Farol (Paraná)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Farol
"Terra das Mais Vivas Cores"
Bandeira de Farol
Brasão de Farol
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 25 de outubro de 1991
Gentílico farolense
Prefeito(a) Angela Kraus
(2013–2016)
Localização
Localização de Farol
Localização de Farol no Paraná
Farol está localizado em: Brasil
Farol
Localização de Farol no Brasil
24° 06' 00" S 52° 37' 22" O24° 06' 00" S 52° 37' 22" O
Unidade federativa  Paraná
Mesorregião Centro Ocidental Paranaense IBGE/2008 [1]
Microrregião Campo Mourão IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Araruna, Campo Mourão, Mamborê, Boa Esperança, Janiópolis e Tuneiras do Oeste
Distância até a capital Não disponível
Características geográficas
Área 289,232 km² [2]
População 3 472 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 12 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,701 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 72 520,734 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 21 248,38 IBGE/2008[5]
Página oficial

Farol é um município brasileiro do estado do Paraná. Sua população estimada em 2007 era de 3.394 habitantes.

Situado em pelo menos três condições de transição, Farol vê em seu território as terras roxas e vermelhas tornarem-se arenitos, os pinheirais cederem lugar às perobas e a colonização tradicional dos antigos paranaenses junto com migrantes europeus mesclar com as pessoas vindas de São Paulo, Minas Gerais e Nordeste. Há uma mistura de sotaques e feições.

A origem do nome, contam os pioneiros, deve-se ao fato do município estar localizado num entroncamento rodoviário onde existia muita sinalização fluorescente, indicando as direções de suas estradas.

È notória a tolerância e paz desse povo. Mais que disputar suas diferenças e nelas assentar ódios e preconceitos, nessas se fez mais rico em sua cultura ainda não muito definida. Exemplo é que embora cerca de metade de sua lista telefônica tenha nomes eslavos, seu primeiro prefeito foi um negro.

Sua economia se faz acima de tudo pela agricultura, principalmente soja, milho e trigo, mas também madeira, mandioca, algodão, café e outras mais. Uma luta constante de todo agricultor é preservar suas terras das chuvas que fácil se fazem excessivas. Todo o município é marcado pelas bases largas em curvas de nível, o que traz a paisagem uma característica pouco comum.

Os rios Goioerê e Riozinho definem a maior parte de seus limites. Triste é que goioerê na língua dos antigos kaigangues significa "águas limpas", condição distante da realidade desse rio hoje barrento. Mas há um sincero esforço de toda a comunidade em preservar seus solos e assim seus rios. Em anos recentes, há sido legado a todo rio suas terras ripárias que se regenerem em matas.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Paraná é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.