Fígado de Placência

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Piacenza Bronzeleber.jpg
Haruspex.png
Fígado de Placência. Instrumento de instrução da arte/ciência da divinação dos Etruscos.

O Fígado de Placência é um artefato etrusco encontrado em 26 de setembro de 1877, próximo a Gossolengo, na província de Placência, Itália. É um modelo de bronze em tamanho natural de um fígado de carneiro coberto com escritos etruscos. Os escritos sobre o fígado são nomes de deidades etruscas. É acreditado ser o modelo de bronze que serviu como ferramenta para sacerdotes quando praticavam auspício. Foi datado do século 2o.-3o. A.C.[1]

O fígado de bronze está agora à mostra no Museu Municipal de Placência, no Palácio Farnésio.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

  1. de Grummond, Etruscan Myth, Sacred History and Legend, page 67

Leitura avançada[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre os etruscos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.