Eureka (exclamação)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Abril de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Eureka, Eureka! ou Heureka (em grego, ηὕρηκα/εὕρηκα – "Encontrei!") é uma famosa exclamação atribuída ao matemático grego Arquimedes de Siracusa (287212 a.C.).

História da palavra[editar | editar código-fonte]

A história conta que Arquimedes pronunciou esta palavra após descobrir que o volume de qualquer corpo pode ser calculado medindo o volume de água movida quando o corpo é submergido na água,[1] conhecido como o princípio de Arquimedes. Esta descoberta foi feita quando se encontrava na banheira, pelo que saiu nu para as ruas de Siracusa gritando Eureka!.[1]

Eureka é a primeira pessoa do singular do perfeito do indicativo do verbo heuriskein, (εὑρίσκω), que significa "encontrar". Significa, portanto, encontrei. A palavra "Eureka" usa-se hoje em dia como celebração de uma descoberta, um achado ou o fim de uma busca. Tem o mesmo radical da palavra "heurística".

Referências

  1. a b Vitrúvio, De architectura, Livro IX, 10

Ligações externas[editar | editar código-fonte]