Fátima do Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Fátima do Sul
"Cidade Favo de Mel"
Bandeira de Fátima do Sul
Brasão de Fátima do Sul
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 9 de Julho
Fundação 9 de julho de 1954 (60 anos)[1]
Emancipação 11 de dezembro de 1963 (50 anos)
Gentílico fatimassulense
Padroeiro(a) Nossa Senhora de Fátima
CEP 79700-000
Prefeito(a) Junior Vasconcelos (PSDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Fátima do Sul
Localização de Fátima do Sul no Mato Grosso do Sul
Fátima do Sul está localizado em: Brasil
Fátima do Sul
Localização de Fátima do Sul no Brasil
22° 22' 26" S 54° 30' 50" O22° 22' 26" S 54° 30' 50" O
Unidade federativa  Mato Grosso do Sul
Mesorregião Sudoeste de Mato Grosso do Sul IBGE/2008[2]
Microrregião Dourados IBGE/2008[2]
Municípios limítrofes Dourados, Caarapó, Vicentina, Glória de Dourados e Deodápolis
Distância até a capital federal: 1 263 km
estadual: 248
km[3]
Características geográficas
Área 315,237 km² (MS: 76º)[4]
Área urbana 4,309 km² (MS: 21º) – est. Embrapa[5]
Distritos Culturama
População 19 260 hab. (MS: 31º) –  est. IBGE 2013[6]
Densidade 60,364 hab/km²
Altitude 352 m [7]
Clima Tropical Aw
Fuso horário UTC−4
Indicadores
IDH-M 0,776 (MS: 31º) – alto PNUD/2000[8]
Gini 0,450 (MS: 58º) – est. IBGE 2003[9]
PIB R$ 177 655,223 mil (MS: 40º) – IBGE/2008[10]
PIB per capita R$ 9 192,07 IBGE/2008[10]
Página oficial

Fátima do Sul é um município brasileiro da região Centro-Oeste, situado no estado de Mato Grosso do Sul. A cidade se situa ao lado da cidade de Dourados (40 km) e o maior cartão postal é o Parque Aquático situado na entrada da cidade, próxima à ponte sobre o rio Dourados.

História[editar | editar código-fonte]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localização[editar | editar código-fonte]

O município de está situado no sul da região Centro-Oeste do Brasil, no Sudoeste de Mato Grosso do Sul (Microrregião de Dourados). Localiza-se a uma latitude 22º22'27" sul e a uma longitude 54º30'50" oeste. Distâncias:

Geografia física[editar | editar código-fonte]

Solo

Fátima do Sul encontra-se inserido na unidade geotectônica denominada Bacia tecto-sedimentar do Paraná, estabelecida sobre a Plataforma Sul-Americana a partir do Devoniano inferior ou Siluriano. Localiza-se próximo à borda oeste, com inclinação homoclinal para Leste e recoberta pelos derrames basálticos cretáceos. Na região, desenvolveram-se cuestas que formam a Serra de Maracaju.

Relevo e altitude

Está a uma altitude de 352 m. Fátima do Sul está na transição entre os afloramentos de basalto e arenito, com predominância do segundo. A pequena extensão da área não deixa muito nítida a diferença de dissecação do relevo, mesmo assim podemos notar a predominância de relevo plano na área recoberta por basalto, porção oeste do município sendo mais ondulado e recoberta por arenito.

Clima, temperatura e pluviosidade

Está sob influência do clima tropical (Aw). Fátima do Sul localiza-se na confluência dos principais sistemas atmosféricos da América do Sul. Apesar da baixa latitude, é atingida pelo avanço das massas polares por estar inserida na Bacia do Rio Paraná, com seus vales convergindo para o Sul. Por outro lado, em função dessa mesma posição geográfica representada pela baixa latitude, recebe a influência da massa equatorial no verão.

Hidrografia

Está sob influência da Bacia do Rio da Prata. O rio Dourados e o principal curso de aguá que faz parte da bacia do paraná e sub-bacia do rio Ivinhema. Além desses, ainda merecem destaque na área alguns córregos como Engano, Tapei e das Moças.

Vegetação

As principais formações vegetais que já recobriram a porção meridional de Mato Grosso do Sul são: a Floresta Estacional Semidecidual, o Cerrado e Campos, mas aparecem, também, a Floresta Aluvial e a Floresta Submontana.

Geografia política[editar | editar código-fonte]

Fuso horário

Está a -1 hora com relação a Brasília e -4 com relação a Meridiano de Greenwich.

Área

Ocupa uma superfície de 315,237 km², sendo o terceiro menor município de Mato Grosso do Sul.

Subdivisões

Culturama, localizado há aproximadamente 30 km de Fátima do Sul.

Arredores

Dourados, Caarapó, Vicentina, Glória de Dourados e Deodápolis

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia de Fátima do Sul se baseia principalmente na agropecuária.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Religião[editar | editar código-fonte]

Conforme o Censo de 2010 do IBGE, a população de Fátima do Sul é formada por grupos religiosos como cristãos (93,68%), sendo subdividido em Católica Apostólica Romana (69,36%), Evangélicas de Missão (5,42%), Evangélicas de origem pentecostal (14,28%), Restauracionista (0,48%) e Outros cristãos (4,70%). Há ainda os Reencarnacionista (0,56%), Afro-brasilera (0,02%), Oriental (0,28%), Indeterminados (0,29%) e Não religiosos (4,60%).[11] [12]

Cristãos[editar | editar código-fonte]

É de longe o maior grupo religioso presente nos habitantes locais, totalizando 93,68% de sua população.[11] [12]

Católicos[editar | editar código-fonte]

Imagem de Nossa Senhora de Fátima, padroeira do município

Fátima do Sul localiza-se no país mais católico do mundo em números absolutos. A Igreja Católica teve seu estatuto jurídico reconhecido pelo governo federal em outubro de 2009,[13] ainda que o Brasil seja atualmente um estado oficialmente laico.[14] .

