FN P90

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
FN P90
FN-P90.PNG
Tipo Submetralhadora
Local de origem  Bélgica
História operacional
Em serviço 1991 - até hoje
Especificações
Comprimento 50 cm
Comprimento 
do cano
11 1/2 polegadas
Calibre 5.7 x 28 mm
Cadência de tiro 900 tpm
Velocidade de saída 850 m/s
Alcance efetivo 200 m
Sistema de suprimento carregador de 50 munições
Uma soldado peruana com seu P90.

A FN P90 é uma submetralhadora desenvolvida e fabricada pela Fabrique Nationale de Herstal (FN Herstal), sob o Nome de Project-90, tendo em vista que foi lançada no ano de 1990. Esta arma tem uma aparência peculiar devido a configuração bullpup e um carregador com capacidade para 50 munições que é colocado na parte de cima da arma. Os pontos a favor da arma são o seu carregador com capacidade maior que o usual de 30 ou 32 munições, a alta cadência de tiros, o formato ergonómico, o facto do cano estar alinhado com a coronha (fazendo reduzir o salto da arma), entre outros.[1]

Em meados dos anos 80, a OTAN concluiu que os coletes dos seus inimigos resistiam às carabinas utilizadas na época. Então, foi criada a concorrência para a fabricação de uma arma que pudesse penetrar nessas proteções. Então, no fim da década de 1980, a belga FN Herstal criou a submetralhadora P90, sendo que ela e a pistola FN Five seveN seriam as primeiras armas a usarem os novos projéteis FN 5.7x28mm.

A P90 foi testada contra coletes de Kevlar e CRISAT, obtendo grande êxito, e hoje equipa várias organizações militares, paramilitares e antiterroristas.

Os cartuchos FN 5.7x28mm são cartuchos de pistola que têm formato fuziforme.

Referências

  1. "FN P90® Standard". Página acessada em 26 de maio de 2015.
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre FN P90
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.