Evanescence

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Evanescence
Evanescence Members.jpg
Integrantes do Evanescence
Topo: Terry Balsamo, Amy Lee e Tim McCord
Abaixo: Will Hunt e Troy McLawhorn
Informação geral
Origem Little Rock, Arkansas
País  Estados Unidos
Gênero(s) Metal alternativo, nu metal, rock sinfônico
Período em atividade 19952012 (em hiato)
Gravadora(s) Bicycle / Concord, EMI Music, Epic Records, Wind-up Records, Bigwig Enterpresis
Página oficial www.evanescence.com
Integrantes Amy Lee
Terry Balsamo
Tim McCord
Will Hunt
Troy McLawhorn
Ex-integrantes Rocky Gray
John LeCompt
Will Boyd
Ben Moody
David Hodges

Evanescence é uma banda americana de metal alternativo formada em 1995 na cidade de Little Rock pela vocalista e pianista Amy Lee, e o guitarrista Ben Moody.[1] Atualmente o grupo possui cinco integrantes, sendo que Moody não está mais envolvido.

O Evanescence era popular na região de Little Rock, consolidando-se na cena musical da cidade no final da década de 1990 com os EPs: Evanescence (1998) e Sound Asleep (1999), além do álbum demo Origin, lançado em 2000. Porém foi apenas com o disco de 2003, Fallen, que a banda ganhou reconhecimento internacional e vendeu mais de 17 milhões de cópias em todo o mundo, recebendo sete vezes disco de platina pela RIAA nos Estados Unidos. O single "Bring Me to Life" permaneceu por semanas no topo das paradas musicais, tornando-se o maior sucesso da banda até então. Tamanho triunfo permitiu ao grupo realizar diversas turnês ao redor do mundo nos anos posteriores, e gerou o lançamento do álbum ao vivo Anywhere but Home em 2004.

Em 22 de outubro de 2003, durante uma turnê europeia, Ben deixou a banda alegando "diferenças criativas" com os outros membros, sendo substituído interinamente por Terry Balsamo, que foi efetivado como membro oficial pouco depois, contribuindo com o Evanescence a partir do álbum The Open Door (2006). O disco estreou em primeiro lugar na Billboard 200, e vendeu cerca de 6 milhões de cópias em todo o mundo, além de gerar o single "Call Me When You're Sober" que figurou em boas posições das paradas musicais.

Após o fim da turnê The Open Door Tour, a banda entrou em um período de hiato que durou até o lançamento do single "What You Want" em agosto de 2011, seguido do álbum auto-intitulado, Evanescence, em outubro do mesmo ano. O disco assim como seu antecessor, debutou no primeiro lugar da revista Billboard, recebendo certificação de ouro na Austrália e no Canadá.[2] [3] Para a promoção do álbum, a banda excursionou com a Evanescence Tour que durou até novembro de 2012, com 131 concertos realizados.

Estima-se que o Evanescence tenha vendido cerca de 25 milhões de cópias de CDs e DVDs ao redor do mundo.[4] [5]

História[editar | editar código-fonte]

Formação e primeiros anos (1995–2000)[editar | editar código-fonte]

Em meados de 1995, a vocalista e pianista Amy Lee e o guitarrista Ben Moody se conheceram num acampamento de verão promovido por uma igreja de Little Rock, Arkansas.[6] Após Ben ouvir a talentosa Amy tocar a canção "I'd Do Anything for Love (But I Won't Do That)" do músico americano Meat Loaf no piano, ambos descobriram que tinham o mesmo interesse musical decidindo formar um pequeno projeto musical,[7] que passou por diversos nomes como Childish Intentions e Stricken, trocado por Evanescence posteriormente, que significa "desaparecimento" em latim.[8] Eles compuseram e gravaram algumas demos em 1996, e chamaram alguns colegas como Will Boyd e Rocky Gray para participar de um EP auto-intitulado que foi lançado mais tarde em dezembro de 1998.[9]

