Extreme Rules (2012)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Extreme Rules (2012)
Poster promocional do evento com Brock Lesnar e John Cena
Música
tema
"Adrenaline" por Shinedown[1]
Detalhes
Promoção WWE
Data 29 de abril de 2012
Local Allstate Arena
Assistência 14.817
Cidade Chicago, Illinois
Cronologia dos pay-per-views
WrestleMania XXVIII Extreme Rules (2012) Over the Limit (2012)
Cronologia do Extreme Rules
Extreme Rules (2011) Extreme Rules (2012) Extreme Rules (2013)

Extreme Rules (2012) foi um evento em pay-per-view de wrestling profissional produzido pela WWE, que ocorreu em 29 de abril de 2012, na Allstate Arena em Chicago, Illinois.[2] Foi o quarto evento Extreme Rules anual.

O combate final da noite foi uma luta Extreme Rules entre John Cena e Brock Lesnar, a primeira dele no wrestling profissional desde 2007, e na WWE desde 2004.[3] Em lutas por títulos mundiais, CM Punk manteve o WWE Championship contra Chris Jericho em uma Chicago Street Fight; e Sheamus derrotou Daniel Bryan em uma luta de duas quedas para manter o World Heavyweight Championship.[4] Além disso, Layla manteve o Divas Championship contra Nikki Bella[5] e Cody Rhodes ganhou o Intercontinental Championship de Big Show em uma luta de mesas.[6]

O evento recebeu 263,000 compras, 25.8% acima do evento do ano anterior.[7]

Antes do evento[editar | editar código-fonte]

Extreme Rules teve lutas de wrestling profissional de diferentes lutadores com rivalidades e histórias pré-determinadas que se desenvolveram no Raw e SmackDown — programas de televisão da WWE, tal como nos programas transmitidos pela internet - Superstars e NXT. Os lutadores interpretaram um vilão ou um mocinho seguindo uma série de eventos para gerar tensão, culminando em várias lutas.[8]

Lesnar confrontando Cena em seu retorno

No Raw de 2 de abril, Brock Lesnar fez seu retorno a WWE atacando John Cena.[9] Na semana seguinte, John Laurinaitis anunciou que os dois se enfrentariam no Extreme Rules. Logo depois, Cena atacou Lesnar.[10] Foi mais tarde anunciado no website da WWE que a luta seria Extreme Rules. No Raw de 23 de abril, Lesnar forneceu uma lista de exigências a John Laurinaitis durante a assinatura de contrato para o combate, exigindo ter acesso ao jato privado de Vince McMahon, a regalia de aparecer no Raw quando bem quisesse, e também mudar o nome do programa para Monday Night Raw: Starring Brock Lesnar, caso vencesse John Cena.[11] [12]

Sheamus derrotou Daniel Bryan em 18 segundos no WrestleMania XXVIII, ganhando o World Heavyweight Championship.[13] No SmackDown de 10 de abril, durante o Piper's Pit, Bryan disse para Roddy Piper que no Extreme Rules, enfrentaria Sheamus pelo título em uma luta de duas quedas. No Raw do dia 23 de abril, Sheamus enfrentou Mark Henry em uma luta individual, com Daniel Bryan como árbitro convidado. Bryan distraiu Sheamus e causou sua derrota, fazendo uma contagem demasiadamente rápida e aplicando-lhe um Yes! Lock. [11] Após vencer Mark Henry, no evento principal do Smackdown, do dia 27 de abril, Sheamus fez um seguimento diante de Bryan o dizendo que irá ganhar o combate do Extreme Rules.[14] [15]

Chris Jericho foi derrotado por CM Punk no WrestleMania XXVIII, com o último mantendo seu WWE Championship.[16] Nas semanas seguintes, Jericho continuou a atacar Punk, ofendendo sua família e o atacando fisicamente, zombando sobre seu estilo de vida straight edge e o forçando a beber álcool. No Raw de 16 de abril, foi anunciado que Punk e Jericho se enfrentariam pelo WWE Championship no Extreme Rules em uma Chicago Street Fight.[17] No último Raw antes da luta, John Laurinaitis determinou que Theodore Long deveria realizar testes com CM Punk para verificar se o mesmo estava embriagado, diante de dois oficiais de polícia e, caso não passasse, cederia seu título a Jericho. Ele realizou os testes corretamente e atacou Jericho.[11] [18]

