Família Garcia Leal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A família Garcia Leal é uma importante família do sudoeste de Minas Gerais, sudoeste da Bahia, oeste de São Paulo, sudeste de Goiás e leste de Mato Grosso do Sul.

Tem origem no casamento de João Garcia Pinheiro e Maria Leal, nos Açores, união matrimonial esta que gerou Pedro Garcia Leal. Este último, por sua vez, vindo ao Brasil, desposou Josefa Cordeiro Borba, descendente de importante família de bandeirantes paulistas por parte de mãe, Escolástica Cordeiro Borba - membro da família Borba Gato-, e da família Caldeira Brant por parte de pai, Inácio Diniz Caldeira. Grande parte da família Garcia Leal pode ser considerada, assim, uma ramificação comum das famílias Caldeira Brant e Borba Gato.

Dessa união entre Pedro Garcia Leal e Josefa Cordeiro Borba descendem os Garcia Leal que fizeram história no interior do Brasil. Tiveram vários filhos, sendo eles: José Garcia Leal (n. 1755); Joaquim Garcia Leal (n. 1758); João Garcia Leal (n. 1759); Januário Garcia Leal, o Sete Orelhas; Manuel Garcia Leal (n. 1763); Antônio Garcia Leal (n. 1764); Ana Garcia Leal (n. 1766); Maria Garcia Leal (n. 1767); e Salvador Garcia Leal (n. 1768). Também é neto do casal Januário Garcia Leal Sobrinho, filho de João Garcia Leal. Januário Garcia Leal Sobrinho foi um dos fundadores da cidade de Paranaíba e avô de Protázio Garcia Leal, um dos fundadores de Três Lagoas.

No leste sul-matogrossense, os Garcia Leal se uniram por laços de família a outras importantes famílias, como os Fernandes, os Moreira e os Sousa Queirós. Tinha também parentesco com a aristocrática família Garcia Borges do oeste-paulista.