No ano seguinte, a dupla começou a realizar algumas apresentações ao redor da cidade e suas canções começaram a ser tocadas em rádios locais.[10] Eles também lançaram o EP Sound Asleep em agosto de 1999,[11] contratando o tecladista e multi-instrumentista David Hodges em seguida.[12] No ano de 2000, a banda dispunha de um orçamento maior para gravações e então o disco Origin foi produzido e liberado pela gravadora Bigwig Enterpresis em 4 de novembro de 2000,[13] após uma apresentação especial do grupo em Little Rock;[13] e a faixa "Whisper" também foi lançada como single promocional para as rádios.[14]

Fallen e sucesso mundial (2001–2004)[editar | editar código-fonte]

Durante as sessões de gravação de Origin no Ardent Studios em Memphis, Tennessee, a banda havia conhecido o produtor Peter Matthews que ficou impressionado com o talento do grupo, e enviou algumas demos para sua amiga e dona da gravadora nova-iorquina Wind-up Records, Diana Meltzer, que se interessou pela banda após ouvir a canção "My Immortal", dizendo que os mesmos eram "um sucesso potencial".[15] A equipe da gravadora afirmou que embora possuíssem talento, precisariam ser desenvolvidos, dando tempo e oportunidade necessária para produzirem um som avançado.[15] Após assinarem com a Wind-up em janeiro de 2001, a banda se mudou para Los Angeles, Califórnia e recebeu um apartamento para ensaios, com a vocalista Amy Lee tendo aulas de canto, performance e movimento.[15] As gravações do primeiro álbum começaram em agosto de 2002, e a banda contratou uma série de músicos e um coral chamado The Millennium Choir para participar do registro, com supervisão e produção de Dave Fortman.[16]

A banda durante uma apresentação na França em 2004.

Em dezembro de 2002, após o fim das gravações, o tecladista David Hodges saiu da banda em consenso com os outros membros; e os músicos John LeCompt, Will Boyd e Rocky Gray foram convidados para tocar durante toda a turnê que estava agendada. Com isso, o álbum Fallen foi oficialmente lançado em 4 de março de 2003,[16] ficando na terceira posição da Billboard 200, com mais de 17 milhões de cópias comercializadas posteriormente.[17] O single "Bring Me to Life" com participação do cantor Paul McCoy tornou-se um sucesso mundial e ganhou em uma categoria do Grammy 2004.[18] [19]

Após uma série de apresentações na Europa, Reino Unido e Escandinávia, o guitarrista e cofundador Ben Moody deixou a banda em 22 de outubro de 2003 alegando "diferenças criativas" com os outros membros.[20] Ele foi substituído interinamente por Terry Balsamo das bandas Cold e Limp Bizkit, que foi efetivado como membro oficial no início de 2004.[21] Meses depois, a vocalista Amy disse que a saída de Ben foi um alívio devido as tensões que ele criava dentro da banda,[22] em contrapartida, o guitarrista disse que ele saiu para que o grupo pudesse continuar e que seu desejo inicial era que Amy deixasse a banda, numa carta publicada por ele mesmo em 25 de agosto de 2010 num fórum de fãs da Internet.[23]

De qualquer maneira, a banda continuou a turnê com shows na Oceania, Japão e festivais da Europa, encerrando a Fallen Tour em 14 de agosto de 2004 na Alltel Arena em Little Rock, cidade natal da banda.[24] Ainda naquele ano, foi lançado o DVD ao vivo Anywhere but Home no mês de novembro, contendo uma apresentação gravada em Paris na França, além de um documentário sobre os bastidores da turnê mundial.[25]

The Open Door e saída de integrantes (2005–2009)[editar | editar código-fonte]

A banda durante apresentação em um festival na Holanda em 2007.

