Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox question.svg
Esta página ou seção carece de contexto.

Este artigo (ou seção) não possui um contexto definido, ou seja, não explica de forma clara e dire(c)ta o tema que aborda. Se souber algo sobre o assunto edite a página/seção e explique de forma mais clara e objetiva o tema abordado.

FACAPE
Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina
Tipo de instituição Pública, Municipal
Diretor(a) Rinaldo Remígio Mendes
Página oficial http://www.facape.br
Instituições de ensino superior do Brasil Brasil

História[1] [editar | editar código-fonte]

A Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (FACAPE) foi criada em forma de Autarquia Municipal com a denominação de Autarquia Educacional do Vale do São Francisco - AEVSF, pela lei municipal nº 25/76 de 19 de julho de 1976. Posteriormente, a Autarquia transformou-se em órgão mantedor da FACAPE.

Inicialmente, instalou-se no prédio da Faculdade de Formação de Professores de Petrolina - FFPP, atualmente Campus Petrolina da Universidade de Pernambuco, com o curso de Administração de Empresas. Sua sede própria só foi inaugurada em 1981, cujo projeto de implantação foi coordenado pelo Engenheiro Professor Valdenor Daízio Ramos Clementino, na gestão do prefeito Diniz de Sá Cavalcanti.

A autorização de seu funcionamento se deu a princípio, pela resolução nº 01/77 de 13 de janeiro de 1977 do Conselho Estadual de Educação. Pelo decreto nº 82.475[2] de 23 de outubro de 1978, publicado no diário oficial da União de 24 de outubro de 1978 o então Presidente da República Ernesto Geisel autoriza o funcionamento da FACAPE em nível nacional.

Em 2014, a faculdade conta com 8 cursos de graduação, todos reconhecidos pelo Plenário do Conselho Estadual de Educação: Administração, Ciência da Computação, Ciências Contábeis, Comércio Exterior, Direito, Economia, Secretariado Executivo e Turismo; e 3 cursos de Pós-Graduação: Gestão de Tecnologia da Informação, Gestão de Serviços de Saúde e Gestão de Recursos Humanos nas Organizações. Recentemente granjeou o Diploma do Mérito Educacional Professor Paulo Freire e OAB Recomenda[3] pela excelência no ensino.

Cursos de Graduação[editar | editar código-fonte]

Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu[4] [editar | editar código-fonte]

Revista Opara[5] [editar | editar código-fonte]

A Facape edita uma revista, a OPARA, destinada à divulgação de produções científicas das diversas áreas de conhecimento humano que integram o campo das ciências contemporâneas aplicadas, também conhecidas como “humanas” e “sociais”. Objetiva, também, a elaboração de edições temáticas, com a colaboração de pesquisadores de diversas partes do Brasil e do mundo.

Referências

  1. Facape. Histórico. Página visitada em 11 de setembro de 2014.
  2. BRASIL. Decreto nº 82.475, de 23 de outubro de 1978. Página visitada em 11 de setembro de 2014.
  3. Rodolfo Hans Geller ... et al. (2012). OAB, Conselho Federal: OAB Recomenda: indicador de educação jurídica de qualidade. Página visitada em 11 de setembro de 2014.
  4. Facape. Pós-Graduação. Página visitada em 11 de setembro de 2014.
  5. Facape. Revista Opara. Página visitada em 11 de setembro de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina - FACAPE editar
Unidades de Ensino, Pesquisa e Extensão