Fallout 3

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fallout 3
Capa do jogo
Desenvolvedora Bethesda Game Studios [1]
Publicadora(s) Bethesda Softworks [1]
Distribuidora Bethesda Softworks [1]
ZeniMax Media [1]
Diretor Ashley Cheng (Diretor de Produção) [1]
Produtor Todd Howard (Produtor Executivo)[1]

Gavin Carter
Jeff Gardiner
Craig Lafferty
Richard Lambert
Tim Lamb
Nathan McDyer

Designer Emil Pagliarulo (Lider Designer) [1]
Escritor(es) Erik J. Caponi [1]
Compositor(es) Inon Zur [1]
Motor Gamebryo
Plataforma(s) Microsoft Windows, PlayStation 3, Xbox 360
Série Fallout
Data(s) de lançamento
Gênero(s) RPG eletrônico, Tiro em primeira pessoa
Modos de jogo Single Player
Número de jogadores 1
Classificação BBFC (Reino Unido)[3]
Inadequado para menores de 18 anos i CERO (Japão)[4]
Inadequado para menores de 18 anos i DEJUS (Brasil)[5]
Inadequado para menores de 17 anos i ESRB (América do Norte)[6]
Inadequado para menores de 15 anos i OFLCA (Austrália)[7]
Inadequado para menores de 18 anos i PEGI (Europa)[8]
Inadequado para menores de 18 anos i USK (Alemanha)
Mídia Blu-ray Disc, DVD
Requisitos mínimos Windows XP / Vista
1GB RAM (XP)/ 2GB RAM (Vista)
Processador 2.4 GHz Intel Pentium 4 ou processador equivalente
Placa de vídeo com 256MB RAM compatível com DirectX 9.0c (NVIDIA 6800 /ATI X850 ou melhor)
Controles Teclado e Mouse; gamepad
Idioma Inglês
Último
Último
Fallout 2
Fallout: New Vegas
Próximo
Próximo

Fallout 3 é uma continuação do jogo de RPG eletrônico Fallout. Fallout 3, desenvolvido pela companhia de jogos de videogames e computador estadunidense Bethesda Softworks [9] , foi lançado em 28 de Outubro de 2008[10] para PC, Xbox 360 e PlayStation 3.

História[editar | editar código-fonte]

O jogo passa-se na cidade de Washington D.C. em 2277, 36 anos após o final do segundo Fallout, num mundo pós guerra, totalmente devastado por uma violenta e devastadora guerra nuclear entre os Estados Unidos e a China. Você é um morador do Vault 101 e precisa de encontrar o seu Pai, que saiu de lá sem dar notícias.

Em 2077, a humanidade estava a beira de um colapso; O Petróleo estava acabando, o Aquecimento Global destruía o planeta e a economia, os recursos naturais terminavam, e uma violenta Epidemia matava milhões de pessoas. Preparando-se para o pior, o governo americano contratou uma empresa chamada Vault-tech para projetar e construir Vaults, uma espécie de abrigos ou cofres geralmente subterrâneos ou dentro de montanhas, para abrigar uma pequena parte da população americana, para quando acontecesse a inevitável guerra mundial envolvendo armas nucleares. A China então, desesperada pelos últimos pontos de recursos, resolveu invadir o Alasca, mas foi expulsa pouco tempo depois pelos Estados Unidos. Com a derrota em outros conflitos entre os dois países, os Chineses lançaram mísseis nucleares contra os Estados Unidos. O ataque durou apenas 2 horas, mas o suficiente para causar uma monstruosa destruição. A energia libertada pelas bombas percorreu todo o mundo em poucos dias, e contaminou boa parte da água e comida existente no planeta com radiação, matando uma quantidade enorme de pessoas.