Após a extensa turnê de Fallen, a banda iniciou uma pausa em 2005, retornando aos estúdios em setembro do mesmo ano. Terry passou a contribuir diretamente nas composições junto com Amy, porém as gravações progrediram lentamente devido aos projetos paralelos dos outros integrantes, a perda do empresário,[26] e um acidente vascular cerebral sofrido por Balsamo em novembro de 2005.[27] Contudo, as gravações foram finalizadas em março de 2006, e o disco conteve a participação de uma orquestra e a produção de Dave Fortman novamente.

Pouco depois, em julho, o baixista Will Boyd anunciou sua saída da banda, pois não poderia participar de outra extensa turnê, além de querer mais tempo com sua família;[28] ele foi substituído por Tim McCord do The Revolution Smile,[29] e o álbum The Open Door foi finalmente lançado em 25 de setembro de 2006,[30] debutando na primeira posição da Billboard 200 e vendendo mais de seis milhões de cópias posteriormente.

O disco gerou o single "Call Me When You're Sober" que tornou-se um enorme sucesso e alcançou a décima posição das paradas americanas,[31] com a banda também gravando videoclipes de alto custo para todas as faixas de trabalho. Para promover o álbum, o grupo excursionou com a massiva turnê The Open Door Tour que passou por todos os continentes com mais de 100 apresentações bem sucedidas ao redor do mundo, encerrando em 8 de dezembro de 2007.[32]

Após dois concertos na África, o guitarrista John LeCompt foi demitido da banda em 4 de maio de 2007, e o baterista Rocky Gray decidiu deixar o grupo em seguida.[33] [34] A gravadora Wind-up Records emitiu um comunicado anunciando a substituição dos músicos por Troy McLawhorn e Will Hunt da banda Dark New Day, respectivamente.[35] Após a divulgação das notícias, Amy veio à publico para esclarecer os fatos.

Cquote1.svg (...) John e Rocky estiveram na banda durante quatro anos e passamos bons momentos tocando juntos, mas eles estavam prontos para partir e nos separamos. O Evanescence é algo que tenho amado e alimentado desde meus catorze anos, e continuarei a proteger e lutar pela banda sempre que for necessário. Terry, Tim e eu estamos bastante ansiosos para tocar ao vivo com novos músicos e iremos detonar (...). Cquote2.svg
Amy Lee sobre a saída de integrantes.[36]

Após todos os acontecimentos, a banda foi nomeada em uma categoria do Grammy 2008 pelo single "Sweet Sacrifice", porém não venceram o prêmio.[37] No ano seguinte, todos os membros focaram-se em seus projetos paralelos e se reuniram para duas apresentações em Nova York e São Paulo em novembro de 2009 com o guitarrista convidado James Black.[38] [39]

Evanescence e turnê (2010–2013)[editar | editar código-fonte]

A banda durante apresentação em Toronto, Canadá em 2011.

A banda retornou aos estúdios em fevereiro de 2010 para a gravação de um novo álbum,[40] que seria produzido por Steve Lillywhite[41] e contaria com a composição de Will "Science" Hunt em algumas canções,[42] porém a banda voltou atrás e Lee disse que Steve não era a pessoa certa, sendo anunciada a sua substituição pelo produtor Nick Raskulinecz.[42] Ela também afirmou que a gravadora estava incerta sobre um novo disco,[43] contudo, a banda voltou aos estúdios com Nick em abril de 2011 para terminar o álbum.[44] O single "What You Want" foi lançado para promover o disco e alcançou boas posições em paradas inglesas, americanas e brasileiras, e o álbum autointitulado Evanescence foi finalmente liberado em 7 de outubro de 2011,[45] e assim como seu antecessor The Open Door, debutou na primeira posição da Billboard 200, principal parada musical dos Estados Unidos.

