Eugène Tisserant

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eugène Tisserant
Cardeal da Santa Igreja Romana
Decano do colégio dos cardeais
Grão-mestre da Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém
Cardeal Eugène Tisserant, em Roma. Foto: Walter Sanders/LIFE, 1948

Título

Cardeal-bispo de Porto-Santa Rufina e Óstia
Atividade Eclesiástica
Ordem Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém
Nomeação 19 de agosto de 1960
Predecessor Nicola Canali
Sucessor Maximilien de Fürstenberg
Mandato 19 de agosto de 196021 de fevereiro de 1972
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 4 de agosto de 1907
por Charles-François Turinaz
Ordenação episcopal 25 de junho de 1937
por Eugenio Maria Giuseppe Giovanni Pacelli
Nomeado arcebispo 25 de julho de 1937
Cardinalato
Criação 15 de junho de 1936
por Papa Pio XI
Ordem Cardeal-diácono
Título Santos Vítor, Modesto e Crescência
Brasão
Coat of arms of Eugène Tisserant OESSJ.svg
Lema AB ORIENTE ET OCCIDENTE
Dados pessoais
Nascimento Nancy
24 de março de 1884
Morte Albano Laziale
21 de fevereiro de 1972 (87 anos)
Nacionalidade França francês
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Eugène-Gabriel-Gervais-Laurent Tisserant (Nancy, 24 de março de 1884Albano Laziale, 21 de fevereiro de 1972) foi um cardeal francês, deão do colégio dos cardeais e grão-mestre da Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém.

Cardinalato[editar | editar código-fonte]

Foi ordenado padre em 4 de agosto de 1907, em Nancy.[1] Criado cardeal-diácono em 1936, pelo Papa Pio XI, com o título cardinalício de Santos Vítor, Modesto e Crescência, recebendo o barrete cardinalício em 18 de junho.[1] No dia seguinte, é nomeado Secretário da Sagrada Congregação para a Igreja Oriental.[1]

Episcopado[editar | editar código-fonte]

Em 1937, é consagrado arcebispo-titular de Iconium e torna-se cardeal-padre mantendo o título pro hac vice.[1] Em 1938, é nomeado presidente da Pontifícia Comissão Bíblica.[1] Em 1939, passa ao título de Santa Maria sobre Minerva. Participa do Conclave de 1939 que elegeu Eugenio Giuseppe Maria Giovanni Pacelli como Papa Pio XII.[1]

Em 1946, é elevado a cardeal-bispo de Porto e Santa Rufina.[1] Em 1948, é nomeado vice-decano do Sagrado Colégio dos Cardeais. Em 1951, é confirmado como Deão do colégio dos cardeais, passando a acumular o título de cardeal-bispo de Óstia, além de tornar-se prefeito da Sagrada Congregação Cerimonial.[1] Dessa forma, foi o principal organizador do Conclave de 1958 que elegeu Angelo Giuseppe Roncalli como Papa João XXIII e do Conclave de 1963 que elegeu Giovanni Montini como Papa Paulo VI.[1]

Em 1957, é nomeado arquivista dos Arquivos Secretos do Vaticano e bibliotecário da Biblioteca Vaticana.[1] Entre 1958 e 1960, é o camerlengo do colégio dos cardeais. Em 1960, é nomeado grão-mestre da Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém. Em 1961 é eleito para a cadeira 37 da Academia Francesa. Participou do Concílio Vaticano II.[1]

Faleceu em 21 de fevereiro de 1972, vítima de ataque cardíaco. Seu funeral foi presidido pelo Papa Paulo VI, com o réquiem realizado pelo cardeal Paolo Marella. Seu corpo jaz sepultado na Catedral dos Sagrados Corações de Jesus e Maria, da Diocese de Porto-Santa Rufina.[1]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l The Cardinals of the Holy Roman Church

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Eugène Tisserant
Precedido por
Francesco di Paola Cassetta
Cardeal
Cardeal-diácono de Santos Vítor, Modesto e Crescência

19361939
Sucedido por
José María Bueno y Monreal
Precedido por
Luigi Sincero
Coat of arms of the Vatican City.svg
Secretário da Sagrada Congregação para a Igreja Oriental

19361959
Sucedido por
Amleto Giovanni Cicognani
Precedido por
Pietro Di Maria
Brasão episcopal
Arcebispo-titular de Iconium

1937
Sucedido por
Luca Ermenegildo Pasetto
Precedido por
Gaetano Bisleti
Coat of arms of the Vatican City.svg
Presidente da Pontifícia Comissão Bíblica

19381971
Sucedido por
Franjo Šeper
Precedido por
Giulio Serafini
Cardeal
Cardeal-presbítero de Santa Maria sopra Minerva

19391946
Sucedido por
Clemente Micara
Precedido por
Tommaso Pio Boggiani, O.P.
Brasão arquiepiscopal
Cardeal-bispo de Porto-Santa Rufina

19461972
Sucedido por
Paolo Marella
Precedido por
Enrico Gasparri
Vice-decano do Colégio dos Cardeais
19481951
Sucedido por
Clemente Micara
Precedido por:
Francesco Marchetti Selvaggiani
Brasão arquiepiscopal
Cardeal-bispo de Óstia

19511972
Sucedido por:
Amleto Giovanni Cicognani
Decano do colégio dos cardeais
19511972


Precedido por
Francesco Marchetti Selvaggiani
Coat of arms of the Vatican City.svg
Prefeito da Sagrada Congregação Cerimonial

19511967
Sucedido por
suprimido
Precedido por
Giovanni Mercati
Coat of arms of the Vatican City.svg
Arquivista dos Arquivos Secretos do Vaticano
Bibliotecário da Biblioteca Vaticana

19571971
Sucedido por
Antonio Samorè
Precedido por
Alfredo Ottaviani
Camerlengo
Camerlengo do Sagrado Colégio dos Cardeais

19581960
Sucedido por
Clemente Micara
Precedido por
Nicola Canali
Croix de l Ordre du Saint-Sepulcre.svg
Grão-mestre da Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém

19601972
Sucedido por
Maximilien de Fürstenberg
Precedido por
Maurice de Broglie
Membro da Academia Francesa - cadeira 37
19611972
Sucedido por
Jean Daniélou