Mesmo vivendo em um mundo devastado, muitos humanos ainda continuaram a viver nas ruínas das cidades, em comunidades isoladas ou individualmente. Sem governo e sem ordem, as leis sumiram, e com isso, houve o surgimento de facções, grupos e exércitos militares. Um vírus chamado FEV causou uma mutação descontrolada em alguns humanos; Surgia os Super Mutantes, humanos enormes, verdes ou amarelados,fortes e,na maioria dos casos,pouco inteligentes. Eles se organizaram em uma poderosa facção e se fixaram por vários locais dos Estados Unidos, incluindo em Washington D.C. As poucas espécies de animais que sobreviveram ao ataque nuclear, sofreram mutações, surgindo escorpiões gigantes, moscas gigantes, baratas gigantes, e várias outras espécies novas. Já outros humanos sofreram mutações pela radiação e sofreram deformações físicas e psicológicas, dando origem aos Ghouls. Tornando o mundo num lugar perigoso e sem lei.

Mais de 200 anos depois da guerra Nuclear, 90% dos Vaults não funcionam. Eles foram usados em experiências sociais, a maioria desumanas,que falharam terrivelmente, matando quase todos os seus moradores, obrigando os sobreviventes a saírem e viverem por contra própria. Pela história do jogo, é possível ouvir comentários do tipo "os Vaults nunca foram feitos para proteger as pessoas", implicando o fato de que os EUA construíram-nos apenas para realizar experiências sociais e psicológicas com seus moradores, para observar como a humanidade iria proceder na reconstrução da civilização depois da guerra.

Neste contexto, a cidade de Washington DC - local onde se passa o jogo - Está em ruínas, coberta de pó e escombros e toda a vegetação restante foi reduzida a arbustos secos e troncos retorcidos. Seus habitantes, se organizam em tribos e gangues que ocupam antigos edifícios, vilarejos improvisados e até mesmo os esgotos e as linhas férreas subterrâneas.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Fallout 3 é um RPG em primeira pessoa (o jogador vê o mundo pelos olhos do protagonista), com todas as características que distinguem esse gênero. Entre elas: boa customização inicial do personagem, sistema de experiência e evolução do personsagem, armas e armaduras, NPCs, quests e etc. Há opção de jogar-se em terceira pessoa (o jogador vê o personagem).

A definição do personagem é feita baseada em atributos (sistema S.P.E.C.I.A.L., com os atributos 'Strength' ou força, 'Perception' ou percepção, 'Endurance' ou resistência, 'Charisma' ou carisma, 'Inteligence' ou inteligência, 'Agility' ou agilidade e 'Luck' ou sorte), perícias (ou 'Skills', são 13 no total) e vantagens (ou 'Perks', 58 no total), permitindo um alto grau de personalização na construção do personagem.

O combate tem dois métodos de funcionamento: um é simplesmente "point & shoot" ("aponte e dispare", como num FPS, mas com resultado baseado nos atributos, perícias e vantagens) e outro é chamado V.A.T.S. (Vault-tech Assisted Targerting Sistem), no qual o jogo é pausado e o jogador tem a liberdade de escolher com calma qual arma utilizar bem como qual parte do corpo do inimigo deseja atingir (novamente, o resultado final é baseado nos atributos, perícias e vantagens do personagem).

O jogo usa o conceito "open world" (mundo aberto), com pouca linearidade e muita liberdade de exploração. Esse sentimento de liberdade é inclusive incentivado no próprio manual do jogo, que diz: "...o jogo é seu, então jogue-o da maneira que você quiser. Não há uma maneira "correta" de jogar".Apesar do jogo facilitar as coisas para o jogador se ele optar por um caminho moralmente correto como fornecendo companheiros mais forte dentre outras coisas.

O jogo também conta com diversos finais,que depende de quais decisões morais o jogador tomou durante certas situações.