Como de costume, a banda embarcou em mais uma turnê mundial, que teve início em 17 de agosto de 2011 na cidade de Nashville,[46] seguido por uma apresentação no festival brasileiro Rock in Rio para cem mil pessoas, maior público do grupo até então.[47] Eles também foram convidados para se apresentar no Prêmio Nobel da Paz, realizado em 11 de dezembro de 2011 em Oslo, Noruega — o evento foi transmitido para mais de 130 países através da televisão e Internet.[48] A turnê foi continuada no ano seguinte ao lado de bandas como The Used, Chevelle e Halestorm, passando por todos os continentes, com destaque no sudeste asiático e Oriente Médio — a turnê foi encerrada com uma apresentação especial na Wembley Arena em Londres, Inglaterra em 9 de novembro de 2012.[49]

Mais tarde em 2013, a banda continuou os compromissos com o álbum, lançando um videoclipe para o single "Lost in Paradise"[50] e uma edição especial de Fallen, disco de estreia que completara dez anos.[51] Em outubro do mesmo ano, a gravadora Wind-up vendeu uma parte de seu catálogo de artistas para a Bicycle Music Company, incluindo a banda, que será gerenciada pela companhia Concord Music Group no futuro.[52]

Em outras mídias[editar | editar código-fonte]

A vocalista Amy Lee afirmou que escreveu uma canção para o filme The Chronicles of Narnia: The Lion, the Witch and the Wardrobe (2005), porém foi rejeitada por ser obscura demais. Ela passou a afirmar que foi apenas para um "material maior [The Open Door]".[53] Outra canção supostamente escrita para o longa-metragem foi "Lacrymosa", inspirada em Mozart.[54] No entanto, os produtores de Narnia refutaram a alegação, afirmando que esta informação era "novidade para eles" e que nenhuma canção da banda havia sido planejada para ser inclusa na trilha sonora.[55]

Em 2010, a banda lançou "Together Again" para download digital, a canção foi originalmente escrita para o disco The Open Door, sendo rejeitada posteriormente. O single foi lançado como um benefício à Fundação das Nações Unidas para seus esforços de recuperação do terremoto no Haiti.[56]

Estilo musical[editar | editar código-fonte]

Evanescence Nós definitivamente somos uma banda de rock, mas o que diferencia isso é que as músicas da banda são épicas, dramáticas e obscuras. Evanescence

 — Amy Lee sobre o estilo musical do Evanescence em 2003.[57]

Algumas publicações como o The New York Times, Rough Guides, Rolling Stone, Blender e The Metal Observer classificam o estilo musical da banda como metal gótico,[58] [59] [60] [61] embora outras fontes como NME, MusicMight, IGN e Popmatters à denominam como rock gótico.[62] [63] [64] Eles foram comparados com diversas bandas de diferentes gêneros, tais como o nu metal de conjuntos como P.O.D. e Linkin Park,[16] [65] metal gótico como Lacuna Coil,[66] e metal sinfônico de grupos como Nightwish e Within Temptation.[67] [68] Outros gêneros e influências utilizados para descrever o som da banda incluem metal alternativo,[69] [70] hard rock,[69] e post-grunge.[71]

O álbum de estreia da banda, Fallen (2003), foi ligeiramente diferente dos trabalhos anteriores, motivo que levou muitos fãs a afirmarem que seu estilo mudou muito — o som passou a ser dinâmico e rápido, com tal disco sendo classificado como comercial. Foi exatamente nessa fase que a banda recebeu o rótulo de nu metal, e também por ter adquirido influências de outros grupos como Korn, pertencente a esse gênero. Mais do que definir Fallen e The Open Door, o Evanescence também faz misturas de música eletrônica em seu som, utilizando sintetizadores e programadores, que podem ser ouvidos em várias músicas, principalmente em "Anything for You", "Haunted", "Tourniquet", "Going Under" e "Snow White Queen".

Inicialmente promovidos em lojas cristãs e por terem suas músicas vendidas em lojas de música do gênero, a banda deixou claro que não queriam ser considerados parte do estilo rock cristão. Quando perguntada pela Billboard em 2006 se o Evanescence foi uma banda cristã, Amy Lee respondeu que tudo isso fazia parte do passado.[72] [73]

Formação[editar | editar código-fonte]

Um dos fundadores da banda, Ben Moody, durante uma apresentação em Barcelona na Espanha em 2003.

