Explorer 32

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Explorer 32 / Atmosphere Explorer-B
Explorer 32
Operação Estados UnidosNASA / Office of Space Science Applications
Tipo de missão Aeronomia
Contratante NASA Goddard Space Fight Center
Satélite da Terra
Lançamento 25 de maio de 1966[1] às 13:55:00 UTC
Local Estados UnidosEstação da Força Aérea de Cabo Canaveral, Flórida, Estados Unidos
Veículo de Lançamento Delta C-1
Duração da missão 10 meses
Massa 224 5 kg
Site oficial NASA NSSDC Master Catalog
Elementos orbitais
Semieixo maior
Excentricidade 0.15532399713993073
Inclinação 64.66999816894531°
Apoastro 2725.0 km
Periastro 276.0 km
Período orbital 116.0 minutos
Instrumentos
Ion Mass Spectrometer Este instrumento foi concebido para obter uma descrição das concentrações das espécies de íons na ionosfera superior (principalmente hidrogênio atômico, hélio, azoto e oxigênio), como uma função de tempo, localização e atividade solar e geomagnética.

O Explorer 32 (também chamado de Atmosphere Explorer-B ou AE-B) foi um satélite estadunidense de pesquisas da atmosfera. O Explorer 32 foi concebido para medir diretamente a temperatura, composição e densidade da atmosfera superior (termosfera, exosfera).

Foi lançado em 25 de maio de 1966 da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, na Flórida, através do foguete Delta C-1.

Especificações Técnicas[editar | editar código-fonte]

O Explorer 32 era de aço inoxidável, selado com uma esfera de 0,889 metros (2,92 pés) de diâmetro. Ele transportava um íon e dois neutros espectrômetros de massa , três magnetômetros medidores de densidade, e duas sondas eletrostáticas. Usou-se um gravador de fita para salvar dados que foram adquiridos quando o satélite não estava na gama de uma das 13 estações terrestres. Ele era alimentado por baterias de prata-zinco e por uma célula solar matriz.

O satélite teve uma vida operacional de 10 meses. Os dois espectrômetros de massa neutros falharam alguns dias após o lançamento, mas os instrumentos restantes do satélite operaram durante a maior parte da vida útil do satélite. O Explorer 32 sofreu uma despressurização interna que conduziu a uma falha da bateria principal, acontecimento que cessou o seu funcionamento.

Em 22 de fevereiro de 1985, quase 20 anos após o seu lançamento, o satélite decaiu de sua órbita e reentrou na atmosfera da Terra[2] .

Veja Também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Explorer 32 (AE-B) (em inglês). Real Time Satellite Tracking. 2012. Acessado em 12 de março de 2012.
  2. 1966-044A (em inglês).4 de novembro de 2011. Visitado em 25 de janeiro de 2013.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Explorer 32