F-Zero X

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
F-Zero X
Produtora Nintendo EAD
Editora(s) Nintendo
Plataforma(s) Nintendo 64
iQue
Virtual Console
Data(s) de lançamento Japão 14 de Julho 1998
Estados Unidos 26 de Outobro 1998
União Europeia 6 de Novembro 1998
Gênero(s) Corrida
Modos de jogo Single Player, MultiPlayer
Número de jogadores 1 a 4
Classificação Everyone (ESRB)
Média Cartucho N64
Controles Joystick

F-Zero X é a sequência de F-Zero para Nintendo 64. Este jogo também foi lançado para a iQue na China e para a Virtual Console. F-Zero X é uma corrida de naves chamadas Machines, que correm quebrando a velocidade do som. Nessa versão, existem 30 pilotos distintos com suas Machines, ao contrário de seu antecessor, que possuía apenas 4 pilotos. Cada machine possui seus altos e baixos.

Dispondo de um total de 30 naves, o jogo se passa em um ambiente futurístico, com corridas das mais variadas formas, com loops e quedas livres. F-Zero X é considerado um dos jogos mais rápidos da história. A bordo de uma nave, o jogador pode chegar a mais de 1000km/h numa corrida, e passando a sensação de velocidade, o que foi um dos grandes pontos positivos do jogo.

F-Zero X foi lançado originalmente em 1998 para o Nintendo 64, tendo em 2000 uma expansão utilizando o dispositivo 64DD nomeado F-Zero X: Expansion Kit.

O jogo conta inicialmente com 4 copas de 6 corridas cada. A medida que o jogador vai avançado, novas copas são liberadas, sendo a última chamada de X-Cup, onde as seis corridas são aleatórias, sendo uma copa inédita a cada jogada, surpreendendo o jogador com corridas que chegam a ser mortais.

F-Zero X possui músicas em estilo rock/metal feitas por Taro Bando e Hajime Wakai, dando um ar agitado ao ambiente de corridas do jogo.

Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.