Exército Nacional Revolucionário Chinês

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde janeiro de 2012).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Bandeira do Exército Nacional Revolucionário.

O Exército Nacional Revolucionário (chinês simplificado: 国民 革命 军, chinês tradicional: 国民 革命 军, pinyin: Guomin Gémìng Jun, às vezes abreviado para 国 军 ou Exército Nacional) era o braço militar do Kuomintang (KMT) de 1925 até 1947, bem como o exército nacional da República da China durante o período de governo do partido KMT a partir de 1928.

O Exército Revolucionário Nacional era estreitamente relacionado com a Academia Militar de Whampoa, também estabelecida pelo KMT. Um grande número de oficiais do exército passaram por Whampoa e primeiro comandante, Chiang Kai-shek, tornou-se Comandante em Chefe do Exército em 1925, antes de realizar com sucesso a Expedição do Norte. Além de Chiang Kai-shek, outros dirigentes do Exército Revolucionário Nacional foram Cheng Cheng e Du Yuming.

Originalmente organizado com ajuda soviética como um meio para o KMT unificar a China contra os senhores da guerra, o Exército Nacional Revolucionário engajou-se em importantes combates na Expedição do Norte contra os senhores da guerra chineses do Exército de Beiyang, na Segunda Guerra Sino-Japonesa contra o Exército Imperial Japonês, e na guerra civil chinesa contra a Exército de Libertação Popular. Durante a Segunda Guerra Sino-Japonesa, as forças armadas do Partido Comunista da China eram nominalmente incorporadas ao Exército Nacional Revolucionário (mantendo comandos separados), mas rompeu com o Exército de Libertação Popular logo após o fim da guerra. Durante a Guerra Civil Chinesa, o Exército Revolucionário Nacional sofreu problemas com a deserção, pois muitas tropas passram a combater ao lado dos comunistas. Com a promulgação da Constituição da República da China em 1947 e do fim formal do KMT como partido de estado, o Exército Nacional Revolucionário foi rebatizado como as Forças Armadas da República da China (中华民国 国 军), com o grosso das suas forças formando o Exército da República da China, que fugiram para Taiwan em 1949.