Ext

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Ext (extended file system) foi o primeiro sistema de arquivos criado especificamente para o Linux. Ele foi desenvolvido por Rémy Card para substituir o sistema de arquivos do MINIX (Minix FS), que havia sido inicialmente utilizado por Linus Torvalds para o recém-criado Linux.

História[editar | editar código-fonte]

A versão do sistema de arquivos do Minix adaptada por Torvalds possuía limitações importantes. O Ext foi criado para resolver essas limitações e incluído no Linux 0.96c (julho de 1992). Seu desenvolvimento foi facilitado pela implantação do VFS (virtual file system), inicialmente escrito por Chris Provenzano e posteriormente reescrito por Linus Torvalds. O VFS foi incorporado ao Linux 0.96a (maio de 1992).

A partir de 1993 o Ext passou a sofrer a concorrência do Xia FS e do Ext2. Ambos no Linux 0.99.7 (Janeiro de 03). O Ext foi utilizado até a versão 2.0 do Linux, tendo desaparecido a partir da versão 2.2.0 (de janeiro de 1999).

Comparativo[editar | editar código-fonte]

O Ext ainda era limitado em comparação com o Xiafs e o Ext2. Além dos tamanhos máximos (para volumes e nomes), o Ext (assim como o Minix FS) usava apenas um rótulo de tempo, enquanto o Xia FS e o Ext2 passaram a registrar os tempos de acesso (atime), alteração de metadados (ctime) e modificação dos dados (mtime) do arquivo. Esses rótulos também são conhecidos por MAC times.

Característica Minix FS Ext Ext2 Xia FS
Tam. máx. sistema 64 MB 2 GB 4 TB 2 GB
Tam. máx. arquivo 64 MB 2 GB 2 GB 64 MB
Tam. máx. nome 16-30 car. 255 car. 255 car. 248 car.
Rót. tempo MAC não não sim sim
Comparativo de algumas características de sistemas de arquivos Linux

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. CARD, Rémy; TS'O, Theodore; TWEEDIE, Stephen. Design and implementation of the Second Extended Filesystem. Proceedings of the First Dutch International Symposium on Linux. 1994. Disponível em http://web.mit.edu/tytso/www/linux/ext2intro.html. Acessado em 01 de outubro de 2007.
  2. Fontes do Linux. Disponíveis em http://www.kernel.org/pub/linux/kernel/. Acessado em 28 de dezembro de 2008.