Exegese

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde setembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Wikcionário
O Wikcionário possui o verbete exegese.

Exegese (do grego ἐξήγησις de ἐξηγεῖσθαι "levar para fora") é uma explicação ou interpretação crítica de um texto, particularmente de um texto religioso. Tradicionalmente o termo era usado primariamente para a exegese da Bíblia, entretanto, no uso moderno, "exegese bíblica" é utilizado para uma maior especificidade para distingui-lo de qualquer outra explicação de texto crítico mais ampla.

A exegese inclui uma ampla gama de disciplinas críticas: criticismo textual é a investigação na história e origens do texto, mas a exegese pode incluir o estudo dos antecedentes históricos e culturais para o autor, o texto e o público original. Outras análises incluem a classificação do tipo de gênero literário presente no texto e uma análise de características gramaticais e sintáticas no texto propriamente dito.

Os termos exegese e hermenêutica têm sido usados como sinônimos.

Uso[editar | editar código-fonte]

Aquele que pratica a exegese é chamado um exegeta (do grego ἐξηγητής). O plural de exegese é exegeses. O adjetivo é exegético (por exemplo, comentários exegéticos). Em exegese bíblica, o oposto da exegese (retirar) é eisegese (envolver), no sentido de um comentarista eisegético "importar" ou "envolver" suas próprias interpretações puramente subjetivas no texto, não suportadas pelo texto em si. Eisegese é frequentemente usada como um termo depreciativo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Teologia ou sobre um teólogo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.