Félix, o Eremita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde abril de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Félix, o Eremita (século IX) é uma personagem mítico-histórica que teria sido um pescador que vivia em Villa Mendo (na actual freguesia da Estela, Póvoa de Varzim), da época da reconquista cristã da região e confundido por gerações com São Félix.

História[editar | editar código-fonte]

Quando Félix chegava a casa com as redes vazias de peixe, os pais castigavam-no, e então este decide retirar-se para o monte que hoje tem o seu nome - o monte de São Félix.

Mais tarde e segundo a lenda, São Félix é levado a um local perto do monte por avisos celestes e encontra o corpo do bispo São Pedro de Rates que foi morto enquanto convertia os pagãos da região e dá-lhe sepultura, evento que terá dado origem à Igreja de São Pedro de Rates.