A Igreja Católica reconhece como padroeiros da cidade Nossa Senhora de Fátima. O município faz parte da Circunscrições eclesiásticas da Regional Oeste I (que atende Mato Grosso do Sul) e de acordo com a divisão resolvida pela Igreja Católica, o município de Fátima do Sul pertence à Província Eclesiática de Campo Grande, mais precisamente à Diocese de Dourados, sendo sede de 1 paróquia. Seu atual bispo é, desde 2001, Dom Redovino Rizzardo. Grupo formado por 69,36% dos seus habitantes, sendo a Católica Apostólica Romana a única representante.[11] [12]

Igreja

Protestantes[editar | editar código-fonte]

Embora seu desenvolvimento tenha sido sobre uma matriz social eminentemente católica, tanto devido à colonização quanto à imigração, é possível encontrar atualmente na cidade dezenas de denominações protestantes diferentes. De acordo com dados do censo de 2010 realizado pelo IBGE, a população local era composta 19,7% de protestantes.[11] [12]

Evangélicos de missão[editar | editar código-fonte]

Os evangélicos de missão totalizam 5,42% dos locais. Destes, 0,41% são luteranos, 0,38% são presbiterianos, 0,62% metodista, 2,70% são batistas e 1,31% são adventistas.[11] [12]

Evangélicos neopentecostais[editar | editar código-fonte]

Os evangélicos neopentecostais totalizam 14,28% dos locais. Destes, 3,83% é da Igreja Assembléia de Deus, 3,32% da Congregação Cristã do Brasil, 0,08% da Igreja o Brasil para Cristo, 1,29% da Igreja Evangelho Quadrangular, 0,86% da Igreja Universal do Reino de Deus, 1,07% da Igreja Deus é Amor e 3,83% de outras evangélicas de origem pentecostal.[11] [12]

Templos

Em Fátima do Sul existem diversos templos evangélicos pentecostais (Assembleia de Deus, IURD, Congregação Cristã do Brasil) e outras.

Restauracionista[editar | editar código-fonte]

Representado por 0,48% dos habitantes. Abrange apenas as Testemunhas de Jeová.[11] [12]

Outros cristãos[editar | editar código-fonte]

No município existem também cristãos de outras denominações, representado por 4,70% dos habitantes. Destes 3,05% são de outras igrejas evangélicas e 1,65% são de outras religiosidades cristãs.[11] [12]

Outras denominações[editar | editar código-fonte]

O município é representada por variados outros credos, existindo também religiões de várias outras denominações tais como Testemunhas de Jeová, Maçônica, Messiânica, entre outras. São elas:

Reencarnacionistas[editar | editar código-fonte]

Possui 0,56% do total, sendo todos espíritas.[11] [12]

Afro-brasileiras[editar | editar código-fonte]

Possui 0,02% do total, sendo todos da umbanda.[11] [12]

Orientais ou asiáticas[editar | editar código-fonte]

Com 0,28% de pessoas, se divide entre o Budismo (0,03%), Igreja Messiânica Mundial (0,03%), Islamismo (0,15%) e outras religiões orientais (0,07%).[11] [12]

Indeterminados[editar | editar código-fonte]

Opções indeterminadas respondem por 0,29% dos habitantes, sendo os mal definidos respondendo por 0,22% e 0,07% dos que não sabem que religião são.[11] [12]

Não religiosos[editar | editar código-fonte]

O Grupo das pessoas não religiosas respondem por 4,61% dos habitantes, sendo os sem religião convictos 4,58% e ateus 0,03%.[11] [12]

Urbanização[editar | editar código-fonte]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Rodovias

Referências

  1. Fátima do Sul: 42 anos de história (28/7/2005) - Glaucia Yasunaka Título não preenchido, favor adicionar.
  2. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  3. Mapas e rotas. Guia 4 Rodas. Página visitada em 3 de novembro de 2011.
  4. IBGE (10 de outubro de 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 de dezembro de 2010.
  5. Urbanização das cidades brasileiras. Embrapa Monitoramento por Satélite. Página visitada em 30 de Julho de 2008.
  6. Estimativa Populacional 2013. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2011). Página visitada em 13 de setembro de 2011.
  7. Paraná. Embrapa. Página visitada em 19 de julho de 2011.
  8. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  9. Indice GINI. Cidade Sat. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2000). Página visitada em 6 de agosto de 2011.
  10. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  11. a b c d e f g h i j k l m Sistema IBGE de Recuperação Automática (Sidra) (2000). População residente por religião. Página visitada em 06 de abril de 2012.
  12. a b c d e f g h i j k l m Censo 2010 - Lista municípios e religiões, Exibir Registro. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2010). Página visitada em 14 de maio de 2013.
  13. Cristiane Agostine (8 de outubro de 2009). Senado aprova acordo com o Vaticano. O Globo. Página visitada em 26 de março de 2010. Cópia arquivada em 22 de setembro de 2011.
  14. Fernando Fonseca de Queiroz (outubro de 2005). Brasil: Estado laico e a inconstitucionalidade da existência de símbolos religiosos em prédios públicos. Jus Navigandi. Página visitada em 26 de março de 2010. Cópia arquivada em 22 de setembro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Mato Grosso do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.