Atual[editar | editar código-fonte]

Ex-membros[editar | editar código-fonte]

Músicos convidados[editar | editar código-fonte]

  • James Black – guitarra (2009)
  • David Eggar – violino (2006)
  • Francesco DiCosmo – baixo (2003)
  • Josh Freese – bateria, percussão (2003)
  • Stephanie Pierce – vocais (1999)

Discografia[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Premiação Categoria Trabalho indicado Resultado
2003 American Music Awards Álbum Pop/Rock Favorito Fallen Indicado
Kerrang! Awards Artista Revelação Evanescence Venceu
Melhor Single "Bring Me to Life" Indicado
Los Premios MTV Latinoamérica Melhor Artista de Rock — Internacional Evanescence Venceu
Melhor Artista — Internacional Venceu
MTV Video Music Awards Artista Revelação Indicado
Melhor Vídeo de Rock "Bring Me to Life" Indicado
MTV Europe Music Awards Melhor Canção Indicado
Melhor Artista Evanescence Indicado
Melhor Aposta Indicado
Teen Choice Awards Canção de Rock Favorita "Bring Me to Life" Venceu
2004 BRIT Awards Artista Revelação Internacional Evanescence Indicado
Echo Awards Melhor Artista de Pop/Rock Venceu
American Music Awards Artista Pop/Rock Favorito Indicado
Artista do Ano Indicado
Kerrang! Awards Melhor Single "Going Under" Indicado
Grammy Award Artista Revelação Evanescence Venceu
Melhor Performance Hard Rock "Bring Me to Life" Venceu
Melhor Canção de Rock Indicado
Álbum do Ano Fallen Indicado
Melhor Álbum de Rock Indicado
International Dance Music Awards Melhor Rock Alternativo "Bring Me to Life" Indicado
Los Premios MTV Latinoamérica Melhor Artista de Rock — Internacional Evanescence Indicado
MTV Asia Music Awards Artista Revelação Internacional Indicado
Melhor Aposta Indicado
NRJ Music Awards Artista Revelação Internacional Venceu
Teen Choice Awards Banda de Rock Favorita Venceu
World Music Awards Melhor Artista de Rock Venceu
2005 Grammy Award Melhor Performance "My Immortal" Indicado
2006 MTV Europe Music Awards Melhor Artista de Rock Evanescence Indicado
2007 Los Premios MTV Latinoamérica Melhor Artista de Rock — Internacional Venceu
MTV Europe Music Awards Melhor Rock Indicado
MTV Australia Awards Álbum do Ano The Open Door Venceu
MuchMusic Video Awards Banda Internacional Favorita Evanescence Indicado
Vídeo Internacional Favorito "Call Me When You're Sober" Venceu
Kerrang! Awards Mulher Mais Sexy Amy Lee Venceu
NRJ Music Awards Melhor Álbum Internacional The Open Door Indicado
Melhor Vídeo do Ano "Call Me When You're Sober" Indicado
Melhor Artista Internacional Evanescence Venceu
2008 National Music Publishers Association Melhor Compositor Amy Lee Venceu
Grammy Award Melhor Performance Hard Rock "Sweet Sacrifice" Indicado
2011 Loudwire Music Awards Retorno do Ano Evanescence Venceu
Artista do Ano Indicado
Álbum do Ano Evanescence Indicado
Deusa do Rock do Ano Amy Lee Indicado
Canção de Rock do Ano "What You Want" Venceu
2012 Revolver Golden Gods Awards Álbum do Ano Evanescence Indicado
Retorno do Ano Evanescence Indicado
Fãs Mais Dedicados Indicado
Melhor Vocalista Amy Lee Venceu
Kerrang! Awards Melhor Banda Internacional Evanescence Indicado
Mulher Mais Sexy Amy Lee Indicado
MTV Europe Music Awards Melhor World Stage Evanescence Indicado
Loudwire Music Awards Deusa do Rock do Ano Amy Lee Venceu
2013 NME Awards Mulher Mais Sexy na Música Venceu