Kane derrotou Randy Orton no WrestleMania XXVIII.[19] Cinco dias depois, Orton derrotou Kane em uma luta sem desqualificação. No mesmo dia foi anunciado que os dois se enfrentarão em uma luta Falls Count Anywhere no Extreme Rules. [20] Na semana seguinte, Kane atacou o pai de Orton.[21] No Raw seguinte, Orton sequestrou o pai de Kane, Paul Bearer, o prendendo em um freezer com o intuito de provocar Kane que, no entanto, não se importou com o ataque.[22]

No Raw de 23 de abril, foi marcada uma luta individual pelo Intercontinental Championship entre o então campeão Big Show e Cody Rhodes.[11] No dia 27 de abril no Smackdown, Rhodes interferiu em uma luta entre Show e Alberto Del Rio, tentando atacar o primeiro com objetos, porém sem sucesso. Show tomou o cinto que Rhodes vestia e usou para atacar o mesmo.[14] Foi anunciado pelo website da WWE que a estipulação para o luta entre os dois seria decidida no pré-show.

Nikki Bella derrotou Beth Phoenix no Raw de 23 de maio após a última se lesionar durante o combate. Nikki ganhou, assim, o Divas Championship[11] . Uma revanche entre as duas foi anunciada no website da WWE.[23] [23]

Santino Marella e The Miz se enfrentariam pelo United States Championship, em uma luta individual, que seria transmitida exclusivamente pelo YouTube antes do evento.[11] [24]

Evento[editar | editar código-fonte]

Pré-show[editar | editar código-fonte]

Equipe
Papel: Nome:
Comentaristas Michael Cole
Jerry Lawler
Booker T
Matt Striker (Pré-show)
Carlos Cabrera (Espanhol)
Marcelo Rodríguez (Espanhol)
Repórter Matt Striker
Locutores Lilian Garcia (SmackDown)
Justin Roberts (Raw)
Tony Chimel (Pré-show)
Árbitros Scott Armstrong
Mike Chioda
John Cone
Justin King
Chad Patton
Scott Armstrong
Autoridades John Laurinaitis (Gerente Geral)
Eve (Assistente executiva)

Uma luta transmitida por streaming pelo YouTube aconteceu antes do evento, onde Santino Marella defendeu o United States Championship contra The Miz. A luta acabou quando Santino aplicou um The Cobra em Miz, vencendo.[25]

Nos bastidores, Eve Torres e Theodore Long introduziram uma roleta para decidir a estipulação da luta entre Cody Rhodes e Big Show. Após a roleta ser girada, foi decidido que a luta seria uma luta de mesas.

Lutas preliminares[editar | editar código-fonte]

A primeira luta do evento foi uma Falls Count Anywhere entre Randy Orton e Kane. Logo no início, os dois começaram a lutar do lado de fora do ringue, usando um cano e se enfrentando na arquibancada e nos bastidores, onde Zack Ryder interferiu contra Kane. A luta acabou no ringue, quando Orton aplicou um RKO em Kane em cima de uma cadeira.[26]

A luta seguinte foi entre Brodus Clay, acompanhado por Hornswoggle, Naomi e Cameron, e Dolph Ziggler, acompanhado por Vickie Guerrero e Jack Swagger. Clay venceu após um splash.[27]

Big Show e Cody Rhodes se enfrentaram em uma luta de mesas pelo Intercontinental Championship no terceiro combate da noite. A luta acabou quando Show acidentalmente quebrou uma mesa, dando a vitória a Cody. Após a luta, Show quebrou duas mesas usando Cody.[6]

Lutas principais[editar | editar código-fonte]

A luta de duas quedas pelo World Heavyweight Championship entre Sheamus e Daniel Bryan seguiu. A primeira queda aconteceu quando Bryan se recusou a parar de chutar o torso de Sheamus, desobedecendo o árbitro e perdendo a primeira queda por desqualificação. A segunda queda ocorreu quando Sheamus desmaiou durante um Yes! Lock. Sheamus conquistou a queda final e a vitória após um Brogue Kick.[4]

