Experiência de Milgram

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A experiência de Milgram. E=Experimentador, S=Sujeito, A=Ator

A Experiência de Milgram foi uma experiência científica desenvolvida e realizada pelo psicólogo Stanley Milgram[1] . Pretendeu inquirir de que forma é que os indivíduos observados tendem a obedecer às autoridades, mesmo que estas contradigam o bom-senso individual. A experiência pretendia inicialmente explicar os crimes inumanos do tempo do Nazismo. Em 1964, Milgram recebeu por este trabalho o prémio anual em psicologia social da American Association for the Advancement of Science [1].

Os resultados da experiência foram apresentados no artigo Behavioral study of obedience no Journal of abnormal and social psychology (Vol. 67, 1963 Pág. 371-378) e posteriormente no seu livro Obedience to Authority: An Experimental View 1974.

Um dos anúncios de divulgação do experimento

Referências

  1. Pessoas comuns em atos atrozes: experimento de Milgram faz 50 anos Portal de Notícias Terra - 31 de agosto de 2011
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Experiência de Milgram