu o nome oficial de Ildo Meneghetti. O Eucaliptos tinha inicialmente capacidade para 10.000 lugares, com um pavilhão de madeira na Rua Silveiro e uma arquibancada de cimento no lado oposto. Para a Copa do Mundo de 1950, o pavilhão da Rua Silveiro também passa a ser de concreto, por conta da Confederação Brasileira de Desportos (CBD). Sua capacidade, então, passou para 30.000 pessoas. Foi demolido em fevereiro de 2012 para dar lugar a um grande empreendimento imobiliário.


15 de março de 1931
Rio Grande do Sul Internacional 3 – 0 Rio Grande do Sul Grêmio Eucaliptos, Porto Alegre (RS)
Árbitro: Heitor Deste

Javel Gol marcado Gol marcado Gol marcado

Sede da Copa do Mundo[editar | editar código-fonte]

O Estádio dos Eucaliptos foi palco para duas partidas da Copa do Mundo de 1950:

28 de junho de 1950
Jugoslávia Iugoslávia 4 – 1 México México Eucaliptos, Porto Alegre (RS)
Público: 12.000
Árbitro: Inglaterra Reginald J. Leafe
Auxiliares: Países Baixos Van der Meer e Suécia Gunner Dahlner

Bobek Gol marcado aos 19 minutos de jogo 19'
Čajkovski Gol marcado aos 23 minutos de jogo 23' Gol marcado aos 52 minutos de jogo 52'
Tomašević Gol marcado aos 81 minutos de jogo 81'
Ortíz Gol marcado aos 89 minutos de jogo 89' (P)
2 de julho de 1950
México México 1 – 2 Suíça Suíça Eucaliptos, Porto Alegre (RS)
Público: 3.600
Árbitro: Suécia Ivan Eklind
Auxiliares: Suécia Gunner Dahlner e Chile Sérgio Bustamonte

Casarín Gol marcado aos 60 minutos de jogo 60' Bader Gol marcado aos 11 minutos de jogo 11'
Antenen Gol marcado aos 44 minutos de jogo 44'

Despedida[editar | editar código-fonte]

A última partida no Eucaliptos é disputada em março de 1969: o Inter ganha do time mais antigo do futebol brasileiro, o Rio Grande, por 4 a 1; o velho ídolo Tesourinha, aos quarenta e oito anos de idade, entra apenas no final da partida. Tesourinha jogou alguns minutos e, após o término, arrancou a rede de uma das goleiras como recordação, ao som da "Valsa do Adeus".

26 de março de 1969
Rio Grande do Sul Internacional 4 – 1 Rio Grande do Sul Rio Grande Eucaliptos, Porto Alegre (RS)
Árbitro: Verno Emilio Kersten

Sérgio Gol marcado
Valdomiro Gol marcado
Gilson Porto Gol marcado
Marciano Gol marcado
Motine Gol marcado

Em 1999, o então presidente do Internacional Paulo Rogério Amoretty, investiu aproximadamente R$ 800 mil na recuperação do estádio. E em dezembro de 1999, o Inter voltou a disputar uma partida nos Eucaliptos. Foi uma partida amistosa, novamente contra o Rio Grande, como havia acontecido na despedida do estádio em 1969. O placar do jogo foi 6 a 2 para o Internacional.

11 de dezembro de 1999
Rio Grande do Sul Internacional 6 – 2 Rio Grande do Sul Rio Grande Eucaliptos, Porto Alegre (RS)
Árbitro: Huberti Pinto

Almir Gol marcadoGol marcadoGol marcado
Leandro Guerreiro Gol marcado
Lúcio Flávio Gol marcado
Dejair Gol marcado (C)
Leandro Gol marcado Gol marcado

Em 2008 os Conselhos Consultivo e Deliberativos do Internacional aprovaram por unanimidade a autorização de venda do Estádio dos Eucaliptos.3 4 , concretizada em agosto de 2010, por um valor não divulgado, mas acima dos R$ 20 milhões do lance mínimo. O dinheiro da venda será utilizado na readequação do Estádio Beira-Rio, uma das sedes da Copa de 2014.5 O estádio dos Eucaliptos começou a ser demolido em 09/02/2012. Na região, será construído um condomínio residencial com sete torres.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre estádios de futebol do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.