Fátima Bernardes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde agosto de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Fátima Bernardes
Fátima e William Bonner na bancada do Jornal Nacional (foto:Rede Brasil Atual e Olimor - remix)
Nome completo Fátima Gomes Bernardes Bonner
Nascimento 17 de setembro de 1962 (51 anos)
Rio de Janeiro, RJ
 Brasil
Nacionalidade  Brasileira
Cônjuge William Bonner (desde 1990)
Ocupação Jornalista e apresentadora de televisão
Principais trabalhos Jornal Nacional
Encontro com Fátima Bernardes

Fátima Gomes Bernardes Bonner (Rio de Janeiro, 17 de setembro de 1962[1] ) é uma jornalista e apresentadora de televisão brasileira. Entrou na Rede Globo em 1987 como apresentadora do RJTV e ficou nacionalmente conhecida em 1989 apresentando o Jornal da Globo, passou também pelo Fantástico, Jornal Hoje e Jornal Nacional, onde ficou de 1998 a 2012. Passou a ter um programa próprio durante as manhãs da emissora, Encontro com Fátima Bernardes.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida no Rio de Janeiro. Com sete anos começou a cursar balé mas depois optou por cursar jornalismo na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a fim de ser crítica de dança. Em 1983, começou a trabalhar no jornal O Globo como repórter de um caderno regional. Em fevereiro de 1987 entrou para a Rede Globo de televisão após ser aprovada em um curso de telejornalismo da emissora. Meses depois passou também a apresentar o RJTV. Em maio de 1989 assumiu a apresentação do Jornal da Globo ao lado de Eliakim Araújo e em julho de 1989, passou a dividir a bancada com William Bonner, que viria a se tornar seu marido a partir de 1990. Em 1993, começou a apresentar a revista eletrônica Fantástico ao lado de Celso Freitas e Sandra Annenberg. Em 1 de abril de 1996 assumiu a apresentação e edição do Jornal Hoje, voltando ao Fantástico em 1997, formando dupla com Pedro Bial.

Em 21 de outubro de 1997, deu à luz os trigêmeos Vinícius, Laura e Beatriz, e pouco tempo depois em março de 1998 se tornou âncora do Jornal Nacional, o principal telejornal da emissora ao lado do marido William Bonner, cargo que ocupou até 5 de dezembro de 2011. Neste cargo, destacou-se entre outras coisas por ser a enviada especial da Rede Globo para a Copa do Mundo de Futebol (quatro no total). Fátima Bernardes também é recordista do prêmio cedido pelo programa Domingão do Faustão "Melhores do Ano" garantindo cinco estatuetas no decorrer dos anos de 2004, 2005, 2006, 2007 e 2011.

Em 1 de dezembro de 2011, a Rede Globo anunciou em uma coletiva de imprensa mudanças na apresentação do Jornal Nacional. Após quase 14 anos, Fátima Bernardes deixou a bancada do telejornal em 5 de dezembro de 2011 para, segundo palavras dela, realizar um novo sonho.[2] Quem entrou no Jornal Nacional para dividir a apresentação com William Bonner foi Patrícia Poeta que estava há cinco anos no Fantástico.

Cquote1.svg O que eu posso adiantar é que eu continuarei com funções jornalísticas. Esse programa não é parecido com nenhum outro que está no ar. É um sonho antigo que eu vinha amadurecendo. Este ano, em abril, entreguei um resumo do que eu queria fazer e fiquei muito feliz quando soube que o projeto agradou. Já estamos trabalhando com um núcleo bem pequeno, mas já a partir da próxima semana a implementação desse programa será acelerada. Agora, por questões estratégicas, ainda não posso contar nada sobre a estrutura, cenário, locação, horário ou dia da semana. Cquote2.svg
'Fátima Bernardes', na coletiva de imprensa[3] [4]

No carnaval de 2014 Fátima volta a narrar os desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro, ao lado de Luís Roberto, substituindo a também jornalista Glenda Kozlowski[5] . Em 2014, atuou pela primeira vez fazendo uma participação especial em Geração Brasil, e estrelou pela primeira vez um anúncio comercial na televisão, para a Seara, em um contrato de R$ 5 milhões.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Jornalismo[editar | editar código-fonte]

Programas[editar | editar código-fonte]

Novelas[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Museu da TV (em português). Globo.com. Página visitada em 25-11-2013.
  2. Aposentado morre durante gravação do programa de Fátima Bernardes, Yahoo!
  3. Duarte, Andrezza (1 de dezembro de 2011). Fátima Bernardes dá lugar a Patrícia Poeta no Jornal Nacional (em português). Nova Cosmopolitan. Página visitada em 28 de fevereiro de 2012.
  4. "Jornal Nacional" troca Fátima Bernardes por Patrícia Poeta (em português). Portal Imprensa (1 de dezembro de 2011). Página visitada em 28 de fevereiro de 2012.
  5. NaTelinha (02/01/2014). Glenda Kozlowski deixa transmissão do Carnaval; Fátima Bernardes assume. Página visitada em 10/01/2014.
Precedido por
Liliana Rodriguez
Apresentação do RJTV terceira edição
1987 - 1989
Sucedido por
edição extinta
Precedido por
Leila Cordeiro
Apresentação do Jornal da Globo
1989 - 1993
Sucedido por
Lilian Wite Fibe
Precedido por
Cristina Ranzolin
Apresentação do Jornal Hoje
1996 - 1997
Sucedido por
Mônica Waldvogel
Precedido por
Lilian Wite Fibe
Apresentação do Jornal Nacional
1998 - 2011
Sucedido por
Patrícia Poeta