Estêvão IV da Bósnia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde outubro de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Estêvão Tomašević (m. 1463) foi o último déspota da Sérvia, de 21 de março de 1459 a 30 de junho de 1459, e rei da Bósnia de 10 de julho de 1461 a junho de 1463, que pertencia à dinastia Kotromanić. Durante seu breve reinado, entregou a cidade de Semêndria ao exército otomano sem travar sequer uma luta. Perdeu o despotado da Sérvia e, em seguida, o Reino da Bósnia após o cerco à fortaleza de Ključa. Denunciado pelo pastor Mahmud Anđelović com a promessa de que teria a vida poupada, foi traído, levado ao sultão otomano Maomé II (r. 1451–1481) em Jajce, e condenado à morte.

Família[editar | editar código-fonte]

Estêvão Tomašević era o filho mais velho do rei da Bósnia Estêvão Tomás (r. 1443–1461) de seu primeiro casamento com Vojača. Além de Estêvão, o casamento gerou mais dois filhos, de nomes desconhecidos. Em 1446, Estêvão Tomás se casou com Catarina Kosača, filha do duque Estêvão Vukčić Kosača. Com ela teve mais dois filhos:

Estêvão Tomašević casou-se com Helena Branković, e com ela provavelmente não teve filhos ou, se chegou a ter, foram capturados em 1463. Nessa ocasião, ele e seus tios Radivoj, seu irmão e suas irmãs foram forçados a se converter ao Islã.

Helena Branković era filha do déspota Lázaro Branković (1456-1458) e de Helena Paleólogo, filha do déspota da Moreia Tomás Paleólogo (1428-1449, 1449-1460), irmão dos imperadores bizantinos João VIII (1425-1448) e Constantino XI Paleólogo  (déspota 1428-1449, 1449-1453). Ela, mais tarde, sobreviveu à execução de Estêvão em Jajce, refugiou-se em Ragusa e, em seguida, foi para a Itália, que, no final foi com sua tia Mara Branković para seu palácio em Salônica, onde morreu em 1498.

Fontes primárias[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.