Experimento Ganzfeld

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cobaia num experimento Ganzfeld objetivando averiguar a ESP Telepatia

Um Experimento Ganzfeld (do alemão "campo inteiro") é uma técnica usada no campo da parapsicologia para testar a percepção extrassensorial (ESP na sigla em Inglês) em algum indíviduo. Nela é usada uma estimulação sensorial homogênea e despadronizada para produzir o chamado efeito ganzfeld[1] , que é um efeito semelhante ao de privação sensorial (nesta há redução ou a remoção deliberada de estímulos de um ou mais dos sentidos como visão, etc.). O Termo Ganzfeld pode ser utilizado tanto para nomear o ambiente onde o experimento se realiza quanto para o próprio experimento.

O efeito ganzfeld tem sido utilizado em muitos estudos de neurociência, além da parapsicologia. A privação de estímulos sensoriais padronizados é para propiciar as impressões geradas internamente no indivíduo, algumas das quais poderiam ter origem extrassensorial.[2] A técnica foi idealizada por Wolfgang Metzger, em 1930, como parte de sua investigação sobre a teoria gestalt.[3]

Parapsicólogos como Dean Radin e Bem Daryl dizem que experimentos ganzfeld apresentaram resultados que se desviam da aleatoriedade em um grau significativo, e que esses resultados apresentam, até o momento, algumas das mais fortes evidências quantificáveis ​​para a existência da telepatia .[4] Todavia, críticos como Susan Blackmore e Ray Hyman alertam que os resultados não são conclusivos e consistentemente indistinguíveis do nullus resultarum (Hipótese nula).[5]

Referências

  1. Radin 1997, p. 70–80
  2. Parapsychological Association website, Glossary of Key Words Frequently Used in Parapsychology. Página visitada em 06-12-2012.
  3. Metzger, W. (1930). "Optische Untersuchungen am Ganzfeld: II. Zur Phanomenologie des homogenen Ganzfelds". Psychologische Forschung (13): 6–29 pp..
  4. Radin 1997
  5. Hyman, Ray (March 1996). "The evidence for psychic functioning: Claims vs. reality". The Skeptical Inquirer 20 (2): 24–26 pp..
Ícone de esboço Este artigo sobre Parapsicologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.