Faculdade Católica Salesiana do Espírito Santo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Faculdade Católica Salesiana do Espírito Santo é uma instituição de ensino superior localizada na cidade de Vitória, no Espírito Santo.

Faculdade Católica Salesiana do Espírito Santo
-
Fundação 2000
Tipo de instituição Privada
Diretor(a) Padre Oscar de Faria Campos
Estado Espírito Santo
Página oficial www.catolica-es.edu.br
Instituições de ensino superior do Brasil Brasil

Cursos[editar | editar código-fonte]

Graduação[editar | editar código-fonte]

  • Administração (Bacharelado) – Matutino e Noturno
  • Ciências Biológicas (Bacharelado) – Matutino
  • Ciências Biológicas (Licenciatura) – Noturno
  • Ciências Contábeis (Bacharelado) – Noturno
  • Educação Física (Bacharelado) – Matutino
  • Educação Física (Licenciatura) – Matutino e Noturno
  • Enfermagem (Bacharelado) – Matutino e Noturno
  • Engenharia de Produção (Bacharelado) – Matutino e Noturno
  • Farmácia (Bacharelado) – Matutino e Noturno
  • Filosofia (Licenciatura) – Matutino e Noturno
  • Fisioterapia (Bacharelado) – Matutino e Noturno
  • Nutrição (Bacharelado) – Matutino e Noturno
  • Psicologia (Bacharelado) – Matutino
  • Serviço Social (Bacharelado) – Matutino e Noturno
  • Sistemas de Informação (Bacharelado) – Noturno
  • Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (Tecnólogo) – Noturno
  • Tecnologia em Logística (Tecnólogo) - Noturno
  • Tecnologia em Redes de Computadores (Tecnólogo) – Noturno

Pós-graduação[editar | editar código-fonte]

  • Musculação e Treinamento Personalizado
  • Nutrição Clínica Funcional em Estética
  • Controladoria e Finanças
  • Gerenciamento de Projetos
  • Gestão de Pessoas
  • Gestão de Politicas Sociais Públicas e Privadas
  • Gestão em Logística Empresarial e Internacional
  • Gestão Empresarial Executiva
  • Gestão de Marketing e Varejo
  • Gestão de Tecnologia da Informação
  • Ensino de Filosofia - Ética e Educação
  • Gestão da Qualidade, Segurança, Meio Ambiente e Saúde

Histórico[editar | editar código-fonte]

Trajetória no setor educacional[editar | editar código-fonte]

Dom Bosco, fundador da Congregação Salesiana no ano de 1859, percebeu desde o início de seu trabalho educativo, a necessidade de escolas profissionais para que os meninos pudessem estudar e aprender algum ofício, o que se tornou uma prioridade para a ação dos salesianos. Pouco a pouco, Dom Bosco foi desenvolvendo a ideia de uma associação de pessoas dedicadas à educação da juventude, especialmente a mais carente. Em 1869, com o apoio do Papa Pio IX, a Igreja deu a primeira aprovação a este projeto. Assim, em 1874, a sociedade de São Francisco de Sales foi reconhecida definitivamente pela Santa Sé. O nome Sociedade de São Francisco de Sales foi escolhido em homenagem ao santo, conhecido pela extrema bondade e mansidão. Com o passar do tempo, essa sociedade passou a ser mais conhecida como Congregação Salesiana ou Salesianos de Dom Bosco.

A Congregação Salesiana possui um Conselho Geral em Roma e 84 circunscrições jurídicas, denominadas Inspetorias, disseminadas por todos os continentes, em 123 países. Em 1938, a fundação do Sonada Salesian College, na Índia, constituiu-se na primeira inserção da Congregação Salesiana no ensino superior. Hoje, a Congregação conta com 61 Instituições Universitárias Salesianas (IUS) no mundo, das quais 21 delas nas Américas. Destas, 9 no Brasil.

Os Salesianos na América Latina[editar | editar código-fonte]

Os primeiros missionários salesianos partiram do porto de Gênova, na Itália, em 14 de novembro de 1875, com destino à Argentina. Salesianos e Salesianas percorreram milhares de quilômetros a cavalo, de charrete ou em pequenos barcos pelos rios, matas e montanhas da Patagônia.

