Exército Australiano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Exército da Austrália
Australian Army Emblem.JPG
Emblema do Exército da Austrália
País  Austrália
Corporação Exército
Criação 1901
Insígnias
Roundel Roundel of Australian Army aviation.svg
Militares australianos em ação no Iraque.

O Exército Australiano é o ramo militar terrestre da Austrália. É parte das Forças Armadas da Austrália (ADF), juntamente com a Marinha e a Força Aérea. Enquanto o Chefe da Defesa (CDF) comanda as Forças Armadas (ADF), o Exército é comandado pelo Chefe do Exército (CA). O Chefe do Exército é, portanto, subordinado ao Chefe da Defesa, mas também é diretamente responsável perante o Ministro da Defesa. Apesar dos soldados australianos tenham estado envolvidos em uma série de conflitos menores e maiores ao longo de sua história, somente na Segunda Guerra Mundial o território australiano esteve sob ataque direto.[1]

A missão do Exército Australiano é proporcionar um exército potente, versátil e atualizado para promover a segurança da Austrália e proteger o seu povo. Além disso, a publicação da doutrina básica do Exército, Os fundamentos da guerra terrestre, afirma que "A missão do exército é ganhar a batalha terrestre".

História[editar | editar código-fonte]

Soldados do Exército Australiano em 1942.

A história do Exército Australiano pode ser dividida em dois períodos:

  • 1901-1947, quando os limites do tamanho do Exército Regular foram estabelecidos, a grande maioria dos soldados em tempo de paz estavam em unidades de Reserva da Força Militar Cidadã (também conhecida como a CMF ou milícia), e as Forças Imperiais da Austrália foram formadas para servir no exterior e;
  • Pós-1947, quando uma força de infantaria regular em tempos de paz foi formada e a CMF (conhecida como a Reserva do Exército após 1980) começou a declinar em importância.

Referências

  1. History - Australian Army. Página acessada em 1 de junho de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]