Estatística aplicada à engenharia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Estatística aplicada à engenharia é um ramo da estatística que estuda as suas aplicações à engenharia, onde o maior uso seja talvez no controle de processos de produtos e serviços. Mas também é usada, por exemplo, no planejamento de novas estratégias de produção, vendas, etc. Existe uma preocupação da Estatística aplicada à Engenharia que se localiza no Controle de Processos e Manufatura, analisando distribuições e lotes para padrões de qualidade nos produtos. Por exemplo, para a Engenharia de Alimentos, há certa estatística na Análise Sensorial, para observar a aceitação de um produto manufaturado em relação ao público. A estatistica é aplicada na produção para acompanhar a estabilidade dos processos, esta estabilidade é analisada por cartas de acompanhamento conhecida como cartas de controle estatistico de processo. Também se utiliza a estatistica para analisar ensaios tanto destrutivos como não destrutivos, verificando a porcentagem de peças não conforme ou probabilidade de vida de equipamentos ou peças. Utiliza-se estatistica em calibração de equipamentos de medição e na analise dos mesmos também na verificação da condição de uso dos meios de medição, esta analise esta definida no M.S.A. da norma QS9000.

Ícone de esboço Este artigo sobre matemática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.