Etbaal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Etbaal é citado no Antigo Testamento como sendo pai de Jezabel, mulher do rei Acabe.[1] Seu nome, assim como o nome de vários fenícios e cartagineses, continha o nome do deus Baal; Etbaal significa com Baal.[2] Na Bíblia, ele é rei de Sidon, mas outros registros históricos o mencionam também como rei de Tiro - em sua época, os dois reinos estavam unificados.

Segundo Menandro de Éfeso, citado por Flávio Josefo, Etbaal (Ithobalus) era um sacerdote de Astarte, que tomou o trono de Tiro ao matar o rei anterior, Pheletes. Ele viveu sessenta e oito anos e reinou por trinta e dois, sendo sucedido por seu filho Badezorus. Etbaal foi o bisavô de Dido, que fundou Cartago.[3]

Referências

  1. I Reis 16:31
  2. George Long, The Penny Cyclopædia of the Society for the Diffusion of Useful Knowledge: v. 1-27, Volume 3 (1835), Baal p.220 [em lonha]
  3. Menandro de Éfeso, citado por Flávio Josefo, Contra Apion, i.18, citado por Johann Jahn, Jahn's History of the Hebrew Commonwealth (1828), p.113 [em linha]