Eu, Claudius, Imperador

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Eu, Claudius, Imperador (1934) é uma novela do escritor inglês Robert Graves, escrito em forma de autobiografia do imperador romano Cláudio. Como tal, ela incluíu a história da dinastia júlio-claudiana e o Império Romano, do assassinato de Júlio César em 44 a.C. até o assassinato de Calígula em 41 d.C.

A "autobiografia" do Cláudio continua (depois da morte de Calígula até sua própria morte em 54) em Cláudio, o Deus (1935). A sequência também inclui uma secção escrita como biografia de Herodes Agripa I, contemporâneo de Cláudio e o futuro Judeia. Os dois livros foram adaptados pela BBC para ir na série de televisão, Eu, Claudius.

Em 1998, a Modern Library colocou Eu, Claudius em décimo quarto na lista 100 melhores novelas do século XX. Em 2005, a novela foi escolhida pela revista TIME como uma das cem melhores novelas escritas de 1923 até agora.[1]

Referências

  1. All Time 100 Novels (em inglês) TIME. Página visitada em 4 de maio de 2010.