Faculdade de Medicina Nova Esperança

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
FAMENE
Faculdade de Medicina Nova Esperança
Tipo de instituição Privada
Diretor(a) Kátia Maria Santiago Silveira
Vice-diretor(a) Eitel Santiago silveira
Estado Paraíba
Página oficial www.famene.com.br
Instituições de ensino superior do Brasil Brasil

A Faculdade de Medicina Nova Esperança (FAMENE) é uma instituição privada de ensino superior da Paraíba, no Brasil.

A FAMENE foi fundada em 9 de julho de 2003 pela família Santiago Silveira. Antes de permitir o funcionamento, o Ministério da Educação (Mec) fez uma avaliação das instalações da instituição e as classificou com o maior conceito dado uma faculdade do país.[carece de fontes?] Além de receber o conceito máximo do Mec, a FAMENE teve autorização para oferecer 80 vagas anuais. Realizou seu primeiro vestibular em 2003.

Os primeiros alunos da FAMENE assistiram às primeiras aulas num prédio instalado no Centro de João Pessoa. No mesmo local, já funcionava a Faculdade de Enfermagem Nova Esperança. Porém, com o aumento do número de alunos, professores e funcionários, as instalações tornaram-se insuficientes. Por volta do ano de 2004, começou a construção de um centro de ensino universitário. O local escolhido para abrigar o empreendimento foi uma área de 22 hectares no Bairro do Valentina Figueiredo, em João Pessoa.

Lá, foram construídas várias salas de aulas, laboratórios, um campo de futebol, um centro de técnicas cirúrgicas, ouvidoria, clínica psicológica, biblioteca, Núcleo de Pesquisa e Extensão Acadêmicas e Revista Científica. Foi também erguida uma capela dedicada ao Senhor do Bonfim. Após alguns meses de obras, a construção foi concluída e a mudança ocorreu em janeiro de 2005.

A Instituilção[editar | editar código-fonte]

Hoje, a FAMENE é uma instituição de vanguarda que prima por um ensino de excelência que atende a todos os requisito para formação dos melhores médicos. Prestes a completar uma década na prestação de serviços educacionais, a Faculdade apresenta-se como um centro de formação médica que emana profissionais para várias regiões do país.

Dispondo de instalações modernas, corpo docente altamente qualificado e equipamentos de última geração, a Faculdade oferta aos seus alunos uma matriz curricular completa que abrange assuntos teóricos e práticos na busca de oferecer a melhor preparação para um mercado de trabalho cada vez mais exigente e competitivo.

Focada em disponibilizar um aprendizado com a mais alta qualidade, a Faculdade de Medicina Nova Esperança tem como meta principal a capacitação de Médicos voltados para a humanização da saúde e aptos a desenvolver suas tarefas com a maior dedicação possível.


Reconhecimento e aumento de vagas[editar | editar código-fonte]

No final de 2007, o Mec fez nova inspeção nas instalações da FAMENE. Dessa vez, o objetivo era verificar se a faculdade atendia as exigências pedagógicas do órgão. Após a vistoria, os fiscais emitiram parecer favorável, a classificando com o Conceito "5". A inspeção foi realizada pela Comissão de Avaliação das Condições de Ensino, do Instituto Nacional de Pesquisa Educacionais do Mec.

No dia 28 de dezembro daquele ano, em nova portaria, o Mec reconheceu a FAMENE com o conceito máximo. A medida foi muito comemorada entre os alunos,[carece de fontes?] já que, com a medida, eles terão assegurado o direito ao diploma assim que terminar os estudos e poderão registrar-se ao Conselho Regional de Medicina e iniciar a carreira profissional. Uma faculdade sem reconhecimento não pode fornecer diplomas e nem certificados de conclusão de curso.

Além do reconhecimento, o Mec permitiu o aumento na oferta de vagas. A FAMENE, então, passou a oferecer 160 vagas anuais.

O Curso[editar | editar código-fonte]

O ensino de Medicina oferecido pala FAMENE tem como meta de estudo a saúde humana, mediante a prevenção e a humanização dos indivíduos, com um enfoque especial para a compreensão das necessidades de saúde das pessoas, não apenas do ponto de vista físico, mas nos contextos psicológico, familiar, comunitário e humanístico. Nesse sentido, durante a graduação, o discente é incentivado a desenvolver o interesse científico, humano e social, atenção concentrada, controle emocional, espírito de iniciativa, habilidade manual, boa coordenação motora, capacidade de observação, de analise, de síntese e de crítica.

A graduação de Medicina na FAMENE é ministrada em turno integral, com duração de 6 anos (12 semestres ou períodos), sendo os 2 últimos anos (4 semestres) reservados para o Internato, fase em que os alunos ficam num regime especial de estágios em Unidades de Saúde da Família, ambulatória especializados, hospitais, acompanhados por uma equipe de coordenadores, médicos e professores.

O Curso ainda conta com um grande diferencial, o de oferecer aos alunos a oportunidade de desenvolver atividades práticas desde o 1º período e de participar de projetos de extensão, de tutorias e de monitoria.


Mercado de Trabalho e Atuação Profissional[editar | editar código-fonte]

A Medicina, como modalidade de trabalho social e profissão a serviço da humanidade, destina-se essencialmente ao diagnóstico das enfermidades e à terapêutica dos enfermos.

No entanto, a própria natureza da formação médica propícia uma variedade enorme de atuações, que abrangem não apenas à área especifica da saúde humana, mas também a prevenção, o diagnóstico e o tratamento, assim como áreas afins.

Diante do profundo conhecimento generalista e humanista adquirido durante os anos de estudo, o médico formado pela FAMENE encontra-se apto a trabalhar em cerca de 53 especialidades reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina, com atuação em consultórios, hospitais, clínicas e setor público (PSF).


Ícone de esboço Este artigo sobre instituição de ensino superior é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.