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Essi Berelian. The Rough Guide to Heavy Metal. Nova York: Rough Guides, 2005. p. 115 pp. ISBN 1-84353-415-0 OCLC 60560760
  2. ARIA Charts - Accreditations - 2012 Albums (em Inglês) ARIA.com.au. Página visitada em 28 de janeiro de 2013.
  3. Gold Platinum Database (em Inglês) MusicCanada.com. Página visitada em 28 de janeiro de 2013.
  4. Evanescence volta ao Brasil em outubro com sua nova turnê mundial (em Português) UniversodoRock.com.br (10 de agosto de 2012). Página visitada em 28 de janeiro de 2013.
  5. Evanescence leva o Live Music Rocks ao Rio de Janeiro (em Português) XYZLive.com.br (20 de setembro de 2012). Página visitada em 28 de janeiro de 2013.
  6. Evanescence's history and biography (em Inglês) Free-Scores.com. Página visitada em 30 de maio de 2012.
  7. Biografia de Amy Lee (em Português) DeusasdoRock.com. Página visitada em 30 de maio de 2012.
  8. Biography of Evanescence (em Inglês) EncyclopediaofArkansas.net. Página visitada em 30 de maio de 2012.
  9. Evanescence EP (em Português) Evanescence.com.br. Página visitada em 8 de março de 2014.
  10. Evanescence - Biography (em Inglês) EvanescenceWeb.yaia.com. Página visitada em 8 de março de 2014.
  11. Sound Asleep EP (em Português) Evanescence.com.br. Página visitada em 8 de março de 2014.
  12. Evanescence - Biography (em Inglês) RollingStone.com. Página visitada em 8 de março de 2014.
  13. a b Origin (em Português) Evanescence.com.br. Página visitada em 8 de março de 2014.
  14. Evanescence announces major label recording deal (em Inglês) BigwigEnterpresis.com. Página visitada em 8 de março de 2014.
  15. a b c Interview with Diana Meltzer (em Inglês) Hitquarters.com (7 de julho de 2003). Página visitada em 19 de outubro de 2011.
  16. a b c Evanescence - Fallen (em Inglês) Allmusic.com (4 de março de 2003). Página visitada em 8 de março de 2014.
  17. Chart Watch Extra: Top Albums of Last 10 Years (em Inglês) Yahoo.com (16 de março de 2012). Página visitada em 30 de maio de 2012.
  18. Evanescence segura o 1º lugar em semana com cinco estréias (em Português) Folha.com.br (23 de junho de 2003). Página visitada em 30 de maio de 2012.
  19. Finally, Kylie wins a Grammy (em Inglês) Smh.com.au (9 de fevereiro de 2004). Página visitada em 8 de março de 2014.
  20. Evanescence Co-Founder Ben Moody Leaves Band During Tour (em Inglês) MTV.com (3 de novembro de 2003). Página visitada em 30 de maio de 2012.
  21. Cold Guitarist Becomes Permanent Member of Evanescence (em Inglês) Blabbermouth.net (16 de janeiro de 2004). Página visitada em 8 de março de 2014.
  22. Moody blues (em Inglês) Smh.com.au (9 de janeiro de 2004). Página visitada em 8 de março de 2014.
  23. Evanescence: Ben Moody conta sua versão sobre saída (em Português) Whiplash.net (9 de outubro de 2010). Página visitada em 8 de março de 2014.
  24. Evanescence Setlist at Alltel Arena, North Little Rock, AR, USA (em Inglês) Setlist.fm (14 de agosto de 2004). Página visitada em 8 de março de 2014.
  25. Evanescence - Anywhere but Home (em Inglês) Allmusic.com (23 de novembro de 2004). Página visitada em 8 de março de 2014.
  26. Amy, do Evanescence, processa ex-empresário (em Português) Whiplash.net (8 de dezembro de 2005). Página visitada em 8 de março de 2014.
