Eufemismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde abril de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Eufemismo é uma figura de linguagem que emprega termos mais agradáveis para suavizar uma expressão.

Expressões populares têm um caráter cômico, o que pode atender em parte a intenção do eufemismo. Entretanto, seu uso em situações de grande impacto, como a morte, beira o grotesco e a função dessa figura de linguagem se perde. Um exemplo mais adequado é dizer que o indivíduo "partiu", ou que "deixou esse mundo". Eufemismos também mostram serventia para substituir palavras consideradas de baixo calão ou impróprias de acordo com algum tabu, ou mesmo para omitir nomes de divindades. Alguns deles podem ser neologismos, isto é, palavras inventadas somente para a ocasião, em que se altera uma ou duas letras ou sílabas da palavra original, como puxa, diacho e caramba.

Exemplos[editar | editar código-fonte]

  • Ele é desprovido de beleza. (Em lugar de feio)
  • Faltou com a verdade. (Em lugar de mentiu)
  • Ele entregou a alma a Deus. (Em vez de morreu)
  • Nos fizeram varrer calçadas e limpar o que faz todo cão. (Em lugar de fezes)
  • Ela é minha ajudante/funcionária (Em lugar de empregada doméstica)
  • "...Trata-se de um usurpador do bem alheio..." (Em lugar de ladrão)
  • Filho do desgramado! (Ao invés de desgraçado)
  • "Era uma estrela divina que ao firmamento voou!" (Em lugar de morreu) (Álvares de Azevedo)
  • "Quando a indesejada da gente chegar" (Em lugar de a morte) (Manuel Bandeira)
  • Ele subtraiu os bens de tal pessoa. (Em vez de furtou)
  • Contratou uma garota de programa (Em vez de prostituta)
  • "...Para o porto de Lúcifer." (Em vez de inferno) (Gil Vicente)
  • "Verdades que esqueceram de acontecer" (em lugar de mentira) (Mário Quintana)
  • Passar os cinco (dedos) -- expressão popular (Em vez de roubar)
  • "Ele vivia de caridade pública" (em vez de esmolas) (Machado de Assis)
  • Ele foi morar junto com Deus. (Em lugar de morreu) (Gabriela Prizo)
  • Ele foi convidado a se retirar. (Em lugar de expulso)
  • Ele se apropriou do dinheiro do colega. (Em lugar de roubou) (Marcelo Fileti)
  • Ele não foi feliz nos exames. (Em vez de reprovado)
  • Foi pego com porte de entorpecentes (Em vez de drogas)
  • Está cheio de pó (Em vez de drogado)
  • Enriqueceu por meios ilícitos. (Em vez de roubou)
  • Aquela escola serve apenas a crianças especiais (Em vez de deficientes)
  • Querida, ao pé do leito derradeiro (Em vez de túmulo)
  • Em que descansas dessa longa vida,... (Em vez de morres)
  • Assistiu a um filme de conteúdo adulto (Em vez de conteúdo sexual)
  • Virou estrelinha... (Em vez de morreu)
  • É preciso respeitar as leis do Senhor (Em vez de Deus)
  • Vestiu o paletó de madeira (Em vez de morreu)
  • Desviou dinheiro da empresa (Em vez de roubou)
  • Precisou tirar água do joelho (Em vez de urinar)
  • Foi ao banheiro fazer suas necessidades (Em vez de defecar)
  • Comprou um produto para a parte íntima (Em vez de genitália)
  • Sem motivo de orgulho, sua filha está na vida (Em vez de prostituição)
  • Ele foi para um lugar melhor (Em vez de morreu) (Alberto César)
  • É, Alana, seu avô foi morar com Deus (Em vez de morreu)
  • Sofia virou mocinha (Em vez de menstruou [pela primeira vez])
  • Sofia está nos seus dias (Em vez de menstruada)
  • Foi para a cama com o próprio patrão (Em vez de transou)
  • Deu à luz assim que chegou à maternidade (Em vez de pariu)
  • Teve que entrar na faca (Em vez de fazer cirurgia)
  • Encheu-se da água que o passarinho não bebe (Em vez de cachaça)
  • Seu Joaquim chegou à melhor idade/terceira idade (Em vez de velhice)
  • Ele é meu companheiro/parceiro há três anos (Em vez de marido ou namorado, usado principalmente para homossexuais)
  • Meu Senhor/Pai! (Em vez de Deus)
  • Era um completo filho da mãe (Em vez de filho da puta)
  • Ficou "P" da vida/fula da vida (Em vez de puta da vida)
  • Puxa!/Putz! (Em vez de puta)
  • Poxa!/! (Em vez de porra)
  • Ela é amiga pra caramba/cachorro (Em vez de caralho)
  • Diacho/Dianho, quebrei minha unha (Em vez de diabo)
  • Era o cão/coisa-ruim em pessoa (Em vez de diabo)
Wikcionário
O Wikcionário possui o verbete eufemismo.
Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.