Everardo III de Württemberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Everardo III de Württemberg
Duque de Württemberg
Duque de Württemberg
Período 18 de Julho de 1628 - 2 de Julho de 1674
Predecessor João Frederico de Württemberg
Sucessor Guilherme Luís de Württemberg
Cônjuge Ana Catarina de Salm-Kyrburg
Maria Doroteia Sofia de Oettingen
Descendência
João Frederico de Württemberg-Winnental
Luís Frederico de Württemberg-Winnental
Cristiano Everardo de Württemberg-Winnental
Everardo de Württemberg-Winnental
Sofia Luísa de Württemberg-Winnental
Doroteia Amália de Württemberg-Winnental
Cristina Frederica de Württemberg-Winnental
Cristina Carlota de Württemberg
Guilherme Luís de Württemberg
Ana Catarina de Württemberg-Winnental
Carlos Cristóvão de Württemberg-Winnental
Everaldina Catarina de Württemberg-Winnental
Frederico Carlos de Württemberg-Winnental
Carlos Maximiliano de Württemberg-Winnental
Jorge Frederico de Württemberg-Winnental
Alberto Cristiano de Württemberg-Winnental
Luís de Württemberg-Winnental
Joaquim de Württemberg-Winnental
Filipe Segismundo de Württemberg-Winnental
Carlos Fernando de Württemberg-Winnental
João Frederico de Württemberg-Winnental
Sofia Carlota de Württemberg-Winnental
Everardo de Württemberg-Winnental
Emanuel Everardo de Württemberg-Winnental
Pai João Frederico de Württemberg
Mãe Bárbara Sofia de Brandemburgo
Nascimento 16 de Dezembro de 1614
Estugarda, Alemanha
Morte 2 de julho de 1674 (59 anos)
Estugarda, Alemanha

Everardo III de Württemberg (16 de dezembro de 1614 - 2 de julho de 1674) foi um duque de Württemberg que governou desde 1628 até à sua morte em 1674.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Everardo III tornou-se herdeiro com uma regência em 1628, durante a Guerra dos Trinta Anos, quando tinha 14 anos de idade, após a morte do seu pai, o duque João Frederico de Württemberg. Inicialmente o seu guardião foi o irmão mais novo do pai, o duque Luís Frederico de Württemberg-Montbéliard. No entanto, após a morte deste em 1631, o lugar foi ocupado por outro tio seu, o duque Júlio Frederico de Württemberg-Weiltingen.

Württemberg perdeu cerca de um terço dos seus territórios em 1629. Júlio Frederico foi retirado da regência em 1633, quando Everardo foi declarado maior de idade, altura em que assumiu a governação do ducado. Após uma grande derrota das tropas de Württemberg na Batalha de Nördlingen a 6 de setembro de 1634, o ducado foi severamente atacado e saqueado.

Everardo fugiu para Estrasburgo, onde se casou em 1637, tendo regressado a Württemberg no ano seguinte após longas negociações com o sacro-imperador Fernando III. Nesta altura muitos territórios tinham já sido entregues pelo imperador para outras pessoas numa tentativa de promover o catolicismo na região.

O ducado de Württemberg foi reintegrado após longas negociações que resultaram na Paz de Vestfália de 1648, apesar ou devido ao efeitos da guerra, pobreza, fome e a peste negra que tinham reduzido a população de 350.000 habitantes em 1618 para cerca de 120.000 em 1648.

Everardo III chegou a acordo quanto à herança do ducado com o seu irmão mais novo, o duque Frederico que passou a deter o ducado de Württemberg-Neuenstadt, criando assim um novo ramo na família do ducado. Em 1651, Everardo chegou a um acordo semelhante com outro irmão seu, o duque Ulrico que passou a deter o Castelo de Neuenbürg.

Casamentos e descendência[editar | editar código-fonte]

Everardo III casou-se duas vezes. O seu primeiro casamento celebrou-se a 26 de fevereiro de 1637 e a sua noiva foi a princesa Ana Catarina de Salm-Kyrburg. O casal teve os seguintes filhos:

  1. João Frederico de Württemberg-Winnental (9 de setembro de 16372 de agosto de 1659), morreu aos vinte-e-dois anos de idade.
  2. Luís Frederico de Württemberg-Winnental (2 de novembro de 163818 de janeiro de 1639), morreu aos dois meses de idade.
  3. Cristiano Everardo de Württemberg-Winnental (29 de novembro de 163923 de março de 1640), morreu aos cinco meses de idade.
  4. Everardo de Württemberg-Winnental (12 de dezembro de 164024 de fevereiro de 1641), morreu aos dois meses de idade.
  5. Sofia Luísa de Württemberg-Winnental (19 de fevereiro de 16423 de outubro de 1702); casada com o marquês Cristiano Ernesto de Brandemburgo-Bayreuth; com descendência.
  6. Doroteia Amália de Württemberg-Winnental (13 de fevereiro de 164327 de março de 1650), morreu aos sete anos de idade.
  7. Cristiana Frederica de Württemberg-Winnental (28 de fevereiro de 164430 de outubro de 1674); casada com o conde Alberto Ernesto I de Oettingen-Oettingen; com descendência.
  8. Cristina Carlota de Württemberg-Winnental (21 de outubro de 164516 de maio de 1699), casada com o príncipe Jorge Cristiano da Frísia Oriental; com descendência.
  9. Guilherme Luís de Württemberg (7 de janeiro de 164723 de junho de 1677), casado com a landegravina Madalena Sibila de Hesse-Darmstadt; com descendência.
  10. Ana Catarina de Württemberg-Winnental (27 de novembro de 164810 de novembro de 1691), nunca se casou nem teve filhos.
  11. Carlos Cristóvão de Württemberg-Winnental (nascido e morto em 1650)
  12. Everardina Catarina de Württemberg-Winnental (12 de abril de 165119 de agosto de 1683), casada com o conde Alberto Ernesto I de Oettingen-Oettingen; sem descendência.
  13. Frederico Carlos de Württemberg-Winnental (12 de setembro de 165220 de dezembro de 1698), casado com a marquesa Leonor Juliana de Brandemburgo-Ansbach; com descendência.
  14. Carlos Maximiliano de Württemberg-Winnental (28 de setembro de 16549 de janeiro de 1689).

Após a morte da sua primeira esposa, Everardo casou-se uma segunda vez com a princesa Maria Doroteia Sofia de Oettingen a 20 de julho de 1656. Deste casamento nasceram os seguintes filhos:

  1. Jorge Frederico de Württemberg-Winnental (24 de setembro de 165718 de outubro de 1685), morto em combate.
  2. Alberto Cristiano de Württemberg-Winnental (13 de junho de 166020 de janeiro de 1663), morreu aos dois anos e meio de idade.
  3. Luís de Württemberg-Winnental (14 de agosto de 166130 de novembro de 1698).
  4. Joaquim Ernesto de Württemberg-Winnental (28 de agosto de 166216 de fevereiro de 1663), morreu aos seis meses de idade.
  5. Filipe Segismundo de Württemberg-Winnental (6 de outubro de 166323 de julho de 1669), morreu aos quatro anos de idade.
  6. Carlos Frederico de Württemberg-Winnental (13 de outubro de 166713 de junho de 1668), morreu aos oito meses de idade.
  7. João Frederico de Württemberg-Winnental (10 de junho de 166915 de outubro de 1693).
  8. Sofia Carlota de Württemberg-Winnental (22 de fevereiro de 1671 - 11 de setembro de 1717), casada com o duque João Jorge II de Saxe-Eisenach; sem descendência.
  9. Everardo de Württemberg-Winnental (nascido e morto em 1672).
  10. Emanuel Everardo de Württemberg-Winnental (11 de outubro de 16741 de julho de 1675), morreu aos nove meses de idade.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Everardo III de Württemberg em três gerações[1]
Everardo III de Württemberg Pai:
João Frederico de Württemberg
Avô paterno:
Frederico I, Duque de Württemberg
Bisavô paterno:
Jorge I de Württemberg-Mömpelgard
Bisavó paterna:
Bárbara de Hesse
Avó paterna:
Sibila de Anhalt
Bisavô paterno:
Joaquim Ernesto de Anhalt
Bisavó paterna:
Inês de Barby-Mühlingen
Mãe:
Bárbara Sofia de Brandemburgo
Avô materno:
Joaquim III Frederico de Brandemburgo
Bisavô materno:
João Jorge de Brandemburgo
Bisavó materna:
Sofia de Legnica
Avó materna:
Catarina de Brandemburgo-Küstrin
Bisavô materno:
João de Brandemburgo-Küstrin
Bisavó materna:
Catarina de Brunswick-Wolfenbüttel

Referências

  1. The Peerage, consultado a 23 de Julho de 2012
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Everardo III de Württemberg