Ryback derrotou dois lutadores locais em uma luta 2-contra-1 em seguida.[28]

CM Punk enfrentou Chris Jericho em uma Chicago Street Fight pelo WWE Championship na luta seguinte. Os dois usaram cadeiras e bastões de kendo contra o outro. A irmã de Punk estapeou Jericho, mas antes que ele pudesse revidar, foi atacado por Punk. Em dado momento, Punk aplicou um elbow drop em Jericho do ringue à mesa dos comentaristas. A luta acabou quando Punk aplicou um Go To Sleep em Jericho.

Nos bastidores, Eve comunicou a Beth Phoenix que ela não poderia lutar pelo Divas Championship contra Nikki Bella, pois a mesma não foi liberada pelo departamento médico. Layla substituiu Beth. Durante a luta, Nikki executou o Twin Magic, trocando de lugar com sua irmã Brie, que acabou por sofrer um neckbreaker e sendo derrotada por Layla. O árbitro não percebeu a mudança, dando a vitória e o título à Layla.[5]

Na última luta da noite, Brock Lesnar enfrentou John Cena em uma luta Extreme Rules. Nos primeiros segundos da luta, Lesnar deu uma cotovelada no rosto de Cena, fazendo-lhe sangrar e parando a luta para que um médico pudesse atendê-lo. Momentos depois, o corte na cabeça de Cena foi reaberto e a luta foi novamente parada. Mais tarde, Lesnar amarrou as pernas de Cena com a corrente de pescoço do próprio. O árbitro foi nocauteado duas vezes, sendo substituído por outro. A luta acabou quando Cena aplicou um Attitude Adjustment em Lesnar em cima dos degraus de aço.[3]

Após o evento[editar | editar código-fonte]

No Over the Limit, John Cena enfrentou John Laurinaitis em uma luta sem desqualificações ou contagem, onde se vencesse, o Big Johnny era despedido mas Cena perdeu após um ataque de Big Show.[29] Daniel Bryan começaria uma rivalidade com CM Punk pelo WWE Championship e pela afeição de AJ. No Over the Limit, Punk manteve o título contra Bryan.[30] Sheamus voltaria a defender o World Heavyweight Championship no Over the Limit, contra Chris Jericho, Alberto Del Rio e Randy Orton.[31] Cody Rhodes perderia o Intercontinental Championship no Over the Limit, para Christian.

Resultados[editar | editar código-fonte]

# Lutas Estipulação Tempo
YouTube Santino Marella (c) derrotou The Miz Luta individual pelo United States Championship[25] 04:40
1 Randy Orton derrotou Kane Luta Falls Count Anywhere[26] 16:45
2 Brodus Clay (com Hornswoggle, Naomi e Cameron) derrotou Dolph Ziggler (com Vickie Guerrero e Jack Swagger)[27] Luta individual 04:17
3 Cody Rhodes derrotou Big Show (c) Luta de mesas pelo Intercontinental Championship[6] 04:37
4 Sheamus (c) derrotou Daniel Bryan por 2-1
  • Sheamus derrotou Daniel Bryan por desclasssificação
  • Daniel Bryan derrotou Sheamus por nocaute
  • Sheamus derrotou Daniel Bryan
Luta de duas quedas pelo World Heavyweight Championship[4] 22:55
5 Ryback derrotou Aaron Relic & Jay Hatton Luta 2-contra-1[28] 01:51
6 CM Punk (c) derrotou Chris Jericho Chicago Street Fight pelo WWE Championship 25:15
7 Layla derrotou Nikki Bella (com Brie Bella) (c) Luta individual pelo Divas Championship[5] 02:45
8 John Cena derrotou Brock Lesnar Luta Extreme Rules[3] 17:43
(c) — Campeão(s) antes da luta