  27. Guitarrista do Evanescence teve derrame de tanto "bater cabeça" (em Português) CifraClubNews.com.br (7 de novembro de 2006). Página visitada em 8 de março de 2014.
  28. Evanescence Lose Bassist; Amy Lee Vows To Stay On Schedule (em Inglês) VH1.com (14 de julho de 2006). Página visitada em 20 de agosto de 2008.
  29. Evanescence Set For Fall Tour; Amy Lee Reveals Inspiration Behind 'Sober' (em Inglês) VH1.com (10 de agosto de 2006). Página visitada em 20 de agosto de 2008.
  30. Evanescence - The Open Door (em Inglês) Allmusic.com (3 de outubro de 2006). Página visitada em 8 de março de 2014.
  31. "Hot 100: Week Ending September 2, 2006" (em Inglês) Billboard.com. Página visitada em 8 de março de 2014.
  32. Evanescence Singer Issues End-Of-Tour Update (em Inglês) MetalUnderground.com (10 de dezembro de 2007). Página visitada em 8 de março de 2014.
  33. Evanescence Guitarist Fired; Drummer Reportedly Quits (em Inglês) Blabbermouth.net (4 de maio de 2007). Página visitada em 8 de março de 2014.
  34. Former Evanescence Drummer Rocky Gray Comments On His Departure (em Inglês) Blabbermouth.net (5 de maio de 2007). Página visitada em 8 de março de 2014.
  35. Evanescence: New Lineup Announced (em Inglês) Blabbermouth.net (17 de maio de 2007). Página visitada em 8 de março de 2014.
  36. Statement of Amy Lee (em Inglês) Evanescence.com (5 de maio de 2007). Página visitada em 8 de março de 2014.
  37. Evanescence Singer at Grammy Awards: 'We're Just Happy To Be Here' (em Inglês) Blabbermouth.net (11 de fevereiro de 2008). Página visitada em 8 de março de 2014.
  38. Evanescence: guitarrista não virá ao Brasil com a banda (em Português) Whiplash.net (19 de outubro de 2009). Página visitada em 8 de março de 2014.
  39. Evanescence: retorno ao palco com guitarrista do Finger 11 (em Português) Whiplash.net (6 de novembro de 2009). Página visitada em 8 de março de 2014.
  40. Black Label Society Reveals New Drummer Will Hunt (em Inglês) MetalUnderground.com (23 de fevereiro de 2010). Página visitada em 24 de fevereiro de 2010.
  41. Steve Lillywhite Keen To Replace Cowell On 'American Idol' (em Inglês) Spinner.com (24 de fevereiro de 2010). Página visitada em 24 de fevereiro de 2010.
  42. a b Exclusive: Amy Lee on the New Evanescence Album (em Inglês) Spin.com (23 de fevereiro de 2010). Página visitada em 24 de fevereiro de 2010.
  43. What's Up? (em Inglês) EvThreads.com (21 de junho de 2010). Página visitada em 16 de julho de 2010.
  44. Wind-up Records Scheduling a Fall 2011 Release (em Inglês). Página visitada em 28 de fevereiro de 2012.
  45. Evanescence - Evanescence (em Inglês) Allmusic.com (11 de outubro de 2011). Página visitada em 8 de março de 2014.
  46. Evanescence's Amy Lee Reveals Tour Plans (em Inglês) MTV.com (29 de julho de 2011). Cópia arquivada em 8 de janeiro de 2013.
  47. Evanescence é a última banda confirmada (em Português) RockinRio.com.br (10 de maio de 2011). Página visitada em 7 de junho de 2011.
  48. Evanescence se apresentará no Prêmio Nobel da Paz (em Português) Rockway.com.br. Página visitada em 8 de março de 2014.
  49. A despedida da Ev Tour na Wembley Arena, UK (em Português) Evanescence.com.br (11 de novembro de 2012). Página visitada em 8 de março de 2014.
