Euclides Marcolla

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Euclides Marcolla
Nome completo Euclides Marcolla
Nascimento 26 de maio de 1914
São Borja, Rio Grande do Sul
Morte 22 de dezembro de 2010 (96 anos)
Curitiba, Paraná
Nacionalidade Brasil brasileira
Cônjuge Zilda Barbachan Marcolla
Ocupação médico e político

Euclides Marcolla (São Borja, 26 de maio de 1914 - Curitiba, 22 de dezembro de 2010)[1] foi um médico e político brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Era filho de Atilho Marcolla e Otília Fetzner Marcolla. Graduou-se em medicina em 1942 pela Faculdade Federal de Porto Alegre. Em 1943 foi para Monte Alegre (Telêmaco Borba) atuar como médico, assumia então a chefia do Serviço Médico das Industrias Klabin. Em 1949 casou-se com Zilda Barbachan, e juntos tiveram três filhos.

Posteriormente resolveu dedicar-se ao cenário político dentro do estado do Paraná, filiando-se ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). Foi presidente do partido, em Tibagi, no ano de 1954.

Prestigiou e foi participante da emancipação política de Telêmaco Borba. Em 1968 candidatou-se à prefeitura da cidade, ganhando as eleições e assumindo sua gestão de 1969 até 1972. Foi o segundo prefeito do municipio recém emancipado na região dos Campos Gerais do Paraná.

Foi homenageado várias vezes, tendo também o seu nome em uma escola municipal no bairro Jardim Bandeirante, a Escola Municipal Dr. Euclides Marcolla.

Em 1993 ganhou o diploma de mérito ético-profissional, em homenagem do Conselho Regional de Medicina do Paraná - (CRM-PR), pelo cinquentenário de exercício profissional.

Morte[editar | editar código-fonte]

Morreu aos 96 anos, no dia 22 de dezembro de 2010, por insuficiência cardiorrespiratória.[2] Marcolla, que era viúvo desde então, mudou-se para Curitiba nos últimos cinco anos, para residir com o filho, Renato Barbachan Marcolla, sua nora e os quatro netos.

Referências