 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
1UP.com A [11]
IGN 9.6/10 (360/PC)[12]

9.4/10 (PS3)[13]

Eurogamer 10/10[14]
Edge 7/10[15]
GameSpot 9/10 (360/PC)[16]
[17]

8.5/10 (PS3)[18]

GameTrailers 9.4/10 [19]
GameSpy 5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svg[20]
Pontuação global
Publicação Nota média
GameRankings 92.77/100 (Xbox 360) [21]

90.02/100 (PS3) [22]
90.46/100 (PC) [23]

Metacritic 91/100 (PC) [24]

90/100 (PS3) [25]
93/100 (Xbox 360)[26]

Premiações
Premiador Prêmio
10th Annual Game Developers Choice Awards Game of the Year 2008
Best Writing
IGN Best of 2008 Game of the Year 2008[27]


Best Xbox 360 Game
Best RPG
Best Use of Sound

GameSpot Best of 2008 Best PC Game[28]
Best RPG[29]
Golden Joystick Award 2009 Ultimate Game of the Year 2009[30]
PC Game of the Year 2009

O cenário de Fallout 3, "Wasteland", é retratado com toda vividez que um mundo pós-apocalíptico pode ter. Os desenvolvedores conseguiram, principalmente através da iluminação, transmitir ao jogador a sensação de aridez e contaminação radiotiva, provocando uma grande sensação de imersão do jogador no mundo do jogo. Outro fator que contribui para esta sensação de imersão é a moral pós-apocalíptica anômica transparecida nos diálogos com os NPCs.

Dublagem[editar | editar código-fonte]

James, pai do seu personagem - Liam Neeson
President John Henry Eden - Malcolm McDowell
Amata Almodovar - Odette Yustman
Stanislaus Braun - Dee Bradley Baker
Butch DeLoria - Jakob Stalnaker (quando criança), Craig Sechler (quando adulto)
Clover - Jan Johns
Sergeant RL-3 - Jeff Baker
Jericho - James Lewis
Fawkes - Wes Johnson
Charon - Mike Rosson
Ancião Lyons - William Bassett
Sarah Lyons - Heather Marie Marsden

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora do jogo é composta totalmente de sucessos da música estadunidense dos anos 40 e 50 com muitas canções que marcaram época feitas por cantores e cantoras como Cole Porter, Billie Holiday e The Andrews Sisters.[31]

N.º Título Cantor(a) / Banda Duração
1. "I Don't Want To Set The World On Fire"   The Ink Spots 3:07
2. "Way Back Home"   Bob Crosby & the Bobcats 2:54
3. "Butcher Pete (Part 1)"   Roy Brown 2:28
4. "Happy Times" (Intro song from the original Fallout) Bob Crosby & the Bobcats 2:45
5. "Civilization"   Danny Kaye with The Andrews Sisters 3:07
6. "Into Each Life Some Rain Must Fall"   Ella Fitzgerald with The Ink Spots 3:06
7. "Anything Goes"   Cole Porter 3:04
8. "Fox Boogie"   Gerhard Trede 3:16
9. "I'm Tickled Pink"   Jack Shaindlin 1:52
10. "Jazzy Interlude"   Billy Munn 2:52
11. "Jolly Days"   Gerhard Trede 1:40
12. "Let's Go Sunning"   Jack Shaindlin 1:41
13. "A Wonderful Guy"   Tex Beneke 2:48
14. "Rhythm for You"   Eddy Christiani & Frans Poptie 2:59
15. "Swing Doors"   Allan Gray 2:59
16. "Maybe"   The Ink Spots 3:06
17. "Mighty Mighty Man"   Roy Brown 2:36
18. "Crazy He Calls Me"   Billie Holiday 3:05
19. "Easy Living"   Billie Holiday 3:06
20. "Boogie Man"   Sid Phillips 2:23
Portal A Wikipédia possui o
Portal Games


