Expressen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Expressen
Expressen
Expressen wordmark.svg
Periodicidade Diário
Formato Tabloide
Proprietário Bonnier AB
Editor Thomas Mattsson
Fundação 16 de novembro de 1944 (70 anos)
Sede Gjörwellsgatan 30, Estocolmo
Página oficial http://www.expressen.se/
Sede do Expressen em Estocolmo

Expressen é um dos jornais nacionais vespertinos suecos, publicado na forma de Tabloide e com sede da redação em Estocolmo. O jornal é ainda publicado em duas edições regionais: GT (de Göteborgs-Tidningen) e Kvällsposten, com redações em Gotemburgo e Malmö. Na média 303.800 exemplares circularam diariamente em 2008.[1]

Fundado em 1944, o seu símbolo é uma vespa e os slogans "it stings" (Ela ferroa) e "Expressen to your rescue" (Expressam a sua liberdade).

O diário descreve sua posição como independente e liberal, tendo a sua linha editorial de Centro-direita.

Em sua primeira edição, datada de 16 de novembro de 1944, o jornal fez uma entrevista com a tripulação do bombardeiro britânico que tinha afundado o navio de guerra alemão Tirpitz.

Nos últimos anos, o Expressen esteve envolvido em uma série de polêmicas e suas práticas jornalísticas foram criticadas.[2]

Referências

  1. TS: Expressen inklusive GT och Kvällsposten, acessado em 27 de julho de 2009
  2. A. Pred A (1998), "Memory and the cultural reworking of crisis: racisms and the current moment of danger in Sweden, or wanting it like before". Environment and Planning D: Society and Space, vol. 16, pp. 635–664.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre meios de comunicação ou jornalismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.