Esturjão-siberiano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaEsturjão-siberiano
Acipenser baerii baerii

Acipenser baerii baerii
Estado de conservação
Status iucn3.1 EN pt.svg
Em perigo
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Actinopterygii
Ordem: Acipenseriformes
Família: Acipenseridae
Género: Acipenser
Espécie: A. baerii baerii
Subespécie: Acipenser baerii baerii
Nome trinomial
Acipenser baerii baerii'''
(Brandt, 1869)

Esturjão-siberiano (Acipenser baerii baeerii) é uma das subespécies de peixe da espécie Acipenser baerii. O esturjão-siberiano vive em todas as principais bacias hidrográficas siberianas com rios de curso setentrional que desaguam no Mar de Kara, Mar de Laptev e Mar Siberiano Oriental, incluindo o Rio Ob, o Rio Taz, o Rio Yenisei, o Rio Lena e o Rio Kolima. O Acipenser baerii baerii pode ser encontrado também no Cazaquistão e na China, onde, no Rio Irtysh, existem algumas populações não migratórias.

Descrição e situação populacional[editar | editar código-fonte]

O esturjão-siberiano pesa em média 65 quilogramas. O peso máximo registrado para a espécie foi de 210 quilogramas. Ele vive até 60 anos e atinge a maturidade sexual entre 11 e 25 anos, nos machos, e 20 e 28 anos, nas fêmeas. A espécie está em acentuado declínio nas áreas em que vive devido à perda de habitats, à degradação ambiental e à pesca clandestina.[1] Cerca de 40% dos habitats de reprodução do esturjão-siberiano tornaram-se inacessíveis devido ao represamento. Níveis elevados de poluição em certos locais tiveram impactos negativos significantse sobre o desenvolvimento reprodutivo das gônadas do esturjão-siberiano.[2]

Aquacultura[editar | editar código-fonte]

Embora a pesca do esturjão-siberiano selvagem esteja em queda, a espécie é cada vez mais criada em fazendas para a produção tanto de carne quanto do caviar derivado da sua ova. Como a população de Acipenser baerii do Rio Lena completa o seu ciclo de vida em água doce e atinge a maturidade sexual em períodos relativamente curtos, esta é espécie mais frequentemente utilizada para criação em cativeiro. A França é o principal produtor de caviar do esturjão-siberiano, e os maiores produtores de carne da espécie são a Rússia e a China.[3]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Ruban, G. & Bin Zhu. 2009. Acipenser baerii. In: IUCN 2010. IUCN Red List of Threatened Species. Version 2010.1. [1] Downloaded on 18 June 2010.
  2. Akimova, N.V. and Ruban, G.I. 2001. Reproductive System Condition and the Reason for Decreased Abundance of Siberian Sturgeon Acipenser baerii in the Ob’ River. Journal of Ichthyology 41(2): 177-181.
  3. Jesús Matallanas, FIGIS Species Fact Sheets. Species Identification and Data Programme - SIDP. In: FAO Fisheries and Aquaculture Department [online]. Rome. Updated . [Cited 18 June 2010]. http://www.fao.org/fishery/culturedspecies/Acipenser_baerii/en