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i [IMDb, IMDb]. Fallout 3 (2008) (VG) - Full cast and crew (em Inglês). Página visitada em 10/12/2010.
  2. a b [Bethesda Softworks]. Fallout 3 Has Gone Gold (em Inglês). Página visitada em 11/11/2009.
  3. [BBFC - British Board of Film Classification] (22/10/10). Fallout 3 BBFC Rating (em Inglês). BBFC. Página visitada em 08/12/2010.
  4. [CERO - Computer Entertainment Rating Organization] (08/12/10). Fallout 3 CERO Rating (em Japonês). CERO. Página visitada em 08/12/2010.
  5. [Departamento de Justiça, Classificação, Títulos e Qualificação] (29/09/2008). Classificação indicativa Fallout 3 DJCTQ. DJCTQ. Página visitada em 08/12/2010.
  6. [ESRB - Entertainment Software Rating Board]. Fallout 3 ESRB Rating (em Inglês). ESRB. Página visitada em 08/12/2010.
  7. [OFLCA - Office of Film and Literature Classification - Austrália]. Fallout 3 OFLCA Rating (em Inglês). Página visitada em 08/12/2010.
  8. [PEGI - Pan European Game Information]. Fallout 3 PEGI Rating (em Inglês). Página visitada em 08/12/2010.
  9. "Desslock". (Dezembro de 2006). "Memo to Bethesda". PC Gamer.
  10. Graft, Kris (5 de junho de 2007). Fallout 3 Coming Fall ‘08. Next Generation. Página visitada em 27 de fevereiro de 2008.
  11. Linn, Demian (27/10/2008). Fallout 3 Review (em Inglês). 1UP.com. Página visitada em 28/10/2008.
  12. Brudvig, Erik data=27/10/2008. Fallout 3 Review A bleak, twisted, yet utterly wonderful game. (em Inglês). Página visitada em 23/06/2009."The difference in looks between the two console versions is small compared to the leap that comes with a top of the line PC."
  13. Brudvig, Erik (27/10/2008). IGN: Fallout 3 Review (em Inglês). Página visitada em 01/11/2008.
  14. Reed, Kristan (28/10/2008). Fallout 3 Review (em Inglês). Eurogamer. Página visitada em 28/10/2008.
  15. Staff, Edge (28/11/2008). Edge Review: Fallout 3 (em Inglês). Edge Online. Página visitada em 31/07/2009.
  16. Van Ord, Kevin (27/10/2008). Fallout 3 Review (em Inglês). GameSpot. Página visitada em 11/11/2009.
  17. Van Ord, Kevin (27/10/2008). Fallout 3 Review (em Inglês). GameSpot. Página visitada em 11/11/2009.
  18. Van Ord, Kevin (27/10/2008). Fallout 3 Review (em Inglês). GameSpot. Página visitada em 11/11/2009.
  19. Gametrailers. Fallout 3 Review (em Inglês). Gametrailers. Página visitada em 05/05/2008.
  20. Tuttle, Will (27/10/2008). Fallout 3 Review (em Inglês). Gamespy. Página visitada em 28/10/2008.
  21. GameRankings. Fallout 3 Xbox 360 Reviews at GameRankings (em Inglês). Página visitada em 20/01/2009.
  22. GameRankings. Fallout 3 PS3 Reviews at GameRankings (em Inglês). Página visitada em 20/01/2009.
  23. GameRankings. Fallout 3 PC Reviews at GameRankings (em Inglês). Página visitada em 20/01/2009.
  24. Metacritic. Fallout 3 PC Reviews at Metacritic (em Inglês). Página visitada em 07/11/2008.
  25. Metacritic. Fallout 3 PS3 Reviews at Metacritic (em Inglês). Página visitada em 07/11/2008.
  26. Metacritic. allout 3 Xbox 360 Reviews at Metacritic (em Inglês). Página visitada em 07/11/2008.
  27. IGN Game of the Year 2008. IGN (2009-01-16). Página visitada em 2009-01-16.
  28. GameSpot's Best PC Game of 2008. GameSpot. Página visitada em 2009-11-11.
  29. GameSpot's Best RPG of 2008. GameSpot. Página visitada em 2009-11-11.
  30. Fahey, Mike (2009-10-30). Fallout 3 Wins The Golden Joysticks - golden joystick awards - Kotaku. Kotaku. Página visitada em 2009-11-11.
  31. Grand Assault. The soundtrack to Fallout 3 list (em Inglês). 05/04/2009. Página visitada em 10/12/2010.