Fanny Blankers-Koen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fanny Blankers-Koen
campeã olímpica
Fanny Blankers-Koen em 1951
Atletismo
Modalidade 100 m, 200 m, 80 m com barreiras
Nascimento 26 de Abril de 1918
Baarn, Utrecht
Nacionalidade Países Baixos holandesa
Falecimento 25 de janeiro de 2004 (85 anos)
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Londres 1948 100 m
Ouro Londres 1948 200 m
Ouro Londres 1948 4x100 m
Ouro Londres 1948 80 m c/ barreiras
Campeonato Europeu
Ouro Oslo 1946 80 m c/ barreiras
Ouro Oslo 1946 4x100 m
Ouro Bruxelas 1950 100 m
Ouro Bruxelas 1950 200 m
Ouro Bruxelas 1950 80 m c/ barreiras
Prata Bruxelas 1950 4x100 m
Bronze Viena 1938 100 m
Bronze Viena 1938 200 m

Francina "Fanny" Elsje Blankers-Koen (Baarn, 26 de abril de 1918Hoofddorp, 25 de janeiro de 2004) foi uma atleta e campeã olímpica holandesa, vencedora de quatro provas do atletismo nos Jogos Olímpicos de 1948 em Londres e considerada a "Atleta Feminina do Século", pela Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF). Em 2012, foi imortalizada no Hall da Fama do atletismo, criado no mesmo ano como parte das celebrações pelo centenário da IAAF.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Francina Elsje Koen, nome de solteira, nasceu em Lage Vuursche, cidade localizada no centro dos Países Baixos. Iniciou-se nos esportes praticando natação e apenas aos 17 anos começou a praticar o atletismo.

Um ano depois, seu treinador, Jan Blankers, a convenceu a integrar a equipe olímpica neerlandesa que participaria dos Jogos Olímpicos de Berlim em 1936[2] . Blankers-Koen obteve dois quintos lugares, um no salto em altura e outro no 4x100 metros rasos.

Estátua em Roterdã

Em 1938 conquistou seu primeiro resultado significativo ao levar a medalha de bronze nos 100 metros rasos do Campeonato Europeu de atletismo. Com o estouro da Segunda Guerra Mundial, os Jogos Olímpicos de 1940 e 1944 acabaram cancelados, mas Fanny continuou dedicando-se ao atletismo durante o período da guerra. Em 1946, poucas semanas após dar à luz sua segunda filha, ganhou o ouro nos 80 metros com obstáculos do Campeonato Europeu de Atletismo.

Mas seu feito mais notável ficou guardado para os Jogos de Londres, em 1948, quando ganhou suas quatro medalhas de ouro olímpicas nos 100 e 200 metros, nos 80 metros com obstáculos e no revezamento 4x100 metros rasos e se tornou o maior nome nos anais daqueles Jogos.

Durante sua vida esportiva, Fanny bateu vinte recorde mundiais em provas de velocidade, com obstáculos, nos saltos em altura e distância e no heptatlo.

Fanny Blankers-Koen morreu aos 85 anos em decorrência do mal de Alzheimer em sua casa em Hoofddorp, Holanda.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências