Expedição 31

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Expedição 31
Insígnia da missão
Estatísticas da missão
Número de tripulantes 6
Lançamento 27 de abril de 2012
Cosmódromo de Baikonur
Aterrissagem 1 de julho de 2012
Casaquistão
Imagem da tripulação
Da esq. p/ dir.Acaba, Padalka, Revin, Kuipers  Kononenko e Pettit
Da esq. p/ dir.
Acaba, Padalka, Revin, Kuipers
Kononenko e Pettit
Navegação
Último
Último
ISS Expedition 30 Patch.png Expedição 30
Expedição 32 ISS Expedition 32 Patch.png
Próximo
Próximo

Expedição 31 foi a 31ª missão de longa duração na Estação Espacial Internacional, realizada entre 27 de abril e 1 de julho de 2012 A expedição foi formada por seis astronautas e cosmonautas, três russos, dois norte-americanos e um holandês.

A marca histórica da missão foi a acoplagem na ISS da espaçonave não-tripulada Dragon, a primeira nave espacial orbital comercial do mundo, desenvolvida pela empresa privada norte-americana SpaceX.[1]

Tripulação[editar | editar código-fonte]

Missão[editar | editar código-fonte]

A Expedição começou oficialmente em 27 de abril de 2012 com a partida da nave Soyuz TMA-22 transportando de volta à Terra os integrantes remanescentes da expedição anterior, Daniel Burbank, Anton Shkaplerov e Anatoli Ivanishin, que pousaram no Casaquistão na mesma data.[2] Konanenko, Kuipers e Pettit continuaram a bordo da ISS, onde haviam acoplado em 23 de dezembro de 2011, transportados pela missão Soyuz TMA-03M. Os três últimos integrantes, Acaba, Padalka e Revin chegaram à estação em 17 de maio, na Soyuz TMA-04M.

Depois de uma série de adiamentos, em 22 de maio a cápsula Dragon foi lançada de Cabo Canaveral e acoplou-se com a ISS em 25 de maio, após uma série de manobras orbitais de teste.[3] A nave transportou ao espaço cerca de 540 kg de carga, incluindo 15 experiências de estudantes. Após receber de volta cerca de 600 kg de material da ISS para exame posterior na Terra, ela desacoplou-se em 31 de maio, pousando com sucesso no Oceano Pacífico a cerca de 900 km da Península da Baixa Califórnia, onde foi recolhida por equipes da NASA.[4]

Entre as dezenas de experiências científicas e médicas realizadas, notadamente foram feitos testes avançados com colóides, queima e supressão de sólidos, estudos do efeito da exposição a longo prazo na microgravidade da função autonômica cardíaca, por meio da análise de eletrocardiogramas num período contínuo de 48 horas e crescimento do fluxo capilar no espaço.[5]

A Expedição foi encerrada em 1 de julho de 2012, com o retorno à Terra de Konanenko, Kuipers e Pettit a bordo da Soyuz TMA-03M, que pousou nas estepes do Casaquistão às 14:14 (hora local) numa área remota perto da cidade de Dzhezkazgan. A tripulação, que passou 193 dias no espaço, 191 deles a bordo da ISS, foi recebida pelas equipes de apoio da NASA e da Roskosmos.[6] Padalka, Acaba e Revin continuaram em órbita aguardando os três próximos tripulantes para iniciar a Expedição 32.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Cápsula não tripulada Dragon da SpaceX chegou à Estação Espacial Internacional SIC noticias. Visitado em 03/06/2012.
  2. Soyuz TMA-22 returns to Earth with three outbound ISS crewmembers NASa Spaceflight.com. Visitado em 03/06/2012.
  3. SpaceX Launches Private Capsule on Historic Trip to Space Station Space.com. Visitado em 03/06/2012.
  4. Amos, Jonathan. Splashdown for SpaceX Dragon spacecraft BBC News. Visitado em 03/06/2012.
  5. ISS: Expedition 31 Spacefacts. Visitado em 01/07/2012.
  6. Expedition 31 Crew Returns to Earth NASA. Visitado em 01/07/2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]