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. The official theme song for @WWE #ExtremeRules is "Adrenaline" by @Shinedown! WWEMusic. Página visitada em 10 de abril de 2012.
  2. WWE Extreme Rules. Página visitada em 28 de dezembro de 2011.
  3. a b c Tello, Craig. John Cena def. Brock Lesnar (Extreme Rules Match). Página visitada em 2 de maio de 2012.
  4. a b c Burdick, Michael. World Heavyweight Champion Sheamus def. Daniel Bryan (2-out-of-3 Falls Match). Página visitada em 30 de abril de 2012.
  5. a b c Layla def. Nikki Bella (New Divas Champion). Página visitada em 31 de abril de 2012.
  6. a b c Arteus, Matthew. Cody Rhodes def. Intercontinental Champion Big Show (New Champion; Tables Match).
  7. WWE. WWE Reports 2012 Second Quarter Results. Press release. Página visitada em 5 de agosto de 2012.
  8. Live & Televised Entertainment of World Wrestling Entertainment WWE. Página visitada em 01-02-2010.
  9. Passero, Mitch. WWE Raw SuperShow results: Brock Lesnar returned to WWE!. Página visitada em 9 de abril de 2012.
  10. Herrera, Tom. Raw SuperShow results: John Cena comes out brawling, but Brock Lesnar gets last laugh. Página visitada em 10 de abril de 2012.
  11. a b c d e f Tom Herrera (23 de abril de 2012). Raw SuperShow results: Edge confronted Cena, contract signed for Extreme Rules Match WWE.com. Página visitada em 24 de abril de 2012.
  12. Herrera, Tom. Brock Lesnar vs. John Cena - Extreme Rules Match. Página visitada em 10 de abril de 2012.
  13. Burdick, Michael. WrestleMania results: World Heavyweight Champion Daniel Bryan vs. Sheamus. Página visitada em 2 de abril de 2012.
  14. a b Burdick, Michael. SmackDown results: Sheamus bested Henry in a prelude to the Extreme. Página visitada em 28 de abril de 2012.
  15. Giannini, Alex. World Heavyweight Champion Sheamus vs. Daniel Bryan - 2-out-of-3 Falls Match. Página visitada em 10 de abril de 2012.
  16. Passero, Mitch. WrestleMania results: WWE Champion CM Punk vs. Chris Jericho. Página visitada em 2 de abril de 2012.
  17. Raw SuperShow results: Lord Tensai downs John Cena to remain undefeated. Página visitada em 17 de março de 2012.
  18. WWE Champion CM Punk vs. Chris Jericho (Chicago Street Fight). Página visitada em 17 de abril de 2012.
  19. Powers, Kevin. WrestleMania results: Randy Orton vs. Kane. Página visitada em 2 de abril de 2012.
  20. Burdick, Michael. SmackDown results: Del Rio cheated Sheamus out of victory; Referee suffered The Great White's wrath. Página visitada em 21 de abril de 2012.
  21. Burdick, Michael. SmackDown results: Sheamus & "Mean Gene" Okerlund triumph on a SuperSmackDown of Legends. Página visitada em 21 de abril de 2012.
  22. Giannini, Alex. Randy Orton vs. Kane (Falls Count Anywhere Match). Página visitada em 20 de abril de 2012.
  23. a b Divas Champion Nikki Bella vs. Beth Phoenix. Página visitada em 26 de abril de 2012.
  24. United States Champion Santino Marella vs. The Miz. Página visitada em 24 de abril de 2012.
  25. a b Benigno, Anthony. United States Champion Santino Marella def. The Miz. Página visitada em 30 de abril de 2012.
  26. a b Melok, Bobby. Randy Orton def. Kane (Falls Count Anywhere Match). Página visitada em 30 de abril de 2012.
  27. a b Benigno, Anthony. Brodus Clay def. Dolph Ziggler. Página visitada em 30 de abril de 2012.
  28. a b Melok, Bobby. Ryback def. local athletes. Página visitada em 30 de abril de 2012.
  29. Herrera, Tom (30 de abril de 2012). John Cena vs. John Laurinaitis. Página visitada em 2 de maio de 2012.
  30. WWE Champion CM Punk vs. Daniel Bryan (30 de abril de 2012). Página visitada em 2 de maio de 2012.
  31. Grate, Jake. World Heavyweight Champion Sheamus vs. Alberto Del Rio. Página visitada em 5 de maio de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]