Eurito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Janeiro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Eurito é um personagem da mitologia grega, rei de Ecália, cidade da Etólia setentrional. Era um célebre arqueiro, com tiros extremamente certeiros e famoso por sua grande pontaria. Prometera sua filha Íole para aquele que o vencesse. Héracles (Hércules) o venceu, mas tendo Eurito recusado, Héracles o matou.

Segundo Higino, Eurito era filho de Mercúrio e Antianira, filha de Menetus; ele e seu irmao Équion foram argonautas.[1] [2] Segundo Hesíodo, sua mãe era Stratonica.[3]

Eurito aprendeu arquearia com Apolo, com quem ele disputou.[1]

Segundo Higino, com Antíope, filha de Pylo, ele teve dois filhos, Clytius e Iphitus, reis da Ecália e argonautas.[1] Clytius foi morto por Eetes.[1] Segundo Hesíodo, com Antíope, filha do envelhecido filho de Naubolus, ele teve Didaeon, Clytius, Toxeus, o filho de Ares Iphitus e a filha mais nova, Íole, de cabelos dourados.[3]

Higino lista uma série de quinze competições; na décima-segunda, que Acasto, filho de Pélias, organizou para os argivos, Eurito venceu a disputa do arco[4] .

Hércules matou Eurito porque este lhe recusou sua filha Íole[5] [6] . Hércules atacou a Ecália, e, para forçar a vontade de Íole, ameaçou matar seus parentes na sua frente; ela, porém, deixou eles serem mortos[6] . Após Hércules ter matado todos, ele mandou Íole para Dejanira[6] .

Referências

  1. a b c d Higino, Fabulae, XIV, Os argonautas reunidos
  2. Higino, Fabulae, CLX, Os filhos de Mercúrio
  3. a b Hesíodo, Catálogo de Mulheres, fragmento 79
  4. Higino, Fabulae, CCLXXIII, Aqueles que primeiro organizaram jogos, até o décimo-quinto, por Eneas
  5. Higino, Fabulae, XXXI, Outros trabalhos de Hércules
  6. a b c Higino, Fabulae, XXXV, Iole

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia grega é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.