Esteganografia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde novembro de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Esteganografia (do grego "escrita escondida") é o estudo e uso das técnicas para ocultar a existência de uma mensagem dentro de outra, uma forma de segurança por obscurantismo. Em outras palavras, esteganografia é o ramo particular da criptologia que consiste em fazer com que uma forma escrita seja camuflada em outra a fim de mascarar o seu verdadeiro sentido.

É importante frisar a diferença entre criptografia e esteganografia. Enquanto a primeira oculta o significado da mensagem, a segunda oculta a existência da mensagem.

Um exemplo básico de técnica moderna de esteganografia é a alteração do bit menos significativo de cada pixel de uma imagem colorida de forma a que ele corresponda a um bit da mensagem. Essa técnica, apesar de não ser ideal, pouco afeta o resultado final de visualização da imagem.

Utilização[editar | editar código-fonte]

A esteganografia inclui um vasto conjunto de métodos para comunicações secretas desenvolvidos ao longo da história. Dentre tais métodos, estão: tintas “invisíveis”, micropontos, arranjo de caracteres (character arrangement), assinaturas digitais, canais escondidos (covert channels), comunicações por espalhamento de espectro (spread spectrum communications), entre outras.

A esteganografia possui algumas aplicações práticas interessantes. Ela é uma das técnicas utilizadas para implementar mecanismos de verificação de direitos autorais em imagens e outras mídias. Além disso, pode ser utilizada para a divulgação de mensagens sem o conhecimento da existência dessas mensagens por parte de outros interessados.

Um exemplo é a inserção de mensagem de texto em uma figura em formato GIF, usando o programa Gifshuffle, disponível para Linux e Windows e distribuído livremente.

Como funciona[editar | editar código-fonte]

Técnicas de esteganografias podem ser empregadas em diversos meios, digitais ou não:

  • Textos
  • Imagens
  • Áudios
  • Vídeos
  • Espalhamento de espectro

Textos[editar | editar código-fonte]

Windsurf Isso Kyrie! Ideal Para Este Dia Insuportavelmente Alegre ou Windows inova Kernel. Inovaçao pode expor dados incautos armazenados

Lendo apenas as iniciais de cada palavra acima teremos: Wikipedia

Este é apenas um exemplo trivial, que fica na fronteira entre esteganografia e criptografia.

Com a utilização de um programa de computador, é possível criar implementações mais sofisticados utilizando fórmulas com valor binário ou ASCII dos caracteres.

Imagens[editar | editar código-fonte]

Muitas técnicas modernas possibilitam esconder informações dentro de imagens:

A forma mais utilizada emprega a técnica denominada LSB (Least Significant Bit), que consiste em utilizar o bit menos significativo de uma determinada informação para armazenar um bit de uma nova informação. No caso de uma imagem com profundidade de cor de 24 bits, um bit de uma nova informação pode ser armazenado no bit menos significativo de cor dos pixels, ou seja, o bit menos significativo dos 24.

Considere o valor dos caracteres em binário da palavra "Wikipedia": W(01010111), i(01101001), k(01101011), i(01101001), p(01110000), e(01100101), d(01100100), i(01101001), a(01100001). Na forma apresentada, a palavra "Wikipedia" é representada utilizando 72 bits. Sendo assim, precisaremos de uma imagem com no mínimo 72 pixels. Para armazenar a letra 'W', iremos utilizar o bit menos significativo de cor dos 8 primeiros pixels. O primeiro bit do caracter 'W' é 1, se o bit menos significativo do primeiro pixel for 1, o valor é mantido, caso contrário é trocado para 1. Caso o bit a ser armazenado tenha valor 0, por exemplo o quarto bit do caractere 'W', a mesma regra é usada, se o bit menos significativo do quarto pixel for 0, o valor é mantido, caso contrário é trocado. Este procedimento deve ser repetido por todos os bits de cada caractere. No fim teremos uma imagem armazenando a palavra "Wikipedia" com ruído de 1 bit por pixel. Para extrair a informação da imagem, basta fazer o processo reverso. Leia o valor de cor cada pixel e armazene apenas o bit menos significativo. Provavelmente, será necessário armazenar o pixel que termina a informação.

É possível armazenar mais que um bit por pixel, porém isto aumentará o ruído da imagem. Uma maneira de armazenar mais informação, por exemplo, é armazenar um bit da nova informação no bit menos significativo de cada cor do pixel. Numa imagem RGB de 24 bit, as cores vermelho, verde e azul são representadas utilizando 8 bit cada uma. O mesmo processo apresentado anteriormente pode ser realizado para cada cor do pixel. Assim serão armazenados 3 bits por pixel.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Criptografia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.