Fator de virulência

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde janeiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Fatores de virulência são moléculas expressadas e segregadas por agentes patogénicos como bactérias, vírus, fungos e protozoários, que lhes permitem:

  • a colonização de um nicho no hospedeiro, incluindo a adesão às células;
  • a invasão ao sistema imunitário do hospedeiro;
  • a liberação de fatores toxínicos, que podem ser prejudiciais ao hospedeiro;
  • a imunossupressão, a inibição da resposta imunitária do hospedeiro;
  • a entrada e saída das células, se o agente for intracelular;
  • a obtenção de nutrientes a partir do hospedeiro.

Os agentes patogénicos possuem uma grande variedade de fatores de virulência. Alguns são intrínsecos às bactérias (cápsulas e endotoxinas) enquanto outros são obtidos através de plasmídeos. (algumas toxinas).

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.