FN P90

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
FN P90
FN-P90.PNG
Tipo Submetralhadora
Local de origem  Bélgica
História operacional
Em serviço 1991 - atualmente
Histórico de produção
Data de criação 1986
Período de
produção
1990 - atualmente
Especificações
Comprimento 50 cm
Comprimento 
do cano
11 1/2 polegadas
Calibre 5.7 x 28 mm
Cadência de tiro 900 tpm
Velocidade de saída 850 m/s
Alcance efetivo 200 m
Sistema de suprimento carregador de 50 munições

A FN P90 é uma submetralhadora desenvolvida e fabricada pela Fabrique Nationale de Herstal (FN Herstal), sob o Nome de Project-90, tendo em vista que foi lançada no ano de 1990. Esta arma tem uma aparência peculiar devido a configuração bullpup e um carregador com capacidade para 50 munições que é colocado na parte de cima da arma. Os pontos a favor da arma são o seu carregador com capacidade maior que o usual de 30 ou 32 munições, a alta cadência de tiros, o formato ergonómico, o facto do cano estar alinhado com a coronha (fazendo reduzir o salto da arma), entre outros. Certamente o mais importante dos seus atributos é o seu calibre único como se verá adiante.

Em meados dos anos 80, a OTAN concluiu que os coletes dos seus inimigos resistiam às carabinas utilizadas na época. Então, foi criada a concorrência para a fabricação de uma arma que pudesse penetrar nessas proteções. Então, no fim da década de 1980, a belga FN Herstal criou a submetralhadora P90, sendo que ela e a pistola FN Five seveN seriam as primeiras armas a usarem os novos projéteis FN 5.7x28mm.

A P90 foi testada contra coletes de Kevlar e CRISAT, obtendo grande êxito, e hoje equipa várias organizações militares, paramilitares e antiterroristas.

Os cartuchos FN 5.7x28mm são cartuchos de pistola que têm formato fuziforme.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

-A FN P90 é a arma padrão dos soldados Legalistas do seriado americano "Fringe". Ela pode ser vista sendo usada por vários soldados no 11º episódio da 5ª Temporada,bem como é a arma padrão da equipe SG-1 no seriado americano "Stargate SG-1".

Proposta e desafios[editar | editar código-fonte]

-A submetralhadora FN P-90 tem diversas particularidades que vão além do seu desenho pouco convencional. Na verdade a proposta da Fabrique Nationale de Hersta (FN Herstal) quando lançou esta pequena arma no mercado era a de proporcionar uma arma de defesa pessoal (conceito PDW Personeal Defense Weapon), compacta o suficiente para ser transportada por tripulantes de veículos terrestre e aéreo, e que tivesse um poder de fogo equivalente a o de um fuzil de assalto em distancias de 150 a 200 metros. A nova arma deveria ser capaz de não só atingir com precisão alvos nas distancias mencionadas, como também perfurar os coletes balísticos, assim como os capacetes balísticos usado pelos soldados inimigos. Notem que submetralhadoras convencionais em calibres típicos de pistola, como o 9 mm, 45 ACP ou o 40 S&W, não chegam nem perto de atingir esse desempenho e por isso são considerados inadequados ao objetivo requerido no conceito PDW.

Para conseguir reunir esses requisitos em uma submetralhadora, a FN precisou desenvolver, não só uma nova arma, como também um novo calibre, trazendo de volta a munição em estilo “garrafinha” encontrado em fuzis, para a compacta submetralhadora. O novo calibre é o 5,7 X 28 mm, que se mostra extremamente pequeno, sendo pouco maior que a munição 9 mm, em termos de comprimento, mas tendo uma velocidade inicial, na boca do cano da P-90, o qual tem 11 ½ polegadas, de 850 m/seg. Velocidade equivalente ao de um fuzil em 7,62 X 51 mm. Dado a esse aspecto somado, ainda, ao fato do projétil ser totalmente encamisado, temos como resultado um desempenho perfurante muito eficaz. É certo que com essa capacidade perfurante, e o pequeno diâmetro do projétil, o poder de parada dessa munição não deve ser muito significativo, pois quando há transfixação excessiva, haverá pouca transferência de energia para o alvo, diminuindo, assim, o poder de parada. Ainda falando nas características balísticas dessa nova munição, a trajetória do projétil é extremamente tensa, sendo que depois dos 300 metros, a queda da trajetória do projétil é extremamente acentuada.

Ficheiro:Loaded P90 magazine
Um carregador de P90
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre FN P90
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

FNP90MAG02.jpg
Um carregador de FN P90