Estrela de van Maanen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Info/Estrela de Van Maanen
Dados observacionais (J2000)
Constelação Pisces
Asc. reta 00h 49m 09.9s
Declinação +05° 23′ 19″
Magnitude aparente 12.4
Características
Tipo espectral VVDZ7
Cor (U-B) 0.02[1]
Cor (B-V) 0.56[1]
Variabilidade desconhecido
Astrometria
Velocidade radial +6±15 km/s[1]
Mov. próprio (AR) 1233.05
Mov. próprio (DEC) -2710.56
Paralaxe 231.88 ± 1.79
Distância 14.1±0.1 anos-luz
4.31±0.03 pc
Magnitude absoluta 14.2
Detalhes
Massa 0.7 M
Raio 0.005 R
Gravidade superficial  ?
Luminosidade 0.0001 L
Temperatura  ? K
Metalicidade  ?
Rotação  ?
Idade  ? anos
Outras denominações
van Maanen 2, G 001-027, GJ 35, GCTP 160.00, LHS 7, HIP 3829, WD 0046+051.
Pisces constellation map.png

A Estrela de van Maanen é uma estrela anã branca. De todas anãs brancas conhecidas, ela é terceira mais próxima ao Sol; a mais próxima é Sirius B e a segunda é Procyon B.[2] Ela também é a mais próxima anã branca solitária ao Sol que se conhece.[2] Está localizada a 14.1 anos-luz do Sol na constelação de Pisces, e tem um relativamente alto movimento próprio de 2.98" por ano. Ela é também muito fraca para ser vista a olho nu. Sua massa é estimada em 70% da massa do Sol, e o seu raio foi estimado em 1% do raio do Sol.[1] Sua luminosidade está abaixo de 2/10.000 da solar.[3]

A Estrela de van Maanen foi descoberta em 1917 por Adriaan van Maanen.[4] Foi a terceira anã branca descoberta, depois de 40 Eridani B e Sirius B.[5] , p. 2

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d Astrometric determination of the gravitational redshift of van Maanen 2 (EG 5), George Gatewood and Jane Russell, Astronomical Journal 79, #7 (Julho de 1974), pp. 815–818.
  2. a b The One Hundred Nearest Star Systems, RECONS, 11 de Abril de 2007; acessado online 7 de maio de2007.
  3. Van Maanen's Star, solstation.com, accessed on line 7 de maio 2007.
  4. Two Faint Stars with Large Proper Motion, A. van Maanen, Publications of the Astronomical Society of the Pacific 29 (#172), Dezembro de 1917, pp. 258–259.
  5. White Dwarfs, E. Schatzman, Amsterdam: North-Holland, 1958.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]