Eudemonismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Eudaimonia (em grego antigo: εὐδαιμονία, ευδαιμονία eudaimonia) às vezes também eudaemonia, eudemonia ou Eudemonismo, é uma palavra grega geralmente traduzida como felicidade ou bem-estar; No entanto, "desenvolvimento humano" tem sido proposto como uma tradução mais precisa.[1] O eudemonismo era a posição sustentada por todos os filósofos da Antiguidade, apesar das diferenças acerca da concepção de felicidade de cada um deles. Segundo Aristóteles:

"A felicidade é um princípio; é para alcançá-la que realizamos todos os outros atos; ela é exatamente o gênio de nossas motivações." [2]


Formas usadas

  1. John M. Cooper; John Madison Cooper. Reason and Human Good in Aristotle. Hackett Publishing; 1975. ISBN 0-87220-022-1. p. 89.
  2. Aristóteles, Ética a Nicômaco 1.12.8.