  50. Evanescence lança videoclipe de "Lost in Paradise"; assista (em Português) NacaodaMusica.com.br (16 de fevereiro de 2013). Página visitada em 8 de março de 2014.
  51. Evanescence: 10 anos de "Fallen" + lançamento de vinil roxo (em Português) Whiplash.net (5 de março de 2013). Página visitada em 8 de março de 2014.
  52. Bicycle Music Acquires Wind-Up Records' Back Catalog, Cuts Deal with Concord Music Group (Exclusive) (em Inglês) Billboard.com (31 de outubro de 2013). Página visitada em 8 de março de 2014.
  53. EvBoard – A Bunch Of Stuff!!! (em Inglês) EvBoard.com (2 de dezembro de 2005).
  54. Reesman, Bryan (2006). The Essence of Evanescence (em Inglês) 5–10 pp.. Página visitada em 15 de março de 2014. Cópia arquivada em 21 de abril de 2008.
  55. Wardrobe closed to Evanescence singer (em Inglês) NZHerald.com.nz (27 de novembro de 2007). Página visitada em 20 de agosto de 2008.
  56. Evanescence Teams Up With the United Nations Foundation to Raise Money for Victims of the Earthquake in Haiti (em Inglês) UNFoundation.org (22 de janeiro de 2010). Página visitada em 22 de janeiro de 2010.
  57. Interview with DC101 radio (em Inglês) EvanescenceReference.info. Página visitada em 1 de julho de 2012.
  58. A NIGHT OUT WITH: Amy Lee; The Goth Candidate (em Inglês) TheNewYorkTimes.com (8 de fevereiro de 2008). Página visitada em 22 de fevereiro de 2009.
  59. Evanescence: The Open Door (em Inglês) RollingStone.com (5 de outubro de 2006). Página visitada em 20 de agosto de 2008.
  60. Evanescence (Live Concert) (em Inglês) Blender.com (7 de agosto de 2003). Página visitada em 20 de agosto de 2008.
  61. Fallen review (em Inglês) Metal-Observer.com (3 de maio de 2003). Página visitada em 20 de fevereiro de 2009.
  62. Evanescence (em Inglês) NME.com. Página visitada em 20 de fevereiro de 2009.
  63. Evanescence - The Open Door (em Inglês) IGN.com (8 de outubro de 2006). Página visitada em 20 de fevereiro de 2009.
  64. Evanescence: Fallen review (em Inglês) PopMatters.com (23 de maio de 2003). Página visitada em 20 de fevereiro de 2009.
  65. Evanescence: Fallen (em Inglês) RollingStone.com (25 de março de 2003). Página visitada em 20 de agosto de 2008.
  66. Lacuna Coil: Karmacode (em Inglês) PopMatters.com (12 de maio de 2006). Página visitada em 29 de abril de 2008.
  67. Nightwish: Once / Over the Hills and Far Away (em Inglês) PopMatters.com (24 de janeiro de 2005). Página visitada em 20 de agosto de 2008.
  68. Within Temptation: The Silent Force (em Inglês) Metal-Observer.com (30 de dezembro de 2004). Página visitada em 20 de agosto de 2008.
  69. a b Evanescence biography at Musicmight (em Inglês) MusicMight.com. Página visitada em 20 de fevereiro de 2009.
  70. Evanescence - The Open Door review (em Inglês) IGN.com (4 de outubro de 2006). Página visitada em 20 de fevereiro de 2009.
  71. Evanescence (em Inglês) Allmusic.com. Página visitada em 20 de fevereiro de 2009.
  72. Evanescence leader Lee unlocks 'Door' (em Inglês) Ninemsn.com (12 de setembro de 2006). Página visitada em 27 de março de 2007.
  73. Resposta de Amy Lee para a Billboard: "Can we please skip the Christian thing? I'm so over it. It's the lamest thing. I fought that from the beginning; I never wanted to be associated with it. It was a Ben thing. It's over."

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Imagens e media no Commons