Os Salesianos no Brasil[editar | editar código-fonte]

Em 6 de dezembro de 1876, aportava no Rio de Janeiro uma segunda expedição vinda da Patagônia. O Bispo do Rio, Dom Lacerda, foi ter com os missionários e perguntou a eles por que sempre iam para a Argentina e não se estabeleciam no Brasil.

Dom Pedro II os recebeu e disse que já era o tempo de os salesianos premiarem tantos anos de espera e expectativas.

Finalmente, os salesianos chegaram ao Brasil, em 14 de julho de 1883. Como a febre amarela assolava o Rio de Janeiro, o bispo Dom Lacerda optou por instalá-los em uma chácara do bairro Santa Rosa, em Niterói.

Assim, a primeira obra salesiana no Brasil foi o Colégio Santa Rosa, de Niterói, que foi instalada no segundo semestre de 1883.

A partir das primeiras décadas do século XX, para dar resposta a uma série de necessidades locais, os salesianos passaram também a se dedicar ao ensino não profissional, fundando escolas em várias partes do Brasil.

Ao final de 1895, a obra salesiana no Brasil contava com casas em Niterói, São Paulo, Lorena, Cuiabá e Recife, as casas das irmãs em Guaratinguetá e Araras e uma colônia indígena no Mato Grosso. Em 1896, surgiu a Escola Agrícola de Cachoeira do Campo, em Minas Gerais. Em 1901, já eram 18 casas. Em 1915, os salesianos se estabeleceram nos estados do Amazonas, Pará e Rondônia. Assim, em 1915, os salesianos já marcavam presença em todas as regiões do País. Da Amazônia ao Rio Grande Do Sul.

Hoje, os salesianos no Brasil, se congregam em regiões que recebem o nome de Inspetorias. Atualmente, são seis inspetorias.

As atividades de ensino superior salesianas no Brasil tiveram início com a Faculdade de Ciências Administrativas e Contábeis de São Paulo, em 1939. Hoje, entre as Instituições Salesianas brasileiras incluem-se a Universidade Católica Dom Bosco de Campo Grande, a Universidade Católica de Brasília e o Centro Universitário Salesiano de São Paulo–UNISAL, entre outras.

Inspetoria São João Bosco[editar | editar código-fonte]

Fundada em 1947, a Inspetoria São João Bosco (ISJB) congrega os salesianos dos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Goiás, Tocantins e Distrito Federal. Em suas mais de 50 obras de instituições, a ISJB desenvolve as mais variadas atividades.

A inspetoria São João Dom Bosco desenvolve o estilo salesiano de educação. Fazendo de Jesus Cristo e do evangelho seu ponto de referência, procura orientar o processo educativo, de forma a buscar amadurecimento da liberdade e responsabilidade, da formação da consciência e dos critérios de avaliação e de julgamento, o desenvolvimento da dimensão social como atitude de serviço. Preocupa-se com os valores da cultura. Procura criar a cultura do diálogo e da solidariedade. Valoriza o patrimônio que os educandos trazem, despertando suas potencialidades, abrindo-os para novas perspectivas. Procura marcar o relacionamento interpessoal pela confiança, participação, acolhida e coragem de apresentar propostas. Valoriza a presença do educador entre os educandos, fazendo da assistência-presença uma forma ativa de educação.

As atividades são desenvolvidas por meio de oratórios festivos, oratórios diários, centros de atendimento ao adolescente trabalhador (CESAM), centros de atendimento aos meninos com trajetória de rua, casas de semiliberdade, escolas de ensino médio, Faculdades, centro de apoio à família salesiana, paróquias, centro de articulação dos direitos da criança e do adolescente e articulação da juventude salesiana (AJS).

Na Inspetoria São João Bosco (ISJB) as atividades de ensino superior tiveram início em 1954, quando foi criada a Faculdade Dom Bosco de Filosofia, Ciências e Letras de São João Del Rei, em Minas Gerais. A ISJB, além de ser co-mantenedora da Universidade Católica de Brasília, é a mantenedora do Instituto Santo Tomás de Aquino (ISTA), que ministra os cursos de Filosofia e Teologia, em Belo Horizonte, e da Faculdade Católica Salesiana do Espírito Santo.

Localização[editar | editar código-fonte]

O campus da Faculdade Católica Salesiana do Espírito Santo está localizado à Avenida Vitória, nº 950, Forte São João, Vitória – ES

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Página Oficial
Página da Inspetoria São João Bosco