Estudos das Escrituras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estudos_das_Escrituras
A Nova Criação

Estudos das Escrituras (Studies in the Scriptures) é o título de uma série de livros publicados por Charles Taze Russell (fundador do movimento dos Estudantes da Bíblia) no final do século XIX e início do século XX. Originalmente, a série de volumes era chamada de Aurora do Milênio ("Millennial Dawn"), mas posteriormente, o título da série foi alterado para "Studies in the Scriptures" (Estudos das Escrituras).[1] [2] [3]

O Pastor Russell, como era conhecido, escreveu durante sua vida 6 volumes para esta série. Após a sua morte, um sétimo volume foi publicado como "obra póstuma" pela diretoria sucessora da Sociedade Torre de Vigia, organização fundada por Russell, mas então presidida por Joseph Franklin Rutherford.

A série deixou de ser publicada pela Sociedade Torre de Vigia em 1928 devido a mudanças doutrinais que surgiram durante a presidência de J. F. Rutherford. Diversos grupos atuais de Estudantes da Bíblia (que não aceitaram tais mudanças) continuam até hoje publicando e distribuindo todos os 6 volumes de Estudos das Escrituras escritos por Russell, preservando assim os seus ensinos.[4]

Volumes[editar | editar código-fonte]

The Divine Plan of the Ages[editar | editar código-fonte]

(O Plano Divino das Eras) Foi o primeiro volume da série, tendo sido publicado em 1886. Este livro continha impresso o que os Estudantes da Bíblia chamam de "Tabela das Eras", que separava tempos e épocas bíblicas em várias dispensações em analogia à Grande Pirâmide do Egito, que segundo acreditavam, representa o "altar a Jeová" descrito em Isaías 19:19-20.[5]

The Time is at Hand[editar | editar código-fonte]

(O Tempo está Próximo) Foi o segundo volume da série, tendo sido publicado em 1889). Este volume tratava de cronologia bíblica referente a profecias como a volta de Cristo.[3]

Thy Kingdom Come[editar | editar código-fonte]

(Venha o Teu Reino) Foi o terceiro volume da série, tendo sido publicado em 1891). Um dos capítulos do livro trata exclusivamente da Grande Pirâmide egípcia como monumento construído sob a orientação de Jeová Deus afim de servir como "testemunha pétrea", ao lado da Bíblia. Este conceito piramidológico foi herdado por Russell de outros escritores cristãos tais como Joseph Seiss, Charles Piazzi Smyth e mesmo dentre alguns segundo-adventistas tais como George Storrs e Nelson H. Barbour - homens que lhe exerceram certa influência.[3] [6]

The Battle of Armageddon[editar | editar código-fonte]

(A Batalha do Armagedom) Foi o quarto volume da série, tendo sido publicado em 1897 sob o título original de "The Day of Vengeance" (O Dia da Vingança) que foi alterado anos depois.[3]

The Atonement Between God and Man[editar | editar código-fonte]

(A Expiação entre Deus e o Homem) Foi o quinto volume da série, tendo sido publicado em 1899.[3]

The New Creation[editar | editar código-fonte]

(A Nova Criação) Foi o sexto e último livro da série escrito por Russell, tendo sido publicado em 1904).[3]

Importância da leitura[editar | editar código-fonte]

O pastor Charles T. Russell dava muita importância aos seus escritos contidos nos Estudos das Escrituras. Embora não professasse ser um profeta ou mesmo divinamente inspirado, ele considerava os entendimentos contidos na série como verdades fundamentais de Deus. Por essa razão, os Estudantes da Bíblia consideravam a leitura dos Estudos das Escrituras tão importante quanto a leitura da Bíblia. No seu periódico "The Watch Tower" (conhecido hoje como "A Sentinela"), o próprio Russell chegou a escrever:

"Os seis tomos de Estudos das Escrituras constituem praticamente a Biblia. Não são meramente um comentário acerca da Bíblia, mas praticamente a própria Bíblia... Não se pode descobrir o plano divino estudando a Bíblia. Se Alguém coloca de lado os Estudos, mesmo depois de familiarizar-se com eles e se dirige apenas à. Biblia, dentro de dois anos volta às trevas. Ao contrário, se lê os Estudos das Escrituras com as suas citações, ainda que não tenha lido sequer uma página da Bíblia, ao cabo de dois anos estará na luz"
 
"The Watch Tower" de Setembro de 1910, p. 298 (em inglês).

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Livro: "Testemunhas de Jeová - Proclamadores do Reino de Deus", página 52, 3° parágrafo.
  2. Livro: "Testemunhas de Jeová - Proclamadores do Reino de Deus", página 44, 1° parágrafo.
  3. a b c d e f Livro: "Testemunhas de Jeová - Proclamadores do Reino de Deus", página 53, nas notas de rodapé.
  4. Pode-se citar como exemplo dentre estes grupos atuais os "Dawn Bible Students" (Estudantes da Bíblia da Aurora), sediados nos Estados Unidos da América. Estes ainda ainda publicam os Estudos das Escrituras, até mesmo online em seu website, em inglês.
  5. Revista: "A Sentinela" de 1.° de Janeiro de 2000, página 9 parágrafo 16.
  6. Revista: "A Sentinela" de 15 de Agosto de 2006, página 13.