Everardo Luís de Württemberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Everardo Luís de Württemberg
Duque de Württemberg
Duque de Württemberg
Período 23 de Junho de 1677 - 31 de Outubro de 1733
Predecessor Guilherme Luís de Württemberg
Sucessor Carlos Alexandre de Württemberg
Cônjuge Joana Isabel de Baden-Durlach
Wilhelmine von Grävenitz
Descendência
Frederico Luís de Württemberg
Pai Guilherme Luís de Württemberg
Mãe Madalena Sibila de Hesse-Darmstadt
Nascimento 18 de Setembro de 1676
Estugarda, Alemanha
Morte 31 de outubro de 1733 (57 anos)
Ludwigsburgo, Alemanha

O duque Everardo Luís de Württemberg (18 de Setembro de 1676 - 31 de Outubro de 1733) foi o décimo duque de Württemberg desde 1692 até à sua morte.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Everardo Luís por Luca Antonio Colomba.

Everardo Luís nasceu em Estugarda, o terceiro filho do duque Guilherme Luís e da sua esposa, a landegravina Madalena Sibila de Hesse-Darmstadt. Após a morte prematura e súbita do seu pai em 1677, a corte real decidiu entregar a sua guarda ao seu tio, o duque Frederico Carlos de Württemberg-Winnental.

Em 1693, Madalena Sibila conseguiu fazer com que Everardo Luís, na altura com dezasseis anos de idade, fosse proclamado prematuramente duque de Württemberg pelo sacro-imperador Leopoldo I. O jovem duque não mostrava grande interesse por assuntos de estado. Everardo foi descrito pelos seus contemporâneos como superficial e facilmente influenciável. O duque preferia caçar e deixou a administração do seu país nas mãos dos seus conselheiros. Em 1697, casou-se com a duquesa Joana Isabel de Baden-Durlach.

Em 1707, tornou-se marechal-de-campo das tropas suábias na Guerra de Sucessão Espanhola.

Pouco antes de 1700, visitou o rei Luís XIV de França no Palácio de Versalhes e planeava fazer de Württemberg um estado absolutista. Aumentou os impostos, mas as finanças continuaram a ser um obstáculo. Em 1704, deu início à construção do Palácio de Ludwigsburg. Para poupar dinheiro permitiu que os trabalhos vivessem à volta do palácio sem pagar impostos durante quinze anos. Mais tarde, a cidade de Ludwigsburg começou a desenvolver-se a partir destas residências.

A partir de 1711, Everardo Luís começou a passar mais tempo em Ludwigsburg, normalmente na companhia da sua amante, Wilhelmine von Grävenitz, com quem se tinha casado em 1707. Devido a pressões por parte do sacro-imperador, o casamento teve de ser dissolvido rapidamente e Grävenitz foi exilada. Everardo Luís seguiu-a para a Suíça onde ficou até 1710. A amante, que tinha muita influência no duque, recebeu autorização para regressar à corte real quando se casou com outro homem, o conde von Würben. Durante mais de duas décadas, Grävenitz influenciou fortemente o governo do ducado e foi ela que, juntamente com Everardo Luís, mudou a residência real e capital do ducado de Estugarda para a cidade de Ludwigsburg, muito menos habitada. A duquesa Joana Isabel de Baden-Durlach permaneceu no palácio real em Estugarda.

Devido à morte prematura do seu único herdeiro, o príncipe Frederico Luís, em 1731, surgiu a ameaça de que o poder no ducado poderia passar para o lado católico da família, algo impensável no ducado protestante. Assim, Everardo Luís terminou a sua relação com Wilhelmine von Grävenitz na esperança de conseguir gerar um herdeiro com Joana Isabel, a sua esposa há muito esquecida. Contudo, como acabou por morrer subitamente com uma apoplexia, acabou por não deixar herdeiros. O ducado caiu nas mãos do seu sobrinho, o duque Carlos Alexandre, que se converteu ao protestantismo.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Everardo Luís de Württemberg em três gerações[1]
Everardo Luís de Württemberg Pai:
Guilherme Luís de Württemberg
Avô paterno:
Everardo III de Württemberg
Bisavô paterno:
João Frederico de Württemberg
Bisavó paterna:
Bárbara Sofia de Brandemburgo
Avó paterna:
Ana Catarina de Salm-Kyrburg
Bisavô paterno:
Otto II de Salm
Bisavó paterna:
Doroteia de Solms-Laubach
Mãe:
Madalena Sibila de Hesse-Darmstadt
Avô materno:
Luís VI de Hesse-Darmstadt
Bisavô materno:
Jorge II de Hesse-Darmstadt
Bisavó materna:
Sofia Leonor da Saxónia
Avó materna:
Maria Isabel de Holstein-Gottorp
Bisavô materno:
Frederico III de Holstein-Gottorp
Bisavó materna:
Maria Isabel da Saxónia

Referências

  1. The Peerage, consultado a 23 de Julho de 2012
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Everardo Luís de Württemberg