Experiência da borracha quântica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Em física, a experiência da borracha quântica ou experiência do apagador quântico é uma experiência de dupla fenda que demonstra várias leis da mecânica quântica, incluindo a dualidade onda-partícula e o entrelaçamento quântico. Visa explicar certas propriedades da matéria - tanto de onda como de partícula -, o princípio da complementaridade e a interpretação de Copenhague, esboçando a ideia de que a mecânica quântica, para obter uma medição precisa de um aspecto de certas disciplinas experimentais, deve, em contrapartida, perder a sua precisão (tal como é impossível ver os dois lados de uma moeda de uma só vez). O experimento utiliza um cristal especial (não linear) de (beta borato de bário, pela sua capacidade de produzir pares de fótons a partir de um único fóton, e um interferômetro para explorar a natureza do tipo onda de um objeto.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.