Exército de Resistência do Senhor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Exército de Resistência do Senhor
Flag of Lord's Resistance Army.svg
Bandeira do LRA
Datas das operações 1987 - atualmente
Líder Joseph Kony
Motivos cristianismo
religiões africanas
misticismo
Status ativo
Áreas afetadas pela rebelião do Exército de Resistência do Senhor desde 2002

O Exército de Resistência do Senhor (Lord's Resistance Army, LRA, Movimento de Resistência do Senhor ou Lakwena Parte Dois) é um grupo sectário cristão e militar do norte de Uganda. Foi formado em 1987 e está envolvido em uma revolta armada contra o governo de Uganda, no que é hoje um dos conflitos mais longos da África. É liderado por Joseph Kony, que se proclama o "porta-voz" de Deus e um médium espritual, principalmente do Espírito Santo, que os Acholi acreditam que pode representar-se em muitas manifestações.[1]

O grupo é baseado no cristianismo apocalíptico,[2] [3] [4] [5] [6] [7] [8] mas também é influenciado[9] por uma mistura de misticismo[10] e religião tradicional,[11] e pretende instituir um Estado teocrático baseado nos dez mandamentos e na tradição Acholi.[1] [12] [13]

O LRA é acusado de violações generalizadas dos direitos humanos, incluindo assassinatos, rapto, mutilação, escravidão sexual de mulheres e crianças, e forçar crianças a participar nas hostilidades.[14]

O LRA atua principalmente no norte de Uganda, mas também em partes do Sudão, República Centro Africana e na República Democrática do Congo.[15] [16] O LRA é atualmente proscrito como uma organização terrorista pelos Estados Unidos.[17] [18]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Briggs, Jimmie. Innocents Lost: When Child Soldiers Go to War. [S.l.]: Basic Books, 2005.
  • Green, Matthew. The Wizard of the Nile: The Hunt for Africa's Most Wanted. [S.l.]: Portobello Books, 2008. ISBN 978-1846270307
  • Singer, Peter W.. Children at War. [S.l.]: University of California Press, 2006.
  • Allen, Tim; Vlassenroot, Koen. The Lord's Resistance Army: Myth and Reality. [S.l.]: Zed Books Ltd., 2010.

Referências

  1. a b Ruddy Doom and Koen Vlassenroot. (1999). "Kony's message: A new Koine? The Lord's Resistance Army in northern Uganda" 98 (390): 5–36. Oxford Journals / Royal African Society.
  2. http://afraf.oxfordjournals.org/cgi/content/abstract/98/390/5 "THE LORD'S RESISTANCE ARMY IN NORTHERN UGANDA"
  3. http://community.seattletimes.nwsource.com/archive/?date=19960401&slug=2321945 "Christian Cult Killing, Ravaging In New Uganda"
  4. Ten Commandments of God: Mass Suicide in Uganda
  5. Lamb, Christina. "The Wizard of the Nile The Hunt for Africas Most Wanted by Matthew Green", The Times, 2008-03-02.
  6. McKinley Jr, James C.. "Christian Rebels Wage a War of Terror in Uganda", The New York Times, 1997-03-05.
  7. McGreal, Chris. "Museveni refuses to hand over rebel leaders to war crimes court", The Guardian, 2008-03-13.
  8. Boustany, Nora. "Ugandan Rebel Reaches Out to International Court", The Washington Post, 2008-03-19.
  9. Haynes, Jeffrey. Politics in the developing world. [S.l.]: Wiley-Blackwell, 2002. p. 121. ISBN 978-0631225560
  10. McLaughlin, Abraham (2004-12-31). The End of Uganda's Mystic Rebel?. Christian Science Monitor. Global Policy Forum. Página visitada em 2009-03-04.
  11. Muth, Rachel. (2008-05-08). "Child Soldiers in the Lord’s Resistance Army: Factors in the Rehabilitation and Reintegration Process". George Mason University.[ligação inativa]
  12. Martin, Gus. Understanding Terrorism: Challenges, Perspectives, and Issues. [S.l.]: SAGE, 2006. 196–197 p. ISBN 978-1412927222
  13. "Interview with Vincent Otti, LRA second in command" and " A leadership based on claims of divine revelations" in IRIN In Depth, June 2007
  14. International Criminal Court (14 October 2005). Warrant of Arrest unsealed against five LRA Commanders. Retrieved 2 June 2009.
  15. JAMES C. MCKINLEY JR.. "Uganda's Christian Rebels Revive War in North", New York Times, 1 de abril de 1996.
  16. "Uganda to continue Congo LRA hunt", BBC, 5 de março de 2009.
  17. Philip T. Reeker (6 de dezembro de 2001). Statement on the Designation of 39 Organizations on the USA PATRIOT Act's Terrorist Exclusion List. U.S. Department of State.[ligação inativa]
  18. Rice, Xan. "Lord's Resistance Army rebels kill 10 in Central African Republic", The Guardian, 2010-03-23.