Estreito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.


Habitats marinhos
Zona litoral
Zona entremarés
Estuários
Florestas de kelp
Recifes de coral
Bancos oceânicos
Plataforma continental
Zona nerítica
Estreitos
Zona pelágica
Zona oceânica
Montes submarinos
Fontes hidrotermais
Emanações frias
Zona demersal
Zona bentónica

Em geografia, um estreito é um canal de água que une dois corpos aquosos (oceanos, mares) e separa duas massas de terra. Os estreitos fazem por vezes parte de rotas comerciais importantes e por isso têm relevância estratégica, do ponto de vista econômico e militar.

Um estreito pode ser visto como o negativo de um istmo, a ligação entre duas massas de terra, e é análogo de um canal, embora esta expressão possa ter outros significados. É um sinônimo relativo de canal.

Estreitos[editar | editar código-fonte]

Canal da Mancha (Estreito de Dover).
Estreito de Gibraltar.
Estreito de Gibraltar.
Exemplos de estreitos mais conhecidos