Fabrício Silva Dornellas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fabrício
Informações pessoais
Nome completo Fabrício Silva Dornellas
Data de nasc. 20 de fevereiro de 1990 (24 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ),  Brasil
Altura 1,86 m[1]
Canhoto
Informações profissionais
Clube atual Brasil Fluminense
Número 27
Posição Zagueiro
Clubes de juventude
1998–2008 Brasil Flamengo
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
2008–2010
2008
2009
2010
2011
2011
2012
2013–2014
2014–
Brasil Flamengo
Brasil Paraná (emp.)
Alemanha Hoffenheim (emp.)
Brasil Palmeiras
Brasil Cruzeiro
Brasil Atlético Paranaense
Brasil Vasco da Gama
Brasil Vitória
Brasil Fluminense
0024 0000(0)
0017 0000(2)
0006 0000(0)
0020 0000(0)
0002 0000(0)
0020 0000(1)
0010 0000(0)
0022 0000(3)
0002 0000(0)
Seleção nacional3
2009 Brasil Brasil Sub-20 0002 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 9 de agosto de 2014.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 4 de dezembro de 2011.

Fabrício Silva Dornellas,[1] mais conhecido como Fabrício (Rio de Janeiro, 20 de fevereiro de 1990) é um futebolista brasileiro que atua como zagueiro. Atualmente, defende o Fluminense.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Formado nas divisões de base do Ceará e logo vendido para o Flamengo, Fabrício inicialmente fez parte do elenco que disputou o Campeonato Brasileiro de 2008 pelo rubro-negro, mas sem grandes chances de jogar. Contudo, antes mesmo de estrear como atleta profissional pelo clube, viu-se envolvido em uma negociação, que resultou em sua ida por empréstimo para o Paraná para disputar o Campeonato Brasileiro da Série B, onde fez um excelente campeonato pelo tricolor paranista, sendo fundamental para que o time paranista não caísse para a série C.

Terminado o empréstimo, o jogador retornou ao Flamengo para a temporada 2009. No dia 28 de janeiro de 2009, a diretoria do Flamengo decide emprestá-lo ao Hoffenheim até maio deste ano, por uma quantia de R$1 milhão.

Retorno ao Flamengo[editar | editar código-fonte]

Com o fim do contrato com o Hoffenheim em Maio de 2009 retornou a Gávea e estreou na equipe profissional do Flamengo no dia 21 de junho contra o Internacional no Maracanã.

As suas boas atuações logo em que voltou ao Flamengo lhe renderam a condição de titular e inclusive o então presidente do clube, Márcio Braga, chegou a denominá-lo como um Novo Juan, referindo-se ao zagueiro da Seleção Brasileira e ex-Flamengo Juan. No Fla, fez parte também do elenco campeão brasileiro em 2009.

No inicio de 2010, no campeonato carioca, após varias falhas da defesa, Fabricio torna-se titular substituindo Ronaldo Angelim.

Passagens por diversos clubes[editar | editar código-fonte]

Em 9 de agosto, foi apresentado como novo reforço do Palmeiras, por intermédio da Traffic, para o restante da temporada 2010.

No dia 13 de janeiro de 2011, foi anunciado como novo reforço do Cruzeiro, para a temporada 2011.[2] No clube mineiro, praticamente não teve chances entre os titulares e, quatro meses mais tarde, acertou sua transferência para o Atlético Paranaense visando a disputa do Brasileirão daquele ano. No Furacão, porém, acabou amargando o rebaixamento ao final do ano.

Já no ano seguinte, em 5 de março de 2012, foi anunciado como o novo reforço do Vasco da Gama. [3] No Vasco, também teve pouquíssimas chances entre os titulares.

Para a temporada 2013, no dia 14 de janeiro firmou contrato de um ano com o Vitória, clube que retorna à Série A após dois anos.[4]

No dia 14 de maio de 2014, acertou com o Fluminense até o fim do ano.[5]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Flamengo
Cruzeiro
Vitória

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.